1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Melhor idade: Se vamos viver mais, como vamos viver bem?

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

*Eduardo Chvaicer

 

Sabemos que o envelhecimento da população já está acontecendo, pois as famílias têm menos filhos estão preocupadas cada vez mais com a vida profissional. Mas vamos nos questionar. Se estamos envelhecendo, como vamos viver? Quem cuidará de nós? Ainda, quem cuidará do próprio familiar cuidador? 

Para quem fica a responsabilidade de cuidar dos idosos da família? 40% das pessoas que cuidam de idosos doentes são idosas também

Uma pesquisa realizada recentemente pela USP (Universidade de São Paulo) constatou que 40% das pessoas que cuidam de idosos doentes são também idosas e, principalmente, mulheres. Elas assumem este papel, pois não querem atrapalhar a vida profissional ou pessoal dos seus filhos, não pedem ajuda, e assim, agregam funções que muitas vezes são dolorosas e desgastantes. E o impacto na saúde do cuidador idoso é enorme. Com uma carga maior de estresse, ele está mais propenso a ter problemas físicos e psicológicos do que a população idosa em geral. Percebemos que por causa do desgaste, ele acaba negligenciando a saúde do outro, não por querer, mas pelas condições e estruturas em que se encontra. 

 

Só em São Paulo vivem 1,4 milhão de idosos acima de 60% (12% da população). A maioria tem duas doenças ou mais (80%). Entre 80 e 90 anos, 20% deles apresentam algum tipo de demência ? a partir dos 90 anos, esse número é de 40% e pode piorar. Imagine ter de cuidar do marido que não tem nenhuma recordação? Acreditem, é triste e doloroso, pois os idosos com demência esquecem e voltam a ser crianças e essa realidade é dura demais para quem não tem o preparo profissional e psicológico. Assim, é fundamental a ajuda de um cuidador profissional. Quando não existe a figura desta pessoa qualificada para a função, quem assume a responsabilidade de cuidar do idoso tende a sofrer calada e pode ficar com depressão, fadiga, frustração, além de reduzir o convívio social e diminuir a autoestima. Pode até se tornar intolerante e amarga, distanciando-se da pessoa cuidada e da família. Em casos extremos, pode morrer antes mesmo do idoso cuidado. 

 

Por isso, cuide e dê carinho aos seus pais, pois eles passaram uma grande parte de suas vidas cuidando de você. Além disso, sabemos que vamos também passar por isso. Talvez caiba a você cuidar do seu marido ou da sua esposa, pois seus filhos podem não ter tempo para tal; ou ainda, as necessidades podem ser outras onde quem precisará de ajuda será você. Por isso, reflita e veja como pode ajudá-los para tornar o dia a dia do idoso mais ameno, tranquilo e o mais importante: Feliz!

 

*Eduardo Chvaicer é empresário e máster franqueado da Right at Home

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário