1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Abelhas e seus segredos: Entenda sua importância

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

As abelhas são insetos muito mais importantes do que aparentam. Além de produzirem o mel, elas têm papel fundamental na polinização cruzada das plantas, ou seja, a troca de gametas. Essa polinização garante variabilidade genética que pode gerar bons frutos.

A sociedade é organizada em castas e cada uma tem papel fundamental para o bom funcionamento da colmeia:

Rainha – A abelha-rainha, juntamente com os zangões, são maiores morfologicamente com relação aos demais indivíduos. Cada colmeia tem apenas uma abelha-rainha, e sua função principal é a postura de ovos. Elas produzem mais de 2000 ovos por dia no verão, e atraem os machos através de substâncias químicas denominadas feromônios.

Operárias – As funções das operárias variam com a idade que elas possuem, dentre elas: realizar a limpeza dos alvéolos, alimentar as larvas e a abelha-rainha, produzir cera, elaborar o mel, defender a colmeia, coletar néctar, resinas, pólen e água.

Zangões – Como machos da sociedade, sua função é fecundar a rainha, para isso, possuem os olhos compostos mais desenvolvidos, antenas com maior capacidade olfativa e asas mais desenvolvidas, características que lhes permitem maior sucesso reprodutivo com a abelha-rainha. São alimentados pelas operárias.

A casta de uma abelha é definida de acordo com o que ela ingeriu enquanto larva, do tamanho de suas células e de ter-se originado de ovo fecundado.

Recentemente, estudos revelam uma redução significativa do número de abelhas. As possíveis causas se relacionam ao uso de agrotóxicos, ao uso de herbicidas, aos transgênicos, ao desmatamento e à poluição.

 

“Se as abelhas desaparecerem da face da Terra, a humanidade terá apenas mais 4 anos de existência. Sem abelhas não há polinização, não há reprodução da flora, sem flora não há animais, sem animais não haverá a raça humana.” Albert Einstein

 

Por Juliana Carani, Bióloga graduada na Universidade de Brasília

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário