1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Yoga das Noivas: Oito hábitos do Yoga: Acalme pensamentos e emoções

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Conhecido como ashtanga-yoga, sistema milenar busca técnicas de concentração como alivio à ansiedade. No livro “O Yoga Sutra de Pajantali – Uma abordagem prática", o bhakti-yogue Giridhari Das, especialista em yoga e presidente da reserva ambiental Organização Paraíso dos Pândavas, na Chapada dos Veadeiros-GO, exibe os ensinamentos do ashtanga-yoga.

Obra revela todos os benefícios do yoga para melhorar a concentração e aumentar o foco nos objetivos. “Sem a concentração, não há possibilidade de triunfar em área alguma da vida”, explica o professor.

Por Harlley Alvez ( Mtb 36.959), Repórter especial para o BemZen


NO CERNE DA GRANDE TRADIÇÃO ESPIRITUAL DA ÍNDIA, encontramos o Yoga Sutra, um tratado sobre o controle da mente, escrito em 196 versos em sânscrito, onde encontramos os ensinamentos de ashtanga yoga do guru indiano Patanjali, que indica caminhos para romper as cadeias do sofrimento.

Nas cidades, as preocupações com as finanças, trabalho, solidão e segurança encobrem uma ansiedade maior causada pelo medo de não ser feliz. É quando os ensinamentos do mestre hindu, compilados antes da era de Cristo, revelam-se atuais, à medida que orientam o cidadão daquela Índia como lidar com as dificuldades de seu tempo - tão similares ao que vive o habitante das grandes cidades no calendário presente. Essa mensagem é tema do livro “O Yoga Sutra de Pantajali – Uma Abordagem Prática”, do professor de yoga Giridhari Das, que mergulha nos ensaios do sábio oriental e em suas técnicas para desenvolver contentamento, paz interior e concentração.

Escrito por Giridhari Das (Gustavo Dauster), colaborador do Blog do BemZen, - baseado na tradução do sânscrito por Srila Acharyadeva (Howard J. Resnick), PhD em Sânscrito e Estudos Indianos pela Universidade de Harvard, nos EUA – o livro mostra que a capacidade de concentração é indispensável para que se alcance bom êxito na vida.

“Sem a concentração, não há possibilidade de triunfar em área alguma. Os pequenos excertos criados na Índia dois milênios atrás, reaparecem surpreendentemente atuais para dar início a um processo de treinamento da mente, com a intenção de aumentar a concentração e dar foco às prioridades do ser humano, contribuindo para qualidade de vida, como um todo”, comenta o professor Giridhari Das, especialista em yoga e na espiritualidade indiana.

Até o aparecimento da doutrina de Patanjali, o yoga era disseminado apenas oralmente, de mestre a discípulo. Foi ele quem reuniu as bases da filosofia como é pregada hoje. Seus 196 versos ensinam ao praticante como cultivar atitudes positivas, vistas como curas para o sofrimento, com a ideia de situar-se no comando do seu destino.

Giridhari Das explica de forma sucinta os principais aspectos da filosofia do Yoga, a qual defina como “o controlar dos movimentos da consciência?.

O Yoga Sutra ensina ao mais inexperiente iniciante, como pode crescer em sua prática, incluindo a famosa descrição que faz do yoga de oito partes: o ashtanga-yoga. “Ashta” é oito, “anga” é membro.

A prática tem por meta sintonia e conexão entre o corpo, intelecto, mente e espírito, para alcançar a autorrealização. Esse é o caminho proposto pelo iogue para conhecer melhor a si:

Autocontrole (yama), que inclui o não à violência, não à mentira, não ao roubo, não à sexualidade descontrolada, não à avidez (por comida, riqueza ou poder);

Observância (nyama), que engloba o sim à: pureza, contentamento, comportamento moral, estudo dos textos de yoga e devoção ao Divino.

Exercícios ou postura física (Asana);


O controle da respiração (Pranayama);


Recolhimento da atenção (pratyahara);

 

Concentração (dharana);



Meditação (dhyana);



Êxtase místico ou superconsciência (samadhi);



O ashtanga yoga de Patanjali visa o equilíbrio moral, físico, mental e espiritual do praticante.

 

 

 


Giridhari Das explica que os sutras de Patanjali defendem que o autocontrole e a observância permitem superar tendências negativas como a avidez e desenvolver atitudes positivas como o contentamento. E que a concentração liberta de sensações, sentimentos e pensamentos desordenados, direcionando a força mental para uma vida mais tranquila.

“Não se pode desenvolver yoga, sem conhecer livros como a Bhagavad-gita e o Yoga Sutra de Pajantali, cujos textos revelam a essência dessa prática”, adianta o mestre na espiritualidade do yoga, Giridhari Das, que também ministra uma palestra de dez horas chamada “Jornada do Yoga Sutra”, na qual chama a conhecer, através da cultura espiritual do yoga, técnicas de concentração para conviver melhor com os desafios do mundo moderno e vencê-los.

Brasileiro nascido em Praga, Tchecoslováquia, o escritor e professor de yoga, Giridhari Das, é presidente da reserva ambiental Organização Paraíso dos Pândavas, uma fazenda turística na Chapada dos Veadeiros-GO (www.pandavas.org.br), que se dedica a divulgar a filosofia, técnicas e valores do yoga metafísico, e atua nos campos de educação nutricional, ação social e proteção ao meio-ambiente.

Giridhari Das é economista formado pela Charter Oak State College, nos EUA. Há 14 anos é estudioso da espiritualidade do yoga, angariando o título de bhakti-shastri, uma nomeação concedida para quem adquire grande competência na compreensão filosófica dos textos sagrados da Índia.

“A autorrealização em yoga é um caminho holístico, rumo ao desenvolvimento de amor puro, que vai além do exercício físico e envolve conhecimento, comportamento e devoção. Um dos objetivos secundários do yoga é livrar-se de todo sofrimento, oriundo de viver sob o fardo de nossas limitações. Apoiados no Yoga Sutra de Patanjali e na sabedoria de outros mestres do Oriente, podemos analisar como individualmente podemos nos melhorar e, consequentemente, também a sociedade.”

Yoga significa união e o objetivo principal é ensinar o praticante de Yoga, chamado de yogue, como alcançar a união espiritual com Deus. Segundo o professor, a construção de um mundo melhor é possível quando nos predispomos a pequenos gestos, “como questionar os motivos de uma ação, recusando seus impulsos quando são egoístas e mesquinhos. Esse é sem dúvida um esforço da mente para maximizar o bem e minimizar o mal em tudo que se pensa, fala e faz.”

“A rapidez do mundo contemporâneo nos incentiva a estarmos descontentes com o que temos, numa falta de saciedade em aplacar os desejos dos sentidos, sempre querendo mais e esperando demais de si mesmos. O resultado é a ansiedade que resulta dessa expectativa, por isso consideramos os ensaios sobre o contentamento tão preciosos, pois ressaltam a necessidade de uma verdade interior, em substituição, ao valores que vêm de fora, que, cedo ou tarde, revelam-se vazios.”

O livro é um dos mais conhecidos textos filosóficos do mundo e seus diálogos não são voltados a um público específico ou comunidade em particular, mas, sim, uma terapia para todos que procuram harmonia em suas vidas, indiferente a credo ou religiosidade.

O livro Yoga Sutra de Patanjali – Uma Abordagem Prática, por Giridhari Das, expõe técnicas universais, testadas e eficazes, com exercícios físicos, respiratórios e estudos filosóficos de um caminho que alivia tensão, estresse, e irritabilidade, à medida que ensina o autocontrole, e a busca por uma mente estável.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • #1 Carlos Cesar Santoro
    03/12/2010 14:22

    A verdadeira Yoga é a yoga da consciencia de Deus, portanto quaisquer outras técnicas, denominações, ou invenções de nada servem, é em verdade são distrações para as mentes doentias desta epóca de caos e enganação, onde os demonios prosperam e os justos choram. Essa é toda a verdade.

  • #2 Elizabete
    03/12/2010 16:29

    Excelente texto. Realmente um incentivo a todos que ainda não conhecem Yoga para buscar este caminho Namaste Elizabete

  • #3 Gilberto Lemos
    04/12/2010 10:11

    Quero parabenizar o lançamento do livro filosófico de Yoga Sutra de Patanjali, pois nesses livros encontramos uma energia criadora por seus ensinamentos e exercícios espirituais. Lamentavelmente, existem pessoas equivocadas e possivelmente fanáticas que não entendem do assunto e fazem comentários agressivos, causando um desrespeito as leis naturais de Deus. "Não jugueis para não serdes julgados" Aprenda a respeitar a opinião das pessoas, pois, você não está lidando com hipócritas fingidos de religiosos e os bonzinhos que já estão salvos. Te cuida, lê a bíblia e aprende a pratica-la, caso contrário serás um eterno fariseu e além do mais, um eterno fracassado.

  • #4 Mani Manjari DD
    04/12/2010 15:17

    Sim com certeza as praticas de yoga é para todos; as posturas e respiraçao fazem com que apessoa relaxe, que os chakras se aliniem, para o conciente ter uma coneçao com o inconciente,se equilibrem todos os corpos e se conectar com a propria alma e o EU superior,assim se livrar de qualquer tipo de incomodo fisico mental,emocional ,espiritual..exelente pratica.

  • #5 Laline
    05/12/2010 06:40

    Muito engrandeceria minha passagem por esta vida conhecer e aplicar o ashtanga yoga de Pantajali...portanto, gostaria de saber se o Sr. Giridhari Das pretende oferecer alguma palestra ou curso mais profundo sobre o tema em Brasília. Grata, Laline

  • #6 Giridhari Das
    08/12/2010 17:04

    Cara Laline, temos planos sim de fazer uma Jornada do Yoga Sutra em Brasília (veja: http://giridhari.com.br/jornadas/). Entre em contato comigo pelo meu site para eu lhe dar maiores informações.

  • #7 Marla Marina
    23/12/2010 18:40

    Sou apaixonada pela yoga e so quem a pratca sabe o bem que faz. Se todos a praticassem o mundo seria bem melhor.

Deixe seu comentário