1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Velha ficava a sua avó!: 20 dicas para manter a forma e beleza na melhor idade!

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Especialistas dão 20 dicas de como manter uma pele e nutrição saudável na terceira idade em duas consultorias especiais que o Bemzen preparou para você, em parceria com o Laboratório Takeda !

 

Dra. Anelisa Baungartner Lamberti - dermatologista membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e American Academy of Dermatology.


10 dicas para ter a pele saudável na terceira idade

 

1. Tenha uma higiene adequada! Tome banhos rápidos e mornos. Use sabonetes neutros e delicados. Evite esponjas abrasivas e esfoliações desnecessárias. Lembre-se que a pele já não produz a mesma quantidade de suor e oleosidade na terceira idade. 

 

2. Enxugue corretamente os pés e dobras,  evitando umidade que propicia fungos (micoses).

 

3. Hidrate adequadamente a pele do corpo todos os dias. A pele do idoso é mais seca e vulnerável  a irritações. 

 

4. Proteja-se do sol diariamente com uso de cremes ou loções com FPS no mínimo 30; use ainda óculos escuros para proteger os olhos, chapéu ou bonés e roupas com proteção 

 

5. Tenha maior atenção para evitar arranhões e pequenos ferimentos, pois a pele fina e delicada se rompe com facilidade, causando sangramentos e riscos de infecções. Na prática de exercícios ou atividades como jardinagem, use calçados adequados, luvas e mangas compridas.

 

6. Tome ao menos seis copos de água por dia, pois o idoso transpira menos  porém  pode  se desidratar  com facilidade.

 

7. Tenha dieta leve e saudável, de preferência fracionada e com orientação médica e nutricional. 

8. Pratique caminhadas, exercícios e atividades físicas de baixo impacto, orientados por um especialista e em horários de sol mais brando.

 

9. Evite fumo e outras drogas, tome álcool moderadamente. (uma taça de vinho ao dia pode até ser benéfica à saúde).

10. Mantenha as visitas médicas em dia, controlando pressão arterial, diabetes e colesterol. Faça exames de rotina e não tome medicamentos sem orientação médica, pois podem causar graves reações e combinadas podem ter interações perigosas.    

 

Observação Takeda: No caso de pequenos ferimentos, cortes e arranhões é indicado o uso de pomadas antibióticas, como Nebacetin®, para evitar possíveis infecções na pele.

 

Dra. Vanderlí Marchiori – nutricionista e especialista em fitoterapia.

10 dicas de nutrição para um envelhecimento saudável 

 

1. Faça pelo menos três refeições (café da manhã, almoço e jantar) e dois lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições. Mastigue bem todos os alimentos 

 

2. Inclua, diariamente, cinco porções do grupo dos cereais (arroz, milho, trigo, pães e massas), tubérculos como a batata, raízes como mandioca/macaxeira/aipim, nas refeições. Dê preferência aos grãos integrais e aos alimentos na sua forma mais natural e bem cozida.

 

3. Coma diariamente pelo menos cinco porções de legumes e verduras como parte das refeições e três porções ou mais de frutas nas sobremesas e lanches.

 

Frutas, legumes e verduras:

 

Frutas, legumes e verduras são ricos em vitaminas, minerais e fibras e devem estar presentes diariamente em todas as refeições e lanches, pois evitam a prisão de ventre, contribuem para proteger a saúde e diminuir o risco de várias doenças. E qual a diferença entre eles?

 

Frutas:

Frutas são as partes polposas que rodeiam a semente da planta. Possuem aroma característico, são ricas em suco e têm sabor adocicado. Acerola, laranja, tangerina, banana e maçã são exemplos de frutas.

Legumes:

Legumes são os frutos ou sementes comestíveis da planta ou partes que se desenvolvem na terra. São eles a cenoura, a beterraba, a abobrinha, a abóbora, o pepino, a cebola, etc.

Verduras: 

Verduras são folhas comestíveis, flores, botões ou hastes tais como: acelga, agrião, aipo, alface, almeirão, etc.

4. Coma feijão com arroz todos os dias ou pelo menos, cinco vezes por semana. Esse prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas e bom para a saúde. Dê preferencia ao feijão preto e as lentilhas, pois contem mais ferro. 

5. Retire a gordura aparente das carnes e as peles das aves antes da preparação; assim tornamos os alimentos mais saudáveis.

 

6. Dê preferencia a óleos vegetais e azeites.

7. Troque os refrigerantes por chás gelados ou água aromatizada.

8. Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa. A quantidade de sal utilizada deve ser de no máximo, uma colher de chá por pessoa, distribuída em todas as refeições do dia. Use somente sal iodado.

9. Beba pelo menos dois litros (seis a oito copos) de água por dia. Dê preferência ao consumo de água nos intervalos das refeições. A água é muito importante para o bom funcionamento do organismo, principalmente, do intestino.

10. Pelo menos duas vezes ao dia faça uso de plantas digestivas como o boldo, ruibarbo, erva doce ou camomila, pois assim você conseguirá garantir um processo digestivo muito melhor e a sensação comum de má digestão desaparecerá

Fonte Laboratório Takeda: Mesmo com todos os cuidados na hora de selecionar estes alimentos, existe a possibilidade de surgirem os sintomas da má digestão. Nesses casos, existe no mercado brasileiro uma série de medicamentos que auxiliam nos distúrbios do fígado, estômago e intestino, entre eles, o fitoterápico Eparema® que é feito à base de ruibarbo, cáscara sagrada e boldo. 

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário