1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Os 5 Sentidos da Paixão: Médica ensina como reconhecer os sinais

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Olhos penetrantes, voz grossa ou fina, pele macia ou áspera e beijo com gosto marcante são alguns dos estímulos de atração fatal entre duas pessoas que queiram se relacionar. Nesse instante, temos os órgãos dos sentidos ativados, segundo a endocrinologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos (SP), Vivian Estefan. Saiba quais os detalhes deste mecanismo.

 

De acordo com a médica, visão, olfato, audição, tato e paladar trabalham juntos para que o corpo seja estimulado a embarcar na paixão. Em situações em que há atração entre as pessoas, eles enviam sinais ao cérebro, que libera uma série de substâncias químicas, por meio de impulsos elétricos, para ajudar nesse processo. ?A partir da liberação de neurotransmissores cerebrais, como a dopamina, temos sensações, de bem-estar, felicidade e euforia. Simultaneamente, várias glândulas do corpo são ativadas, como suprarrenais ou adrenais, que produzem adrenalina e noradrenalina. Elas, por sua vez, desencadeiam aceleração dos batimentos cardíacos, provocam tremor, nervosismo e aumento da transpiração, entre outros.?

 

Hormônios como testosterona e ocitocina, esse conhecido como ?da paixão e do amor? (por trazer sensação de aconchego e felicidade em abraços e também na relação sexual), entram em ação ao mesmo tempo em que os neurotransmissores. ?É uma orquestra perfeita que faz com que a atração traga prazer aos envolvidos.?

 

Visão ? ?Para a maioria, é o primeiro sentido ativado, mesmo porque pode funcionar à distância?, analisa a médica. Cada indivíduo, a seu modo, pode se sentir atraído por atributos físicos específicos: nariz, boca, cabelo, mãos, braços e etc. A partir daí, o corpo pode deixar os outros sentidos em alerta, fazendo com que haja, de fato, o interesse na aproximação entre os envolvidos; 

 

Audição ? Assim como a visão, esse sentido está ligado a estímulos: tom e volume de voz, além de sons externos, ligados à memória afetiva como músicas ou trilhas de filmes que a pessoa possa relembrar. ?Trata-se de um dos sentidos mais apurados por trazer à mente lembranças positivas de outros acontecimentos?, reforça a médica;

 

Olfato ? Além do cheiro das fragrâncias de perfumes e flores, os amantes podem se reconhecer por meio de uma substância natural que também atinge as narinas: o feromônio. ?Ainda objeto de estudo, principalmente no ser humano, ele é secretado pela pele e interfere diretamente nas funções de atração sexual, demarcação de trilhas e territórios e comunicação?;

 

Tato ? Uma vez que haja a aproximação física entre os corpos, ?temos cerca de 5 milhões de receptores de tato na pele para captar a textura, ou maciez, do parceiro?, afirma a Dra. Vivian. Todos eles entram em ação para que os interessados possam se conhecer melhor;

 

Paladar ? Ainda como parte da aproximação física, o paladar é outro sentido importante no processo da paixão. ?Existem papilas na região bucal que são ativadas durante o desejo sexual?, reforça a especialista. Os alimentos e as bebidas, de forma geral, se tornam mais palatáveis, uma vez que esse sentido está mais aguçado. 

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário