1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Combate a insetos: Proteja seu jardim

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Por Redação Bemzen

Os insetos devem ser controlados apenas quando prejudicam a planta ou quando representam riscos às pessoas e aos animais. Neste caso, o uso de instrumentos adequados, como pulverizadores, é indispensável para uma aplicação eficiente e segura, evitando o contato humano com o produto a ser aplicado.

Quanto mais fortes e saudáveis estiverem as plantas de um cultivo doméstico, menos susceptíveis a  pragas  e  doenças elas estarão. Isso, no entanto, não impede o aparecimento de plantas indesejáveis, que podem crescer espontaneamente no jardim, roubando os nutrientes  e tampando a luz solar das plantas cultivadas. De forma danosa, também podem agir os insetos, principalmente se colocarem em risco a saúde da planta ou mesmo de pessoas, como no caso de aranhas e escorpiões. 

De acordo com a paisagista Marizeth Estrela, parceira da líder em ferramentas manuais para jardinagem Bellota, a presença de insetos em cultivos domésticos nem sempre é prejudicial. “Existe uma grande variedade de insetos benéficos para o jardim e a presença deles é um indício de que a horta, por exemplo, está com seu ciclo de vida e morte equilibrado", explica Marizeth. Quando há descontrole, algumas medidas podem ajudar a combater os invasores e recuperar o cultivo de forma rápida. 

 

Contra os insetos


Para controlar insetos invasores, algumas receitas caseiras, aplicáveis com pulverizadores,  são bastante úteis:

Infusão de Sálvia (Salvia officinales) - é indicada para combater a mosca branca das mudas de couve. Preparo e aplicação: é necessário derramar 1 litro de água fervente sobre 2 colheres de sopa de folhas secas de sálvia. Tampar o recipiente, deixando em repouso por 10 minutos. Agitar bem, coar em coador de café e pulverizar sobre as folhas de couve. A aplicação deve ser imediata após o preparo, não guardar o que sobrar.

Cinza de madeira - a cinza de madeira é um material rico em potássio, muito recomendado para o controle de pragas e até algumas doenças. Pode ser aplicada na mistura com outros  produtos naturais. Preparo e aplicação: colocar meio copo de cinzas de madeira em uma vasilha com meio litro de água, deixando repousar pelo menos 24 horas. Coar. Hidratar meio copo de cal virgem em 3,5 litros de água, e misturar o líquido coado das cinzas com a cal hidratada. Colocar em um pulverizador e espalhar nas plantas após o período de sol intenso (17h) para evitar que o Sol queime as folhas. A adição de soro de leite (1% a 2%) na mistura de cinza com água pode favorecer o seu efeito no combate contra pragas e doenças.

Leite - o leite na sua forma natural ou como soro de leite é indicado para controle de ácaros e ovos de diversas lagartas, atrativo para lesmas e no combate de várias doenças fúngicas e viróticas. O seu emprego é recomendado para hortas domésticas e comunitárias. Preparo e aplicação: um dos métodos recomendados é diluir 1 litro de leite em 3 litros a 10 litros de água e pulverizar as plantas. Repetir depois de 10 dias para doenças e três semanas quando aplicado contra insetos. A mistura de leite azedo com água e cinza de madeira é indicada no controle de míldio.

Florais - Pulverizadores também podem ser utilizados para aplicar florais que irão fortificar e equilibrar o emocional das plantas e do ambiente. No caso de haver indícios de pulgões, aplicar o floral Crab Apple adicionado do Rescue. Quando houver indícios de vírus, o Agrimony adicionado do Rescue pode ser utilizado (não usar o Crab Apple quando houver indícios de vírus). A orientação é a de aplicar florais quatro vezes ao dia, diluídos somente em água (utilizar oito gotas para no pulverizador de um litro). Essa aplicação é ideal para os vasos de ervas e plantas cultivadas em casa, na janela ou na varanda.

Armadilhas contra lesmas e caracóis - distribuir pelo chão da horta sacos de estopa embebidos em leite. Depois de um ou dois dias, retirar os moluscos que se abrigam sob a armadilha. Pode-se também colocar vasilhas com cerveja e sal, enterradas no nível do solo, que atraem e matam as lesmas. 

Ervas daninhas - A forma mais eficiente de  controle  nesses  casos é o arranque manual das ervas daninhas. Manter as ferramentas limpas e higienizadas após cada uso também é essencial. A transmissão de doenças pode acontecer por meio da falta de higienização das ferramentas.

 

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário