1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Dicas de Equilíbrio: Coloque a vida no eixo e seja uma pessoa produtiva e feliz

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Marina Rodrigues*

 

Quem nunca adiou uma tarefa cansativa ou enrolou para começar a ginástica? Que atire a primeira pedra quem nunca procrastinou algumas horas, empurrando com a barriga a pia cheia de louça! Todo mundo faz isso, é verdade, mas a mania de deixar pra amanhã o que se pode fazer hoje pode ser algo negativo e trazer resultados desastrosos na vida profissional e familiar. Colocar a vida no eixo pode significar aquela promoção tão esperada ou uma vida mais saudável e equilibrada. Algumas dicas valiosas podem ajudar na difícil arte de se organizar.

 

Se você se sente sobrecarregado ou não sabe como dividir seu tempo, tente conversar com seu chefe ou familiares, peça ajuda, delegue tarefas, confie nas outras pessoas para te ajudarem com aquelas coisas que elas sabem fazer bem. Seu marido é um ótimo cozinheiro? Proponha que ele faça o jantar uma ou duas vezes na semana para você ter mais tempo para a atividade física que sempre quis começar. Sua esposa é boa com números? Peça pra ela organizar as finanças da casa enquanto você coloca a leitura em dia e escreve aquele relatório com calma. Confiar no amor das pessoas é um ótimo começo para repensar a vida, ter mais humildade e resolver o problema da sobrecarga.

 

O momento das atividades que você considera mais chatas deve se tornar um momento prazeroso. Ouvir uma música, tomar um suco da sua fruta preferida ou até acender um incenso quando for se sentar pra fazer determinada tarefa é uma boa maneira de fazê-la ficar mais agradável e ajuda a não desistir na hora H, encontrando um motivo para não deixar pra depois. 

 

Reservar um tempo no começo ou no fim do dia para se dedicar a você também vale a tentativa. Marcar horário no médico, ligar para a amiga que está fazendo aniversário, conversar com o contador sobre o imposto de renda, são coisas que podem ser feitas em poucos minutos e nos tiram aquela sensação terrível e que o dia não rendeu o tanto que deveria. Quinze minutos de manhã ou no fim do dia, já são suficientes e fazem toda a diferença.

 

Desconectar-se da internet durante o trabalho ou atividade física também afasta a sensação de serviço malfeito. Concentrar-se no exercício da academia, sem checar o Instagram a cada dez minutos; manter o foco no preparo do relatório, sem responder a amiga no Facebook em tempo real; ou ainda isolar-se em um lugar aconchegante para terminar de ler um artigo interessante, são atitudes preciosas para ter mais produtividade e tempo livre.

 

Outra dica fantástica é manter um caderno de organização. Pegue um caderninho cujo visual te agrade, use sua caneta preferida e organize sua vida! Divida-o em partes como, por exemplo, ‘rotina diária’, onde você anota todas as coisas que precisa fazer todos os dias; ‘urgente e importante’, onde coloca todas as tarefas que precisam ser realizadas naquele dia, impreterivelmente; ‘finanças’, onde estarão todos os seus gastos e compromissos financeiros; e até ‘projetos’, onde você racionaliza todos os sonhos: do carro novo à viagem pra Europa. Anotar, além de ajudar a manter a mente tranqüila, também ajuda a não perder o foco e saber com exatidão o que precisa ser feito. Lembre-se de sempre carregar o caderninho com você e de dedicar alguns minutos, à noite, para se preparar para o dia seguinte.

 

Se como milhares e milhares de brasileiros, você também sente sua vida desorganizada, pense nessas dicas, mas antes de tudo reconheça que isso é um problema na sua vida. Reconhecer te liberta de emoções negativas, que impedem de tomar uma atitude. Aceite a questão como algo que pode ser resolvido e não se cobre muito. Isso acalma a mente e renova a autoconfiança.   

 

Por ultimo, conecte-se com você mesmo. Meditar ou fazer uma caminhada e depois colocar no papel todas as emoções que sente em relação às tarefas que adia, é uma forma de descobrir suas armas internas e construir emoções positivas para lidar com elas.

 

* Marina Rodrigues é publicitária e escritora.

E-mail: marina@ponto81br.com.br

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário