1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Yoga da Paz: Os sete passos da felicidade

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

O Yôga tem como preceitos básicos oito passos que têm como um dos objetivos ajudar o desenvolvimento do indivíduo.

Os dois proimeiros passos significam que o indivíduo já entende os princípios gerais, morais ou éticos.

O primeiro, chamado "yama" (o mesmo que comedimento), estabelece limites: não ser violento, não mentir, não furtar, não se entregar à luxúria, não ser avaro.

O segundo, "nyama" (cuidados), dá importância à limpeza do corpo, à alegria, à austeridade, ao estudo e à devoção a Deus. Depois de percorridos os dois primeiros passos, passa-se à prática dos exercícios.

No terceiro passo, a pessoa experimenta as "ásanas", posturas que aperfeiçoam o corpo, muitas delas exigindo grande preparo físico (as posturas são enfatizadas pela "hatha-ioga", praticada por 90% dos iogues ocidentais).

No quarto passo, aprende-se o "pranayama", exercício de controle da respiração (enfatizado pela "bakti-ioga", praticada por 90% dos iogues na Índia).

E, no quinto passo, inicia-se a prática do "pratyahara", em que a pessoa se desliga dos objetos do mundo exterior, parte para a abstração e cuida, assim, da saúde mental (destacada pela "jnana-ioga").

O mais comum é parar no quinto passo, diz o professor Luís Louceiro. Os demais estariam reservados a pessoas com um excepcional domínio dos sentidos, da consciência, do corpo e da mente, como Buda, que teria feito ioga ao sair do palácio de seu pai. "O budismo surge quando ele chega à sétima etapa", diz Louceiro.

No sexto passo, "dharana", a mente não está mais dispersa, e a pessoa é capaz de uma profunda concentração, em que desenvolve o lado criativo da mente.

No sétimo, "dhyana", o mais importante é a concentração. E, no oitavo, chega-se ao estado de êxtase, "samádhi", que em sânscrito significa simplesmente ser, com a máxima simplicidade.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • #1 felipe
    02/02/2011 16:26

    Muito boa introdução ao Yoga Sutras! Para saber mais sobre yoga, acesse www.espacosoma.com

Deixe seu comentário