1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Ação antitabaco: Uruguai é referência em política contra o fumo

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

 

Em 31/05, comemorou-se mundialmente o Dia Sem Tabaco e, em artigo a respeito do assunto, o Banco Mundial (BM) citou o Uruguai como referência na luta global de combate ao fumo, que mata todos os anos mais de 5,6 milhões de pessoas - ou 10 a cada minuto -, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

 

O país da América do Sul foi citado pelo BM como exemplo na América Latina e Caribe por conta de política antitabaco implantada em 2005 pelo oncologista e então presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez. A medida apresentou resultados considerados surpreendentes nos anos seguintes, entre 2006 e 2009. 

 

O Uruguai se tornou pioneiro na criação de ambientes públicos 100% livres de fumo - atualmente, de acordo com a OMS, outras sete nações estão na mesma situação: Trindade e Tobago, Barbados, Colômbia, Guatemala, Honduras, Panamá e Peru -, apresentando redução recorde no número de fumantes que vivem em áreas urbanas do país, onde mora cerca de 95% da população. A maior diminuição foi registrada entre os jovens: em quatro anos, houve queda de 44% no número de fumantes entre 15 e 24 anos de idade. 

 

Por sua contribuição à causa, Vázquez foi convidado pela ONU para ser parceiro do Dia Mundial Sem Tabaco 2013. O ex-presidente do Uruguai fala na véspera da data, em 30/05, a respeito da liderança regional do Uruguai na redução do consumo de tabaco. O evento acontece na sede do Banco Mundial, nos EUA, mas pode ser acompanhado em tempo real no site do BM e, também, no Twitter, pela hashtag #sintabaco. 

 

FONTE: Planeta Sustentável

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário