1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Vencendo na vida: Treinando a autodisciplina

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Quatro regras para treinar a autodisciplina

 

Prolongar o fim de uma tarefa monótona no trabalho para tomar um café no meio da tarde ou mesmo adiar a ida ao supermercado para não perder tempo na rua e chegar mais cedo em casa são decisões comuns no dia a dia de qualquer pessoa. Procrastinar algumas tarefas, mesmo que sejam cotidianas, resulta em um imenso prazer imediato.

 

“O problema começa quando estas ações se tornam um padrão e te afastam de alcançar sonhos pessoais e metas profissionais. Aprender a manter a autodisciplina e focar em seus objetivos exige autoconhecimento para identificar quais gatilhos resultam na falta de comprometimento com seus próprios desafios”, alerta Villela da Matta, especialista em coaching. Veja algumas dicas preparadas pela Sociedade Brasileira de Coaching:

 

1.      Identifique tarefas que agregam valor à sua rotina – comece analisando o seu dia a dia e se questione: quais são as tarefas e projetos a serem desenvolvidos, quanto tempo cada um exigirá e mapeie possíveis imprevistos. Cheque o que é possível delegar e o que deve ser eliminado. Em seguida, planeje sua agenda levando em consideração suas prioridades de curto e longo prazo.

 

2.      Elimine as distrações – “Fuja daquilo que prende a sua atenção e que, além de não acrescentar nada, atrapalha a produtividade. Para não ficar sobrecarregado, crie intervalos com tempos curtos e determinados para limpar a mente e se distrair, mas o faça apenas quando sua mente estiver esgotada ou você tiver algum tipo de bloqueio para a execução de suas atividades”, aconselha Villela.

 

3.      Não desista no meio do caminho – Desenvolver a autodisciplina não é uma tarefa fácil. Os momentos de cansaço ou a vontade de deixar para amanhã serão inúmeros, mas não se permita voltar aos velhos hábitos.  “Persista em suas metas e lembre-se que você tem o potencial para transformar seus sonhos em realizações ao se manter no caminho correto”, estimula Villela.

 

4.      Motive-se– Tenha claro o que você pode perder ao não ser disciplinado e coloque no papel todos os benefícios de contar com a disciplina como condutor de seus objetivos. Não use a autodisciplina como um castigo ou punição, mas sim como uma ferramenta que trará mais realizações à sua vida. Uma palavra que pode muito bem ser associada à autodisciplina é a perseverança, pois é um exercício diário.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário