1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


As bruxas do bem: Descubra a Espiritualidade Verde

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Por Claudio Quintino Crow*

Há algum tempo a palavra bruxa perdeu sua conotação negativa – filmes, seriados, revistas em quadrinhos e diversas outras fontes contribuem para apagar a imagem clássica (e negativa) das bruxas feias e más. Vivemos a era das bruxas belas e bondosas, como Sandra Bullock e Nicole Kidman no filme "Da Magia à Sedução", das irmãs Haliwell no seriado "Charmed", das garotas dos quadrinhos W.I.T.C.H e até tema da novela “Eterna Magia”, da Globo.

A bruxaria é do bem.

E não poderia ser diferente – afinal, imagine uma filosofia que nos ofereça a chance de entendermos quem somos, de onde viemos e para onde vamos... Um caminho espiritual que nos devolve o comando sobre nossas vidas e nos ajuda a entender nosso papel no mundo... Uma filosofia capaz de integrar nossas essências física, mental e espiritual, um modo de vida no qual o Masculino e o Feminino se equilibram, se harmonizam e se completam – tudo isso é o que a Bruxaria oferece.

De onde vem à bruxaria?

O termo bruxaria é usado para descrever muitas coisas, mas o que chamamos de "Bruxaria Moderna" possui elementos cujas origens se perdem na noite dos tempos. É uma espiritualidade notadamente xamânica e, portanto, universal – qualquer pessoa, em qualquer lugar do planeta, pode entender e desfrutar da bruxaria moderna. Isso porque, apesar desses elementos ancestrais, a Bruxaria é uma religião perfeitamente alinhada com nossos tempos e nossas necessidades atuais.

Bruxaria: uma espiritualidade para o agora


A Bruxaria vê a natureza como sagrada – suas práticas vêm da compreensão dos ciclos da Natureza e do entendimento que todo o universo é vivo e, portanto, sagrado.
Através de seus ensinamentos, a Bruxaria nos mostra como viver em harmonia com a natureza – tanto a do ambiente quanto a nossa própria natureza interior. Portanto, a Bruxaria pode se descrita como uma “Espiritualidade Verde".
Nada mais importante, em tempos de aquecimento global e de tanta agressão ao meio ambiente.

Ademais, a bruxaria reconhece como princípios criadores do mundo o Feminino e o Masculino. É da união desses dois princípios que animais, plantas e, claro, o ser humano se reproduz. Praticamente tudo na natureza obedece a esse princípio. Como é uma religião pautada na reintegração do ser humano à Natureza, nada mais natural do que a Bruxaria ver o Divino como sendo tanto masculino quanto feminino – e esse equilíbrio é igualmente importante em nossos dias.

Assim, a Bruxaria alivia alguns dos mais angustiantes anseios da vida moderna, como a desigualdade ente sexos, a exploração predatória da natureza, o consumismo e o receio da morte.

Só quem conhece a magia da vida vive plenamente

Ao nos explicar a Magia da Natureza e de seus ciclos, a Bruxaria nos fornece algo que a maioria dos caminhos espirituais da atualidade nos nega: autonomia. A Bruxaria não possui Mandamentos nem tabus – ela mostra que, através da compreensão e da vivência dos mistérios da Vida, cada um de nós assume o controle e a responsabilidade pelo seu próprio Destino, ensinando-nos a viver magicamente.

Mas o que é a magia? E como ela pode me ajudar?

Podemos dizer que a prática da magia surgiu com a humanidade, mas sua energia já existia desde sempre. O Universo é mágico – o mundo em que vivemos, os ecossistemas, nosso organismo, as ervas e plantas, as estações do ano – tudo isso é potencialmente mágico.
Através do contato e da compreensão dessa magia, podemos de fato transformar nossas vidas, tornando-as mais plenas e integradas - tanto no nível pessoal quando no global.
Pautada nos conhecimentos de diversos povos ancestrais que viviam em harmonia com a Natureza, a Bruxaria põe de volta em nossas mãos a cura para muitos pontos de desequilíbrio de nossas vidas.

O que a bruxaria nos traz

É por tudo isso - e muito mais - que a Bruxaria Moderna atrai mais e mais pessoas que busquem uma nova forma de desenvolver sua espiritualidade, num caminho que nos oferece:
- Equilíbrio entre o masculino e o feminino;
- Integração com a Natureza e seus Ciclos;
- Compreensão dos mistérios da Vida, da Morte e do Renascimento;
- Conhecimentos de Magia, sua natureza e seus usos;
- Paz através da compreensão.
E precisa mais?

(*) Claudio Quintino Crow é escritor, autor de "O Livro da Mitologia Celta" e "A Religião da Grande Deusa", e instrutor de cultura celta e Druidismo. Há mais de vinte anos dedica-se ao estudo e à divulgação responsável da espiritualidade celta, tendo seu trabalho reconhecido academicamente no Brasil e também no exterior. Email: contato@claudiocrow.com.br

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • #1 léia diniz
    01/11/2010 11:04

    É isso ai...vamos evoluir...a grande Deusa renasce nos nossos corações...uma vez que nunca foi totalmente esquecida,apenas deixada de ser cultuada,mas hoje com a nova era surgindo,precisamos mais do que nunca de espiritualidade,Sagrada mãe natureza seja bem vinda...obrigada

Deixe seu comentário