1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Pele vermelha e irritada: Cuidado, pode ser sintomas de sarcoidose

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Uma vermelhidão na pele que se apresenta em pequenos nódulos, em forma de grãos. Essa é a principal característica da Sarcoidose, uma doença que afeta principalmente pessoas adultas, com preferência pelo sexo feminino e provoca lesões na pele e outros órgãos, como os pulmões e os gânglios linfáticos. O distúrbio pode atingir também o coração em 15% dos casos.
Não se sabe ainda como se adquire a Sarcoidose, porém, especialistas acreditam que ela surge a partir do enfraquecimento do sistema imunológico associado à exposição a bactérias, poeiras ou até a substâncias químicas.
“Já sabemos que ela não é contagiosa, mas ainda assim causa um desconforto enorme ao paciente e por isso é necessário tratá-la o quanto antes”, recomenda o médico dermatologista Fernando Freitas.
Os sintomas são variados e depende da parte do corpo afetada, o que torna o diagnóstico da doença mais difícil. “Muitos pacientes têm a sarcoidose descoberta por acaso, após realizarem uma radiografia de tórax, por exemplo”, informa o médico.
Os sintomas mais comuns envolvem os pulmões, a pele, os gânglios linfáticos e os olhos. Os pulmões são afetados em 90% dos casos. Pessoas que têm sarcoidose podem apresentar tosse, chiado ou falta de ar, mas muitas pessoas não têm nenhum sintoma.
Já as lesões na pele (cerca de 30 a 50% dos casos) se manifestam de diferentes formas. A confirmação do diagnóstico deve ser feita através de uma biópsia. “Nas formas mais problemáticas da doença, pode ocorrer a formação de nódulos inflamatórios acompanhados por febre e dor articular. Outra característica, constitui na  formação de placas elevadas e avermelhadas, de tamanhos variados, cuja localização mais frequente é a face”, explica o dermatologista.
Outros Sintomas
Um dos sintomas mais comuns recebe o nome de “Lupus pérnio”, uma espécie de infiltração localizada no centro do rosto, de cor avermelhada. Ela também pode se apresentar formando placas circulares com  bordas elevadas e centro mais profundo, ou ainda, pela formação de nódulos subcutâneos cobertos por pele de aspecto normal. A infiltração de cicatrizes antigas é outra característica.
Tratamento
Há no mercado duas alternativas eficazes: O uso de corticosteróides tópicos (cremes e pomadas) ou a aplicação de corticóide nas lesões, neste último caso o procedimento é feito por um médico, através de injeções.  Casos mais graves, ou com comprometimento de outros órgãos, necessitam de tratamento mais forte com o uso de corticosteróides orais associados a outras terapêuticas.
 
Fonte: Fernando Passos de Freitas - Dermatologista

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário