1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


A astrologia e as crianças: Aprenda a estimulá-los através do mapa astral

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

 

O mapa astral é o retrato do céu no momento de nascimento, e podemos desde os primeiros dias, meses ou anos de uma vida acompanhar os movimentos cósmicos que sinalizam a sintonia de um ser com cada momento, levando-se em conta sua essência, suas particularidades e tendências. 

A Astrologia pode ser muito útil às crianças, pois através do conhecimento das suas características e potenciais de personalidade, pais e educadores podem estimulá-las, valorizando a originalidade, o respeito e o apoio a esse ser em formação. 

Ao fazermos o mapa astral de uma criança, orientamos em especial aos pais, para que estejam cientes do seu papel e impacto perante o filho, já que pode-se, através da análise do mapa, compreender qual a imagem que a criança faz do pai e da mãe; que experiências e conceitos irá desenvolver com o auxílio destes; qual a atmosfera ideal para o seu crescimento; que talentos devem ser estimulados e quais as reações emocionais e comportamentais mais enfatizadas. 

A partir de certa idade, podemos interpretar o mapa para a própria criança, utilizando, obviamente, uma linguagem adequada ao seu momento de desenvolvimento. Para os pais, interpreta-se o mapa do filho através de uma entrevista ou da elaboração de um texto específico a esta finalidade. 

É importante saber que nos primeiros anos de vida, o signo da lua atua com muita intensidade na criança, e este geralmente não é conhecido pelos pais, que tem mais contato com o signo solar – aquele que todos identificam facilmente. 

O signo lunar descreve as reações infantis, o ambiente necessário para alimentar a criança psíquica , emocional e fisicamente, que características ela manifestará com maior naturalidade e quais as tendências desses primeiros anos de vida. 

O signo solar é muito importante também, pois simboliza a essência do ser, o que deve ser estimulado, a missão e principal objetivo de evolução ao longo da jornada da vida. 

Cada ponto do mapa astral possui relação com experiências específicas. A infância está representada em sua vinculação às posições da lua e do sol, assim como a maturidade traz o desenvolvimento maior das características do ascendente. 

A análise aprofundada do mapa astral permite a orientação a uma pessoa em qualquer idade. 

Veja abaixo as características importantes a serem estimuladas nas crianças, segundo o seu SIGNO SOLAR OU LUNAR.

 

 

ÁRIES

 

- Importante estimular a independência, a iniciativa , a liderança e as atividades físicas. 

- Propiciar orientação adequada em relação a atitudes egoístas, impacientes e agressivas, promovendo relacionamentos mais harmoniosos. 

 

 

TOURO

 

- Estimular o contato com a natureza, a convivência num ambiente pacífico e amoroso e o bem-estar da criança com o seu próprio corpo. Propiciar atividades que exercitem habilidades manuais, criativas ou artísticas. 

- Propor orientação adequada no tocante à alimentação, evitando excessos. Trabalhar conceitos de ciúme, apego e bens materiais

 

GÊMEOS

 

 

- Estimular as capacidades mentais, o diálogo, a comunicação, a leitura, a curiosidade, os passeios e o contato com ambientes diversificados.

- Orientação para que a criança não se torne muito dispersiva, desligada ou ansiosa com seus pensamentos e atitudes. Respeitar o seu ritmo de desenvolvimento mental.

 

 

CÂNCER

 

- Estimular a afetividade, o carinho, a sensibilidade, a harmonia doméstica, a imaginação, a criatividade e possíveis dotes artísticos. 

- Evitar atitudes superprotetoras para com a criança, deixando-a mais livre para experenciar suas emoções.

  

LEÃO

 

- Estimular a liderança, a espontaneidade, o entusiasmo, o espírito criador e inventivo, o brilho e carisma dessas crianças. 

- Propiciar a compreensão de conceitos como autoritarismo, egoísmo, orgulho e vaidade.

 

VIRGEM

 

- Estimular a vontade de ajudar, de ser útil, de realizar tarefas, de sentir-se apreciado pelo que faz. Respeitar o interesse da criança pelo próprio corpo e pelas questões de saúde em geral. 

- Estar atento para não estimular sentimentos de inferioridade, de culpa, ou de perfeccionismo.

  

LIBRA

 

 

- Estimular a socialização, os relacionamentos, o senso de harmonia e justiça, o bom gosto e possíveis pendores artísticos. 

- Propiciar entendimento da necessidade de fazer escolhas e tomar decisões na vida e de ser justo e correto em suas atitudes. Valorizar as coisas e as pessoas não apenas pelas aparências.

 

ESCORPIÃO

 

- Estimular o interesse natural pelos mistérios, enigmas, pelo oculto. Propiciar compreensão de assuntos “tabu”, como sexualidade e morte. 

- Auxiliar a criança a trabalhar sua tendência a guardar ressentimentos e a ter reações emocionais extremas, como possessividade ou sentimentos vingativos.

 

SAGITÁRIO

 

 

- Estimular estudos, viagens, leituras, esportes e todas as formas de ampliação de horizontes mentais e culturais. 

- Propiciar liberdade e espaço, mas auxiliando a criança a compreender a necessidade de limites, para que não cometa exageros na alimentação, ou em qualquer área da vida.

 

CAPRICÓRNIO

 

- Estimular responsabilidade e disciplina, evitando, entretanto, que seja dada excessiva ênfase à noção de dever e obrigação, procurando equilibrar momentos de atividades com lazer. 

- Respeitar a necessidade da criança de querer participar mais do “mundo adulto”.

 

AQUÁRIO

 

- Estimular a personalidade original e criativa dessas crianças, que costumam gostar de tecnologia e tudo que seja inovador. 

- Propiciar liberdade, amizades e uma visão aberta e não preconceituosa da vida. Colaborar na compreensão de conceitos como rebeldia, individualidade e cooperação.

 

 

PEIXES

 

- Estimular a sensibilidade, emotividade, espiritualidade, imaginação e criatividade. 

- Evitar atitudes e crenças que possam imprimir na criança sentimentos de culpa, insegurança emocional, e sensação de serem vítimas das circunstâncias, ou de terem que se sacrificar excessivamente pelo bem das pessoas.

 

Por: Isabel Mueller, Astróloga, escritora, poeta. É de Isabel nosso horóscopo diário.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário