1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Óleo de cozinha : Como descartá-lo corretamente

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Por Juliana Carani*
 
O óleo vegetal, mais conhecido como óleo de cozinha, é utilizado diariamente no preparo de alimentos. O que muitos não sabem, é que seu descarte incorreto pode trazer consequências graves ao meio ambiente, podendo ser evitadas a partir de medidas simples de descarte.
É verdade que, em muitas regiões do Brasil, ocorrem inundações em determinadas épocas do ano que a chuva é mais recorrente. O descarte incorreto do óleo de cozinha pode ser um fator que contribui para a impermeabilização do solo, impedindo a absorção de água, o que agrava o risco de inundação.
Quando descartado em pias, o litro de óleo inutiliza a água. A menor densidade do óleo gera uma camada superficial que recobre ecossistemas aquáticos, reduzindo a entrada de luz e oxigênio necessários para a sobrevivência de espécies de peixes e plantas. Além disso, com o passar do tempo, o óleo das tubulações e encanamentos se solidifica, gerando prejuízos de entupimento para a rede de saneamento responsável.
Outro fator prejudicial ao meio ambiente, diz respeito ao processo de decomposição do óleo, que libera na atmosfera quantidades significativa de gás metano, um dos gases responsáveis pelo efeito estufa.
 
Alternativas de reaproveitamento e descarte do óleo vegetal
 
O óleo vegetal, depois de reciclado, pode ser utilizado como matéria-prima na produção de resina para tintas, sabão, detergente, sabonete, glicerina, ração para animais, biodiesel, lubrificante para carros e máquinas agrícolas, entre outros. Para evitar consequências desastrosas do descarte incorreto de óleo de cozinha, existem algumas soluções simples.
Pontos de Entrega Voluntária: existem vários PEVs distribuídos pelo Brasil. Nesse caso, o óleo deve ser armazenado em um recipiente de plástico, que pode ser uma garrafa PET. Para estabelecimentos que utilizam grandes quantidades de óleo vegetal também há a alternativa de coleta mediante agendamento. A ABIOVE – Associação Brasileira de Indústrias de Óleos Vegetais – é um exemplo que possui esses pontos de entrega. Para conferir o local mais próximo basta consultar o site Óleo Sustentável.
Fabricação de Sabão: processo simples baseado na decantação do óleo de cozinha, ou seja, separação física de impurezas presentes no óleo a partir da densidade de partículas sólidas, seguido da adição de soda cáustica. Normalmente é feito por empresas que possuem projetos sustentáveis e de reciclagem, porém, também é possível ser feito em casa.
 
*Juliana Carani, Bióloga
juliana.carani@gmail.com
  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário