1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Ano Novo Astrológico: Começou a nova fase de mudanças aceleradas

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Por Titi Vidal
 
Em Astrologia, o ano novo começa para valer com o ingresso do Sol no signo de Áries, quando acontece o equinócio (de primavera, no hemisfério norte e de outono, no hemisfério sul). O Sol recomeça sua volta no zodíaco a partir do primeiro signo, que traz os inícios e as iniciativas e então o ano novo começa de verdade. O povo brasileiro sabe bem disso e por isso aqui se diz que o ano só começa depois do carnaval.
 
Mas parece que este ano não foi bem assim. Desde a entrada de Urano no signo de Áries e tantos outros movimentos importantes e dinâmicos no céu, parece que tudo está acontecendo mais depressa.
 
De qualquer forma, as previsões astrológicas para 2012 ficam mais precisas a partir do início do ano novo astral,  dia 20 de março às 03:14h (horário de Brasília).
 
Este ano que para muitos é um ano decisivo, de mudanças e transformações, começa em ritmo acelerado, pedindo providências e atitudes.
 
Até porque é um ano marcado por muitos acontecimentos astrológicos significativos, como o ingresso de Netuno em Peixes (que já aconteceu em fevereiro), de Saturno em Escorpião (a partir de outubro), a quadratura entre Urano e Plutão (que fica exata em junho), entre outros.
 
O Sol do ingresso está conjunto a Urano, apontando que é um ano único, de mudanças e transformações e que certamente ficará marcado na história.
 
A Lua do ingresso está em Peixes, conjunta a Netuno, mostrando que este é mesmo um evento importante para este ano.
 
Ou seja, os luminares apontam planetas importantes, Urano e Netuno, mostrando que este não é mesmo um ano qualquer.
 
Também não é o ano do fim do mundo, como alguns insistem em dizer. Mas pode ser o primeiro ano do novo mundo, já que o céu está pedindo atitudes diferentes, mudanças práticas, concretas, radicais e definitivas.
 
A ideia geral é que não devemos mais nos considerar como partes separadas, como pontos isolados no meio do todo. Somos todos parte de um mesmo conjunto e fazemos todos parte do mesmo mundo. Somos gotas do mesmo oceano e estamos interligados, queiramos isso ou não.
 
Isso significa que temos que assumir cada vez mais consciência do quanto as atitudes individuais afetam o coletivo e que por isso o egoísmo, além de afastar as pessoas, pode prejudicar e influenciar os demais. Significa também que uma simples atitude de um pode trazer mudanças significativas para o todo e por isso se cada um fizer a sua parte, podemos sem dúvida viver em um mundo muito melhor.
 
Como se diz, o bater de asas de uma simples borboleta poderia influenciar o curso natural das coisas e, assim, talvez provocar um tufão do outro lado do mundo. Por isso, uma simples mudança de atitude, individualmente, como pede o Sol/Urano em Áries, pode reverberar em todo o coletivo e trazer a melhora e a integração total que a Lua/Netuno está nos pedindo.
 
E o que deve ser feito já está mais do que claro, individual e coletivamente. Já há algum tempo que todo céu vem desenterrando tudo e trazendo à tona tudo que estava escondido. As verdades estão aí e precisamos encará-las, porque já não adianta mais esconder. Alguém precisa assumir a responsabilidade de tudo e nada melhor do que cada um se conscientizar de que se cada um assumir o que é seu fica muito mais fácil resolver todo e qualquer problema, os menores e os maiores, os individuais e os coletivos.
 
Este é um momento para se ter mais ternura, compaixão e atitude. Não adianta se lamentar pelo que já passou. Pelo contrário, o céu está pedindo para virar as páginas do que já se foi. É hora de encarar o presente e refazer o futuro, reescrever a história e fazer um mundo melhor. O mundo pessoal e o mundo de todos nós.
 
Não é à toa, também, que o mapa do ingresso tem marte retrógrado em virgem, pedindo ainda a revisão no fazer, o fazer de novo, o fazer mais bem feito. O fazer para dar certo, servindo a si mesmo, ao outro e à humanidade. Fazer com humildade, buscando resultados práticos. Fazer com o coração, por si e pelos outros.
 
Mas para isso é preciso que além da revisão de atitudes, os pensamentos mudem, já que Mercúrio estará em Áries, também conjunto ao Urano.
 
No meio disso tudo, Vênus e Júpiter em Touro prometem resultados positivos, abundância e prosperidade para quem fizer a sua parte. Quem for generoso, quem agir, trabalhar e fazer diferente sentirá a diferença e terá bons resultados. O universo é abundante e o céu também mostra isso.
 
Temos que buscar e trazer à tona não só os problemas, mas também nossos tesouros e qualidades, que podem estar bem escondidos, no fundo do mar.
 
O fato é que uma grande divisão está acontecendo, já que cada um está mostrando o que tem de melhor e o que tem de pior.
 
Como quando arrumamos um velho armário e tiramos dali muito lixo, coisas velhas, que já não servem mais. Mas encontramos coisas que estavam tão guardadas que já não lembrávamos mais, mas que nos são preciosas, que valem muito e nos fazem muito bem.
 
Mas para encontrar estes tesouros, temos que enfrentar também os velhos fantasmas, as coisas quebradas e toda tranqueira que acumulamos ao longo de toda uma vida.
 
Isso vale para cada um de nós, em uma ou várias áreas de nossa vida, e também para todo o planeta e a humanidade.
 
Estamos tirando tudo dos velhos armários e precisamos fazer a triagem. Jogar fora o que não serve mais. Jogar no lixo o que já se quebrou. Compartilhar e doar o que não queremos, mas pode servir a alguém. E resgatar tudo que temos de melhor, sabendo usar nossos talentos e recursos com todo seu potencial.
 
Vamos, então, fazer desse ano um ano verdadeiramente novo e melhor, com toda abundância que a vida tem para nos oferecer.

 

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário