1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Viagem à Índia: Onde turismo e autoconhecimento se encontram

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Conhecer de perto a Índia dos Gurus, ashrams e marcos históricos, quase mitólogicos, que fizeram a  fama  da distante Índia como um ponto de concentração mística no mundo. Esse é o intento da viagem Índia Mística: a rota do autoconhecimento, realizada nos meses de fevereiro e março em seu misto de turismo e peregrinação. 


Colaboração do repórter Harlley Alvez

NAVEGANDO HÁ MILHARES DE ANOS entre o povo indiano um conto relata a história de um viajante que percorre longas distâncias para, no fim da jornada, chegar a ele mesmo. Essa mesma viagem ao centro da fé e cultura hindus, com suas cores, sabores e aromas é o ponto de partida de uma excursão em níveis interiores, buscando em pontos turísticos da Índia um passeio que explora o conhecimento de si. Índia Mística: a rota do autoconhecimento une a Índia, terra dos marajás, palácios e exotismo à Índia espiritual, dos mestres, yoga e misticismo.

Seus monumentos antigos,  história rica e diversificada, tesouros culturais e templos maravilhosos fazem da Índia um dos destinos turísticos mais promissores do mundo. Assim, pessoas de diferentes partes do mundo têm grande interesse em passar momentos inesquecíveis nesse país glorioso. Essa demanda exige um guia que reduza a tensão e garanta a diversão ao se caminhar em terra estrangeira, criando um percurso turístico agradável, para fazer das férias na Ásia uma época memorável da vida.

Nesse contexto, duas regiões na Índia, norte e sul, propiciam esse misto de turismo e peregrinação. Ao sul, começando com Mumbai (antiga Bombaim), o portal da Ásia e cidade mais importante do país;  Bangalore, a capital tecnológica, completando com uma visita ao ashram de Sai Baba, são o início da viagem que passa também pelo Mysore, com seus templos, ashrams de yoga  e legado arquitetônico da era dos marajás. Há também a surpreendente passagem pelo estado de Kerala, o “Lugar de Deus na Terra”, com seus templos impressionantes, spas de ayurveda e passeio de barco por rios, onde o tempo não existe. Às margens desse percurso, a chegada a um resort de ayurveda em Calicut, ao famoso templo de Guruvayur e às cidades de Chennai e Tirupati, guardam mais surpresas nas andanças pelo sul.

Antiga, a região de Kerala é citada diversas vezes no épico Mahabharata, um poema em sânscrito de mais de 200 mil versos, dentro dos quais está o Bhagavad-Gita, a bíblia dos indianos, compilado no século IV a.C.. Com uma natureza única no mun'do, os canais de Kerala têm atraído cada vez mais a atenção dos turistas desejosos de encontrar o paraíso. A pernoite em barcos adaptados para hotelaria é um dos momentos mais fascinantes. Suas coberturas feitas em folhas de coqueiro para amenizar o calor asiático, permitem uma tranquila navegação e conforto.

O clima é meio desértico no início do verão (março), com dias bastante quentes, mas ainda toleráveis e noites ainda um pouco frias. A temperatura varia de 14 graus durante a madrugada para uns 25 a 30 graus durante o dia. No sul da Índia predomina um clima mais úmido, de calor tropical, mas bastante agradável ao início da primavera indiana (fevereiro).

Através dos tempos, Kerala tem demonstrado uma notável capacidade de adaptação a novas tradições e valores em quase todas as esferas do pensamento humano. Esta resposta positiva às mudanças e desafios é o que define o povo de Kerala e sua hospitalidade a pessoas de toda a parte.


VIAGEM À 'CIDADE COR-DE-ROSA'


Berço de uma civilização milenar e riqueza incomparável e, portanto, palco de inúmeras invasões e guerras, o norte da Índia ainda hoje ostenta a opulência de outrora, embasada em sua profunda espiritualidade.

No mês de março é a vez de seguir ao norte, visitando o Rajastão, a terra dos Marajás, o Taj Mahal, a devoção da vila de Vrindavana e o misticismo de Haridwar e Rishikesh, a terra da yoga. Importante também é o trecho final, na distante Bengala, onde o festival de Mayapur aguarda brasileiros em busca da Índia revelada em cânticos, integralmente devocional.

Delhi, a capital do país, carrega com orgulho uma história de mais de cinco mil anos. A próxima parada é Jaipur, um dos pontos turísticos mais atrativos do país, com seus palácios e marajás.



É conhecida como “Cidade Rosa”. É a capital do estado do Rajastão e foi construída a pedido do marajá Jai de acordo com as estritas regras de arquitetura das escrituras hindus (Vastu, ou a versao indiana do Fengshui). Foi, com certeza, uma das primeiras cidades com planejamento do mundo. Está rodeada de fortes e muralhas, entre eles o Forte Amber, construído em cima da montanha e acessível por elefantes. Importante também é o Jantar Mantar, observatório astronômico, ou planetário. Como ponto espiritual culminante, o Palácio da Cidade abriga o templo de Radha Govinda (deidades originais de Vrindavana). É impressionante ver a devoção dos habitantes locais.No caminho, a visita ao belo Taj Mahal, símbolo mundial da beleza e harmonia. Em Vrindavana vê-se o deslumbre da “cidade dos cinco mil templos” e sua profunda devoção a Krishna.

Aos pés dos Himalaias e após a imersão na bhakti-yoga, a yoga da devoção, chega a vez de ver o  “portal dos deuses”, Haridwar. Lá um novo ashram recebe para passar noções preliminares de yoga e ayurveda, seguindo acima até Rishikesha, a terra dos sadhus, os homens santos na terra dos deuses.

As cidades do roteiro:

Mysore


Conta a história que a cidade ganhou esse nome quando a deusa Chaumudi matou o demônio Mahisasura que ali residia. Desde então Mysore tornou-se sede de feudo dos marajás e a população ainda orgulha de seu passado imperial, preservando seus inúmeros palácios. Famosa atualmente como centro de estudos de yoga, Mysore é também um importante centro artístico e de comércio de seda e incensos.

Kozikhode (Calicut)

A antiga Calicut, famosa pelo Caminho Marítimo para as Índias de Vasco da Gama, continua a ser um importante centro de comércio, mas tem-se tornado cada vez mais famosa como centro de tratamento ayurvédico. Ao mesmo tempo em que iremos relaxar em um SPA, teremos a oportunidade de vários programas culturais, como teatro, música, dança e artes marciais.

Guruvayur


É famoso principalmente pelo seu templo dedicado a Krishna. Também, é centro de artes, em especial a música karnatic e a dança katakali. Apesar de ser proibida a entrada de não-hindus no templo, passear pelos seus arredores e participar de suas exibições artísticas já valem a visita. O templo mantém um santuário com mais de sessenta elefantes, que são usados freqüentemente nas procissões.

Kumarakum e o passeio de barco


Com uma natureza única no mundo, os canais de Kerala tem atraído cada vez mais a atenção dos turistas desejosos de encontrar o paraíso. Faremos uma viagem de pernoite em um desses barcos tradicionais, que tem suas coberturas feitas em folhas de coqueiro. Esses barcos foram adaptados para terem todo o conforto.

Kochin


Conhecida como a “rainha do mar arábico”, Kochin nos surpreende com sua natureza entremeada de praias e canais. Há inúmeros templos hindus, como também a Basílica de Santa Cruz, fruto da dominação local portuguesa, além de uma famosa sinagoga. É o maior centro urbano de todo o estado da Kerala e uma das poucas cidades do país sem ter a maioria hindu. Foi importante centro de comércio de especiarias e atualmente é um dos maiores portos.

Chennai

É uma das mais importantes cidades do sul da Índia, tanto na economia como no turismo. Além de inúmeros centros de cultura e arte, é um ótimo local para compras também. Opcionalmente, poderemos ir visitar Mahabalipuram, a 60 km da cidade, com suas ruínas do templo, agora patrimônio da Humanidade.

 



Vista do templo de Mahabalipuram


Tirupati


É o templo mais famoso do hinduísmo, e diz-se que é o local de adoração mais rico e mais visitado do mundo. Chega a ter mais de cem mil visitantes por dia, mas é tudo muito bem organizado e o horário de nossa visita será previamente acertado. O templo é dedicado ao Senhor Venkateswara, uma deidade de Krishna.


Outras informações:


Índia Mística – A rota do autoconhecimento

www.indiamistica.com.br

Tel.: 12-35223550
Celular: 12-81237369 (Vivo) ou 12-8175 1565 (TIM)
Ou pelos emails: eneasguerriero@gmail.com ou vamospraindia@gmail.com

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • #1 Ricardo Paiva
    14/01/2011 09:22

    Ano passado participei da viagem, naquela ocasião para o Norte da Índia. Foi inesquecível! Os arranjos dos organizadores permitem que se conheça o país sob um prisma mais natrural, sem os muitos retoques que os pacotes tradicionais normalmente aplicam.

  • #2 Lila Madhuridd
    14/01/2011 09:55

    É muito interessante e agradável saber que, em tempos tão difíceis como os atuais, ainda há indivíduos que procuram outros interesses além dos ordinários. Que todos façam uma abençoada viagem com Deus.

  • #3 Priscila
    14/01/2011 12:14

    Esses lugares na Índia sao incriveis, muito bom trabalho de quem nos ajuda a chegar la, adorei a matéria!

  • #4 Krsnadasa
    14/01/2011 12:33

    fomos em fevereiro de 2010 pela excursão do Sr.Eneas , foram 22 pessoas saimos de diversos estados(grupos) e nos encontramos em Paris , depois fomos para Deli e começou a viajem mais linda e mistica que uma alma poderia participar. Taj Mahal , Rishkesk , Rio Ganges , os templos , as roupas , a música tudo lindo demais. Onde poderíamos conseguir tudo isto junto com segurança e um grupo alegre, espirituoso e alto astral . fiquei um mês lá e voltarei em 2012 com certeza. Recomendo mil e uma vezes , Namastê.

  • #5 Dakini Mesquita
    14/01/2011 12:56

    Que fantastico roteiro, e que fotos maravilhosas! Eu também quero!!!!

  • #6 ananda krsna devi dasi
    14/01/2011 15:33

    ...essa é a maior aventura q o homem pode empreender aki na terra; só perde mesmo para a viagem interior q todos e cada um pode fazer! não é dessa vez q eu retorno a índia...mas com as bençãos de radha krsna, em breve estarei voltando, e gostaria imensamente de voltar com essa equipe de guias!! boa sorte para todos nessa inesquecível jornada!!

  • #7 Jorge Goulart
    14/01/2011 16:52

    Alguns amigos fizeram esta viagem e gostaram muito, estou me organizando para não perder a próxima, realmente e uma experiência incrível.

  • #8 Bernadete
    14/01/2011 19:22

    Estive na India em 02/2010 com Rhama, Govinda e Enéas passei 30 dias maravilhosos, recomendo a tds que tem esse sonho realize-o com esse grupo são Hare Krisna pessoas de extrema confiança,assim que puder volto com eles.

  • #9 Zezé
    17/01/2011 10:32

    No ano passado tive o privilégio de participar desta excursão, foi a realizção de um sonho. Conhecer a India, com segurança e conforto, mas com muita aventura e estar próxima a esta cultura milenar. É impossível ser indiferente a India, embora cada um faça a sua própria viagem. Espero retornar em breve. Namaste

  • #10 José Alberto
    17/01/2011 12:10

    Essa viagem é um sonho, espero que a Providência me conceda o direito de participar dela no ano que vem. Om Shanti.

  • #11 helena figueira
    17/01/2011 22:54

    que delicia de viagem!!!! estar em um lugar que tem toda esta magica, com alguem que devotou toda sua vida a viver e ensinar esta magia... isto não tem preço!!!!!!!!!!!

  • #12 bhagavati devi dasi
    17/01/2011 22:59

    Esta viagem é o sonho de todo aquele que busca o auto-conhecimento, a iluminação, ou mesmo conhecer a história e o pensamento de uma das mais antigas civilizações que consegue ainda, após mais de 5000 anos permanecer intacta, manter sua essência. Sabendo que "o mundo é uma aldeia global' tem sido uma afirmativa tão confirmada pelas civilizações modernas é impressionante como a India consegue manter sua pureza mística, sua ancestral sabedoria, de profundo jeito de viver. Parabéns aos organizadores por esta magnífica iniciativa !!!!

  • #13 Nubia Alves Castro
    18/01/2011 08:43

    Adorei essa matéria, que fotos lindas! Parabens!

  • #14 jean
    18/01/2011 14:20

    Fui à Índia e conheço bem os organizadores que são pessoas muito confiáveis. Além disso Enéas Guerreiro é filósofo e profundo conhecedor das escrituras. Isso proporciona uma imersão cultural que está além do simples turismo.

  • #15 Antônio Calvo Júnior
    18/01/2011 18:25

    O roteiro está incrível e os organizadores são da mais alta credibilidade. Com certeza será uma viagem que enriquecerá todos com cultural, conhecimento e espiritualidade, dando a todos uma visão bem mais ampla da Índia milenar.

  • #16 cleide ferreira vilela
    22/01/2011 15:28

    Espero e desejo que todos posam um dia ter a opounidade de conhecer este país maravilhoso eu tambem quero visitar este país muita vezes. Hladhini shakti Nambu

  • #17 Gildo Filho
    22/01/2011 22:03

    Acredito que um dia farei esta viagem para realizar tudo que já li e ouvi sobre a Índia e mais que isso, ter o previlégio de fazer esta viagem ao lado de Eneas Guerriero um profundo conhecedor da civilização Védica da qual se originou a Índia. OM TAT SAT

  • #18 kenia magalhaes b oliveira
    04/02/2011 20:57

    Acho muito interessante o roteiro e gostaria muito de um dia poder conhecer tudo isso de perto, principalmente a cultura milenar, deve ser uma experiencia inesquecivel, adorei qdo se fala que é um lugar otimo para compras, quem sabe um dia.....

  • #19 Terezilda Pires
    06/04/2012 20:28

    A viagem para India é um sonho que acalento a muito tempo.Omeu objetivo é mesclar auto-conhecimento com turismo.Gostaria de mais informações,roteiro completo,preço da viagem.Obrigada pela atenção,Terezilda.

Deixe seu comentário