1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Lua Nova Ariana: E um céu de possibilidades

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

A partir do dia 30 de março  de 2014 estamos sob os efeitos da Lua Nova Ariana, que acontece com Sol, Lua e Urano conjuntos em Áries. Eles também estão em aspecto com Júpiter e Plutão, enfatizando um aspecto importante que marca o momento em que estamos vivendo. O clima está tenso e é importante calma e consciência para lidar com tanta intensidade. Esta Lua Nova também instala definitivamente o ano novo astrológico, que começou com o ingresso do Sol em Áries no dia 20 de março.

 

Essa tensão entre Júpiter (em Câncer), Urano (em Áries) e Plutão (em Capricórnio) deixa o astral meio tenso e mostra a necessidade cada vez mais urgente de mudança. Esse céu tem deixado cair as máscaras e revelado as coisas como elas são de verdade. Essa Lua Nova ativa bastante esse movimento.

 

A pressa parece aumentar, mas este também é um céu que faz pensar sobre o quanto vale mesmo a pena valorizar e priorizar a pressa e a quantidade no lugar da calma e da qualidade. Faz pensar também sobre o quanto o mais importante é mesmo a carreira, o sucesso, o status e o quanto para ter tudo isso andamos deixando de lado as relações, a família, a vida pessoal, as coisas da alma.

 

É um cenário complexo que chama atenção para todos os lados, mostrando que uma vida completa atende a todas as necessidades e permite viver todas as áreas e assuntos ao mesmo tempo.

 

A Lua Nova Ariana chama para o “eu” e lembra que temos que assumir as rédeas da vida em nossas mãos. Lembra que cada um é responsável por tudo que acontece em sua vida e oferece coragem para fazer o que precisa ser feito.

 

A Lua Nova em Áries pede mudança e avisa: quem não mudar por bem, assumindo as rédeas e as consequências, pode ser levado às mudanças por conta das circunstâncias. Ou seja, se a gente não muda, a vida muda. Se não fazemos o movimento, o universo faz por nós.

 

Essa Lua Nova também lembra que o outro existe e que por isso temos que tomar cuidado com o egoísmo, pois não estamos nem vivemos sozinhos. O perfeito equilíbrio inclui o “eu” e o “outro”.

 

Esta Lunação inaugura um ciclo mais acelerado, turbulento, que pode ter novidades, imprevistos, desafios, mudanças, oportunidades. Mas tudo pode ser rápido demais e temos que estar bem atentos se não queremos deixar passar o bonde.

 

A intuição continua sendo boa conselheira, assim como a fé permanece como aliada, desde que não seja vivida em excesso, com fanatismo. Também não podemos abusar da sorte, já que numa Lunação Ariana, no fundo, tudo depende de nós.

 

De qualquer forma, é tempo de mudança, de novidade, de agitação. É um tempo novo, que muda a energia do astral e pede movimento. Na área do nosso mapa onde cai a lunação, mudanças podem acontecer e transformações são mais do que necessárias. Certamente teremos que abrir mão de alguma coisa em nome de outra, pois o novo quer nascer e, para isso, precisa de espaço e lugar.

 

Vamos em frente que o astral já está acelerado, mas vamos ter equilíbrio e saber respirar fundo diante das turbulências, dos desafios, das dificuldades. Vamos encontrar soluções criativas para nossos problemas e vamos fazer as mudanças, pois já não há como empurrar qualquer coisa com a barriga. E vamos nos lembrar que o outro também é importante. Importante também a qualidade, a profundidade e a realização pessoal, que nem sempre tem a ver com a pressa e a quantidade, ou com o status e as conquistas materiais.

 

Esta também é uma Lunação que mostra que cada um de nós é diferente do outro e por isso apenas podemos falar da nossa própria experiência , do nosso próprio lugar. Não temos como falar pelo outro, já que a cada vida é única e, mesmo as experiências mais compartilhadas e comuns, são vividas de forma exclusiva por cada um de nós.

 

Por isso, este também é um céu que convida cada um a viver a própria vida, no sentido de não ficar cuidando ou invejando a vida dos outros. Não temos tempo pra isso e, se queremos que a nossa vida aconteça, temos que olhar para ela. E cuidar muito bem do que é nosso, para que o tempo não passe rápido demais e a vida aconteça longe de nós, enquanto estávamos preocupados com aquilo que não interessa.

 

A Lunação Ariana é uma chama, um fogo capaz de destruir ou criar. O que vamos fazer com tanta energia?

 

Bom ciclo novo, bons inícios, bons novos caminhos.

 

Fonte: Titi Vidal, astróloga.

E-mail: contato@titividal.com.br

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário