1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Saúde em Dia: Os benefícios do peixe na sua alimentação

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

O pescado é rico em ômega 3, vitaminas e minerais e ainda ajuda a diminuir a quantidade de ácidos graxos saturados

 

O consumo de peixe no Brasil é muito abaixo do esperado quando comparado ao de outras carnes. Tanto como peixes de água doce ou salgada, o alimento, além de saboroso, traz inúmeros benefícios para a saúde. Segundo o ConsultaClick, plataforma de agendamento online de consultas, é recomendado consumir peixes ao menos duas vezes na semana.

 

As proteínas do peixe possuem valor nutritivo superior ao das carnes vermelhas, além da maior facilidade de serem digeridas pelo nosso organismo. Os peixes são ricos em aminoácidos essenciais, substâncias não produzidas pelo nosso organismo, tornando-os fornecedores de proteínas com valor nutritivo superior ao das carnes vermelhas.

 

Outra vantagem dos peixes sobre as carnes vermelhas são as taxas de gordura menores. Essa quantidade varia de acordo com o tipo de alimentação do animal, estação do ano, espécie, idade e sexo.

 

Os peixes de águas salgadas e frias são os que mais contêm ômega 3, ligado na redução da incidência de doenças cardiovasculares e acidente vascular encefálico (derrame), redução da pressão arterial, ação anti-inflamatória, diminuição das taxas de triglicérides e colesterol total no sangue. Entre os peixes ricos em ômega 3 estão o atum, arenque, bacalhau, sardinha e salmão. Os de águas doces, também apresentam os benefícios, mas em menor quantidade.

 

A lista de vitaminas e minerais fornecidos por estes animais marinhos é extensa.  Entre eles estão sódio, potássio, magnésio, cálcio, ferro, fósforo, iodo, flúor, selênio, manganês e cobalto, além de vitaminas A, D e E.

 

Há uma regra que não muda: os peixes de carne branca são menos gordurosos que o de carne escura. Por isso, prefira badejo, corvina, carpa, dourado, garoupa, linguado e pescada. O atum, anchova, arenque, bagre, cavala, sardinha, salmão e a tainha são mais gordurosos. A American Heart Association (AHA) recomenda que cada porção tenha em torno de 100 gramas, isso significa um filé pequeno.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário