1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Home Office: Melhore o seu!

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Nos últimos anos, a ideia do home office se fortaleceu. O movimento vai ao encontro dos anseios de muitas pessoas que não aguentam mais o volume de interrupções desnecessárias geradas no escritório, o trânsito absurdo que enfrentamos na ida e volta ao trabalho ou do tempo perdido em reuniões que não levam a lugar nenhum. Nos Estados Unidos, por exemplo, um estudo divulgado pela consultoria Global Place Analytics destacou que 50% dos profissionais ocupam cargos compatíveis com home office e 79% querem trabalhar de casa.

 

 

 

Diante do aumento do número de pessoas que optam por trabalhar de casa, Christian Barbosa, um dos maiores especialista do Brasil em gestão do tempo e produtividade, elaborou uma lista com ações que ajudarão a ter um bom home office. Confira:

 

1 – Separe um ambiente para seu escritório

Se você tiver um quarto isolado para seu escritório é a melhor opção. Do contrário, transforme um canto de casa em um espaço profissional, com uma mesa adequada, uma cadeira ergométrica bacana, excelente iluminação e, de preferência, longe de distrações visuais ou olfativas (colocar a mesa na cozinha não vai dar, não é?).

 

2 – Estipule horários fixos

Acho esse o maior desafio de todos! Tem gente que acha que vai começar a trabalhar a hora que acordar e terminar na hora que der sono. Se você fizer isso, vai estafar, acabar com o casamento ou virar um workaholic dos piores.

Precisa ter horário de começo e término! Precisa ter horário de almoço, de cafezinho e limite para hora extra. Tem de ser horário fixo, para criar uma rotina séria. Só depois que estiver tudo funcionando, você poderá pensar em flexibilizar os horários.

 

3 – Vista-se adequadamente

Parece besteira, mas é uma coisa que faz a diferença. É estranho acordar e ficar de pijama trabalhando, não acha? É como ir para a balada de terno e gravata ou ir para a academia de calça jeans. Se vista como se fosse trabalhar, isso ajuda a pontuar a transição de “home” para “office”.

 

4 – Acordo com a família

Se você tem filhos pequenos, é preciso ter alguém para te ajudar, não dá para trabalhar e cuidar das crianças ao mesmo tempo, pois por mais que você explique, vai ser difícil o seu filho entender que quando ele tiver dúvida na lição e você estiver na sala ao lado ele não poderá te interromper.

Com filhos maiores é mais fácil definir esses limites, mas não deixe de conversar com a família e explicar que a casa é seu local de trabalho. Definir algumas boas regras de convivência pode ser bem interessante. Afinal, seu cliente não vai entender seus filhos brigando, seu cachorro latindo e a emprega berrando tentando controlar tudo isso.

 

5 – Invista em tecnologia

A maioria das empresas fornece um notebook e uma conexão com Internet para o trabalho em casa. Se esse não for o seu caso, é legal considerar a compra de um computador exclusivo para seu trabalho. Além de funcionar como backup, é mais seguro e evita misturar o computador de casa com coisas de trabalho.

Vale também investir em equipamentos como uma boa impressora, Internet de alta velocidade, headsets e um bom telefone.

 

O home Office não é uma solução para todas as pessoas, mas sem um ambiente adequado e certos “rituais”, fica tudo mais difícil e a procrastinação vai atrapalhar tudo.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário