1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Horóscopo Infantil: Como Astrologia ajuda nas escolhas com seu bebê

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

QUEM DISSE QUE SEU BEBÊ PRECISA DE TANTAS REGRAS?

 

por Titi Vidal

 

Quando um bebê nasce, muitas dúvidas nascem junto. Muitas informações disponíveis acabam por confundir pais e mães, especialmente os de primeira viagem. Amamentação e sono estão entre as primeiras e principais dúvidas, que incluem também cuidados com a saúde, higiene, horários e rotina não só do bebê, mas também da casa e de toda familia. Quando já existem irmãos mais velhos ou animais de estimação, muitas dúvidas sobre isso também vêm à tona. E como são encontradas muita informações, opiniões e estudos diferentes, às vezes fica difícil fazer uma escolha ou ter certeza de ter escolhido o caminho mais positivo. 

 

E é aí que entra a Astrologia e o mapa astrológico. A partir do mapa de nascimento de um bebê, podemos identificar cada uma dessas questões. Ao analisar o mapa de um bebê, podemos identificar, por exemplo, como tende a ser o seu sono e o que pode ajudar ou atrapalhar. A partir daí, é possível orientar os pais sobre como fazer com que o bebê tenha um sono mais tranquilo. Por exemplo, alguns bebês precisarão de uma rotina para que possam dormir bem. Outros, justamente o contrário: podem precisar de mais liberdade e brincadeiras para que possam dormir bem. O mesmo vale para amamentação. Alias, sobre o assunto, os estudos mais recentes vão na contramão do que ainda acontece muito por aí. Em geral se estipula que a amamentação deve acontecer de forma regrada, com horários pré definidos e tempos pré programados.

 

 Porém, estudos mais recentes mostram que amamentação precisa ser livre demanda, ou seja, o bebê deve mamar na hora que tem vontade, independente do tempo, dos intervalos, etc. Isso seria mais saudável para o bebê, não apenas em termos de alimentação em si, mas também com relação ao seu desenvolvimento emocional. Isso porque amamentação também é troca, é vínculo, é contato afetivo com a mãe, o que prepara o bebê para suas futuras trocas e relações. Por isso, estudiosos do assunto como o espanhol Carlos Gonzalez, por exemplo, defendem abraço, carinho e amamentação em livre demanda, o máximo possível, sem regras ou horários.

 

 Voltando à Astrologia, no próprio mapa de cada bebe podemos identificar como isso funciona naquele caso especifico. Para isso, vamos olhar todo mapa daquele bebê, começando pela sua Lua, mas também analisando seu Sol, relação entre ambos, etc. Pensando no signo lunar, por exemplo, sabemos que Luas em Áries, Gêmeos, Libra, Sagitário, Aquário e Peixes, por exemplo, tendem a preferir horários irregulares, livres, sem regras ou obrigação. Sagitário e peixes, inclusive, podem exagerar e precisar de mais tempo mamando, assim como a Lua em Câncer, que precisa de segurança (o que até pode incluir uma certa rotina), mas precisa de muito carinho, atenção, colo e leite (ou outro alimento) à disposição. Luas em touro, leão, virgem, escorpião e capricórnio já precisam de mais segurança, alguma regra, horários mais fixos. E, de qualquer forma,  precisamos observar a relação dessa Lua com a personalidade completa, o que inclui Sol, Ascendente e todo resto do mapa.

 

 O fato é que cada bebe é único e tem necessidades especificas. Por exemplo, alguns bebês irão dormir melhor sozinhos, outro precisam da companhia da mãe por mais tempo. Certos bebês precisam de um ambiente tranquilo para mamar ou dormir. Já outros mapas apontam bebês que sentem-se super à vontade em lugares mais agitados ou barulhentos. E essas são informações importantes, que podem ajudar os pais a resolver problemas que podem ser mais simples do que parecem. Além disso, é possível combinar mapa do bebe com os mapas dos pais e a partir daí compreender um pouco melhor a dinâmica dessas relações, para definir melhor como organizar a nova rotina na casa. O mesmo vale para relação com irmãos. E também para os bichinhos que já viviam na casa.

 

 Enfim, o mapa astrológico de um bebê ajuda a tomar essas decisões, saber sobre a necessidade ou não de uma rotina mais rígida ou pré definida e a forma como cada uma dessas coisas vai se desenvolver. Acaba sendo, de fato, um belo guia para os primeiros cuidados, dias, semanas e meses de vida de um bebê.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário