1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Saúde Vegetariana: Melhore seu bem-estar emocional

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Uma alimentação saudável reflete diretamente no bem-estar do corpo e da mente. Além de diversas estatísticas comprovarem essa máxima, tivemos, recentemente, um exemplo real dos benefícios desfrutados pelos aderentes ao conceito de saudabilidade. A cantora britânica Adele revelou, em recente entrevista concedia à revista People, ter perdido nada menos do que 30 quilos após adotar a dieta vegetariana. Ela afirma que a partir dai passou a sentir-se muito melhor, tanto física quanto emocionalmente. A artista ainda assegurou que o seu companheiro, Simon Konecki, também entrou na onda, o que lhe serviu de estímulo, uma vez que, de acordo com ela, fazer essa transição com outra pessoa é um aspecto facilitador.

 

“Exemplos como esse são inspiradores. Além de ser um modo de prevenção a problemas de saúde, a reeducação alimentar faz parte de uma filosofia de vida”, afirma Cristina Ferreira, gerente da Superbom.

 

Veja 12 dicas para ser vegetariano e melhorar a saúde

 

1. Faça uma mudança em sua despensa - para isso, chame seus amigos para agilizar o serviço. Depois de esvaziada a despensa, prepare-se para as compras. A lentilha e o grão de bico são ótimas opções saudáveis, mas existem outros tipos de feijões e ervilhas que você pode acrescentar à lista de compras, como os tipos cannellini, manteiga e preto, ótimos para o fornecimento de proteínas. Para não deixar carboidratos de fora, opções são o trigo bulgur, a quinoa, a cevada de pérola e vários tipos de arroz, como o arbóreo, o integral e o selvagem;

 

2. Quando jantar ou almoçar fora, vá a um restaurante vegetariano - com isso, além de criar o hábito de comer comida vegetariana fora de casa, é possível se inspirar em vários pratos e ideias para fazer em casa. Para cozinhar comida vegetariana nos cinco dias da semana, você vai precisar de muita criatividade e imaginação, que podem ser aguçadas nesses locais;

 

3. Dê prioridade a certos utensílios de cozinha - principalmente às boas e confiáveis facas, ao processador de alimentos e à temível e eficiente panela de pressão;

 

4. Transforme-se em um especialista em alimentos - escreva nas suas redes sociais os conselhos alimentares que tiver e acumule receitas que você encontrar em livros ou na própria internet. Invista em bons livros de culinária e acompanhe programas televisivos de culinária que te interessem;

 

5. Menos frango e mais ovos - caso você não tenha problemas de peso e colesterol , os ovos são uma ótima opção de alimento saudável e rico em proteínas. Além dos tradicionais ovos mexidos, cozidos, e da omelete, também é possível fazer quiche, frittata e tortilhas;

 

6. Aprenda sobre nutrição - aproveitar o estilo de vida vegetariano para aprender a se educar sobre os nutrientes que os alimentos contêm é uma ótima pedida. Reutilizar aqueles papéis em que a lista de compras foi anotada para escrever sobre os valores nutritivos dos legumes, carboidratos, frutas, proteínas, nozes, sementes e outras especiarias, na hora em que estiver fazendo compras. Outra possibilidade excelente é consultar um nutricionista. Ele pode fazer recomendações interessantes para balancear sua dieta vegetariana;

 

7. Substitua as comidas prontas e não saudáveis pela vegetariana - faça comidas veggie e deixe-as prontas para quando chegar em casa com fome e preguiça de cozinhar.  Em vez de ceder à velha pizza, esquente esses alimentos saudáveis e tenha uma boa refeição;

 

8. Experimente ousar nas receitas - quando você estiver com o conhecimento sobre culinária vegetariana ampliado, seja criativo e inove nos ingredientes. Mais experiência, confiança, eficiência e criatividade na cozinha;

 

9. Dois é melhor que um - cozinhe duas refeições de uma só vez. Depois, basta congelar a comida. A vantagem de se cozinhar com antecedência é que os molhos de tomate e os ensopados ficam com um gosto melhor no dia seguinte;

 

10. Escolha a carne certa - se estiver sentindo falta de comer carne, procure por opções feitas com soja;

 

11. Lembre-se de comer peixe - reserve pelo menos um dos dois dias em que você pode comer carne para se alimentar de peixe nas refeições principais. Assim, você evita o consumo de carne bovina (que gasta muito mais água e energia em seu processo de produção) e sua memória e saúde vão agradecer;

 

12. Se tiver um deslize, tudo bem - a dedicação é sempre importante, no entanto, não deve vir com muita rigidez. De vez em quando, em uma ocasião especial, o feijão pode ser trocado pela carne. Lembre-se: o vegetarianismo é um processo.

 

Em todos os casos acima, procure sempre alternativas de verduras e frutas orgânicas, que não são tratadas com fertilizantes químicos e pesticidas.

 

fonte ecycle

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário