1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


2012, o Ano da Lua: Horóscopo Bemzen de 2012 e as previsões de Astrologia e Numerologia para todos os signos

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Astrólogo Professor Nathanael

e-mail: presssagiusnathanael@gmail.com

Tel: (51) 3228-6768

 

Amigos e amigas, vamos começar a folhar as páginas de 2012 – O Ano da Lua. Neste livro estão as informações mais importantes para cada um, porém com estas informações em mãos todos são livres para projetar e viver este ano da maneira como escolherem e como mais agradar, ou seja, ao final do ano cada um terá o seu próprio livro de 2012 escrito segundo os próprios sonhos e desejos.


Ano de 2012 que vem carregado de receios, medos, expectativas, dúvidas e uma série de especulações que verteram desde algumas religiões até Hollywood – e sua indústria cinematográfica – passando pelas mais diversas correntes científicas e até por antigas civilizações e profecias. O ano no qual paira a dúvida sobre O Fim do Mundo. Mas o fim do mundo é algo muito relativo. Cada qual tem o seu mundo particular. Um acontecimento pode representar o fim do mundo para um indivíduo que mora na China, enquanto que para alguém no Brasil este mesmo acontecimento pode não significar absolutamente nada ou vice-versa. Além disso, existe o mundo capitalista, o mundo animal, o mundo cristão, o mundo islâmico, o mundo oriental e o ocidental, o primeiro mundo e o terceiro mundo, o mundo cosmopolita e o mundo rural, o aquático e o terrestre.


Qual exatamente destes mundos, só para citar alguns, irá acabar se é que algum deles irá acabar?
Nunca foi segredo para ninguém que me acompanha, no decorrer da minha história profissional, a afirmação que tantas vezes fiz, “eu não adivinho o futuro” e afirmo, além disso, que ninguém tem essa capacidade. Porém, o que também todos sabem é que as ciências esotéricas como a Astrologia e Numerologia são atividades sérias que ano após ano comprovam para mim, e para todos os que fazem uso delas, o valor e a importância de suas orientações e esclarecimentos. Portanto eu irei disponibilizar para todos as informações sobre o ano de 2012, ano regido pela Lua, através, principalmente da Astrologia e da Numerologia e a partir daí, todos terão a oportunidade de fazer suas interpretações e tirar suas próprias conclusões.
Logo de início podemos constatar uma palavra que deve ser a chave para 2012 e tanto a Astrologia quanto a Numerologia apontam nesta mesma direção no que diz respeito às características principais do ano. MUDANÇAS! Acontece que quando tratamos de mudanças tratamos de um termo muito amplo e imprevisível. Mudar o que? Mudar quem? Mudar para onde? Mudar como? As pistas para algumas destas respostas podem ser conseguidas em uma breve retrospectiva da linha que seguem os últimos acontecimentos principais no nosso planeta. Percebemos povos que nunca ousaram se manifestar se revoltando quase que ao mesmo tempo contra ditadores que se eternizavam no governo ou à frente de instituições intocáveis e poderosas durante décadas. Países que eram tidos como exemplo de credibilidade sendo gradativamente ultrapassados por aqueles que nunca tiveram credibilidade alguma. Combustíveis que há muito tempo representam pilares para economia mundial como se conhece hoje sendo gradativamente substituídos por outros considerados menos nocivos para existência do planeta. Ou seja, se prestarmos atenção veremos um grande número de indícios de que algo está se transformando de maneira inteiramente nova e rápida. O grande problema é exatamente o fato de que uma transformação, um renascimento ou uma mudança radical sempre envolve muito sofrimento, angustias e medos oriundos da contradição daqueles que querem mudar a qualquer custo e aqueles que têm o poder e, até por isso, querem que tudo continue como está apesar das inúmeras provas dos erros e discrepâncias que notamos entre os que dominam e governam e os que não conseguem o básico para sobreviver.
Devemos reconhecer, portanto, que fazemos parte desta mudança e que muitas coisas que acontecem e aconteceram no mundo causaram e ainda causam em nós sentimentos de tristeza, desilusão, revolta, desânimo e até de vergonha por testemunhar atos inexplicáveis que não parecem fazer parte da natureza humana. Mas fazem. Notamos que algo está muito fora do lugar e que o mundo caminhava e caminha para uma direção que não nos parece a mais correta. Então não podemos fugir das mudanças. Não devemos ignorar a oportunidade de reorganizar a maneira como a humanidade se porta através dos tempos. Alguns podem querer mudanças outros podem, por receio, optar por deixar tudo como está. Porém como não podemos decidir sozinhos, pois isso não cabe a ninguém, devemos aceitar os acontecimentos com fé e otimismo de que, assim como em um nascimento, após o sofrimento de um parto teremos a imensurável recompensa de uma vida nova de alegrias.

2012 e o Mundo

    Apesar do ano de 2012 ser de mudanças fortes, já em 2011 pudemos experimentar algumas surpresas no que diz respeito à situação de algumas nações que tínhamos como potências ou pelo menos nações com uma organização superior como Espanha, Itália e até mesmo os Estados Unidos. Pois até mesmo estas nações começaram a enfrentar dificuldades. Ou seja, uma nova realidade já nos indica que nenhuma potência por mais avançada que seja está imune a algumas transformações. Porém a complexa economia global absorve tudo e todos em uma rede que interage em todas as partes do mundo. Isso significa que sendo potência ou não, em melhor ou em pior situação todos acabarão sendo expostos ao clima da instabilidade econômica mundial. A conjuntura econômica mundial deverá entrar em um processo de readequação a um novo cenário que já vem se formando há algum tempo. Este novo cenário abrange não apenas as questões econômicas mundiais como também uma nova realidade espiritual e mental na humanidade. Trata-se de uma limpeza generalizada que possa favorecer o funcionamento do TODO preparando um terreno mais harmonioso para as próximas gerações que por sua vez já nascem com uma visão mais livre e solidária do que as que lhe antecederam. Tudo isso, evidentemente, gera transtornos gigantes do tamanho das transformações que estão ocorrendo e que ainda irão ocorrer. Não podemos, porém, afirmar de que maneira todos estes eventos ocorrerão. Se de forma mais tranqüila e organizada ou mais caótica e traumática. Mas devemos ter sempre claro que as mudanças virão para de alguma forma viabilizar a humanidade de maneira melhor do que ela tenta se manter nos dia de hoje.
    A Lua regente do ano, influencia a água, o comércio, os artigos de primeira necessidade, o cotidiano e isso indica que poderemos ter surpresas surpreendentes envolvendo, desabastecimento de alimentos, e enchentes em determinadas regiões.  Isso também viria a precipitar desequilíbrios no delicado sistema de funcionamento global e acarretar em mais mudanças drásticas; desta vez obra exclusiva da natureza.   

2012 e o Brasil

    O Brasil se encontra em situação mais favorável e amena do que muitos países nesta nova ordem que está surgindo. Porém por mais confortável que possa ser a posição do Brasil, como disse anteriormente nenhuma nação está imune às conseqüências fortes que estas transformações irão acarretar. Esta situação mais favorável (em termos) se justifica por que no caso do Brasil as transformações estão fortalecendo um país que tem enorme potencial de produção, mas não conseguia se colocar no mesmo patamar daqueles que além da capacidade de produção ainda tinham o poder de decisão. O que estamos observando agora é que não apenas o Brasil conseguiu manter e aperfeiçoar sua capacidade de produção, como conseguiu também se inserir no grupo dos países estrategicamente importantes e influentes no atual cenário político-econômico mundial. Entre os trunfos do Brasil está a invejável capacidade de negociar e transitar com desenvoltura dentro dos mais diversos grupos de nações com diferentes aspectos ideológicos, culturais e religiosos ao redor do mundo. Esta característica típica do Brasil vai de encontro ao modelo das transformações que estamos observando há alguns anos e passaremos a observar cada vez mais em 2012.
Em contrapartida, temos o fato de que quanto mais uma nação aparece, mais esta nação vira alvo de atitudes desequilibradas por parte daqueles que não conseguirão lidar bem com todas as mudanças que se anunciam. Isso já foi notado nas declarações do atirador norueguês Anders Bhring Breivik, que matou 76 pessoas em um atentado à bomba em Oslo e em um tiroteio na ilha de Utoya em 2011. Segundo seu manifesto que foi publicado na internet e repercutiu na mídia mundial, ele afirmou que a miscigenação presente no Brasil favorece a corrupção, a desigualdade social e a criminalidade. Segundo Breivik, o melhor para um país é eliminar a presença do islamismo, possuir uma etnia homogênea, acesso a boa educação, conservadorismo e nacionalismo, além de uma política de livre mercado.
O dossiê ainda diz que a imigração massiva, a mistura racial e adoção por não europeus são uma ameaça a unidade dos cidadãos daquele continente. “Primeiramente, um país que tem culturas competitivas vai se dilacerar ou vai acabar como um país disfuncional, como o Brasil e outros países”. São essas mentes loucas que podem dificultar o processo de transformação inevitável que o mundo está vivenciando e passar a ameaçar países como o Brasil que lutam por uma civilização mais igualitária. 
 
ASTROLOGIA

O ano de 2012 é o (31o) ano do atual ciclo solar e terá por regente a Lua. A cada 28 dias ela, a Lua, completa uma volta de 360 graus em torno da Terra e passa por todos os 12 signos, influenciando assim os mesmos. Ela muda de fase a cada sete dias: Lua Crescente, Lua Cheia, Lua Minguante e Lua Nova. Esses movimentos da Lua influenciam as marés, os ventos, a vegetação, o plantio, a pesca, a saúde, o emocional, a beleza, os negócios, a menstruação (duração de 28 dias = 1 mês lunar), a gravidez (duração de 280 dias = 10 meses lunares) e o parto.
A Lua, regente de 2012, dá maior ênfase ás questões relacionadas com o povo, com as multidões; assim como aos assuntos de natureza pública. Cerca-nos de mistérios, imaginação e emoções, isto porque ela age na sensibilidade, comportamento, humor, na vida familiar e nas origens. Ela representa o aprendizado e crescimento no mundo material e na forma como conduzimos nossa vida. Toda essa agitação influenciará as viagens, as mudanças, os amores, os amigos, o cotidiano, a saúde, o setor doméstico e os líquidos em geral, especialmente a água. Favorece ou desfavorece o comércio e a pesca.
A Lua destaca-se, porque além de ser um astro belíssimo, espalha a luz que é refletida do Sol e representa o impulso e a ação. É um dos maiores símbolos femininos da Astrologia e representa a mulher. Rege a imaginação, a memória, a intuição, a perspicácia e a ação. Assim, ela exerce influencia sobre as pessoas, deixando-as mais perseverantes, sonhadoras, instáveis, sensíveis e emotivas. Não é à toa, que ela é cheia encantos e lendas e age sobre os namorados, cantores e poetas. Ela tem ligação como os sentidos, o entendimento e o desejo de cada indivíduo.
O lado positivo da Lua favorece o progresso, a imaginação, as boas idéias, a criatividade e o impulso natural. O lado negativo traz incompreensão, distanciamento, tristeza, oscilação de humor e reações psicológicas.
Em 2012 a Lua exercerá domínio sobre os signos regidos por ela: Câncer, para ele será um ano de preparação, otimismo e encorajamento. Capricórnio será um ano altamente benéfico para as relações interpessoais e para a busca concreta de seus sonhos materiais.

ASTRONOMIA

A Lua é um satélite natural, que gira em torno de nosso planeta, e o quinto em tamanho no sistema solar.
A cada 27 dias e 32 horas, a Lua percorre uma órbita elíptica ao redor da Terra, voltando á mesma posição no céu em relação ás estrelas fixas. Esse período chama-se mês sideral.
A Lua não tem luz própria. Ela é iluminada pelo Sol, que ilumina algumas partes desse satélite, conforme ele percorre seu trajeto orbital, deixando outras partes na penumbra. Isso é o que se chama de fases da Lua.
A força de gravidade da Lua é bem menor do que na Terra, os seres humanos que lá estivessem pesariam seis vezes menos. Na Lua, contudo, não existe oxigênio necessário á vida, nem tampouco atmosfera - o aglomerado de gases atraídos pela maioria dos corpos celestes. A ausência de atmosfera faz com que os raios solares atinjam diretamente a Lua durante o dia, tornando o calor insuportável, cerca de 100°C positivos. E á noite, a temperatura cai até 175°C negativos. Também devido a falta de atmosfera o som não se propaga, o que mantém a Lua permanentemente envolta num profundo silêncio. No ambiente lunar não há água, chuva ou vento.
A Lua está a uma distância de aproximadamente 384.000 km da Terra, o que pode ser considerado um número muito pequeno, em se tratando de corpos celestes que giram num universo gigantesco. Por isso, ela nos parece imensa no céu, embora sua superfície tenha apenas cerca de 37.960.000 km² - área inferior á metade do Oceano Atlântico.
Mesmo a olho nu é possível ver que a Lua é cheia de manchas claras e escuras. As manchas claras são crateras que refletem a luz do Sol, e as escuras são planícies baixas. Sem dúvida, o traço mais marcante da geografia lunar são as crateras, há mais de 200 mil, todas batizadas com nomes de cientistas famosos. A maior delas é a de Ptolomeu, com um diâmetro de 185 km. Outra particularidade do relevo lunar são as montanhas e picos muito altos, que chegam a alcançar 10.500 m de altitude. Na Lua não existe uma grande variação de cores. Lá tudo é cinza, marrom ou preto.

MITOLOGIA

Selene, Deusa grega que representava todas as fases da Lua, cujo nome deriva do grego selas, significando luz, claridade. Tida como filha dos titãs Hiperion e Téia e, portanto, irmã de Hélio, o sol, e de Eos, a aurora. Conta uma das lendas que os demais Titãs, movidos pela fúria da inveja, lançaram o belo e feliz Hélio, o Sol, às água do Erídano. A bela Selene, a Lua, ao tomar conhecimento do trágico destino do irmão, suicidou-se. Diante de tanto sofrimento, Téia não acreditava que o filho estivesse morto e pôs-se a procurá-lo, noites e dias seguidos, nas águas negras do Erídano, até que adormeceu fatigada e, em sonho, o Sol apareceu-lhe e pediu-lhe que não chorasse mais, pois agora ele vivia no Olimpo, ao lado de Lua, junto dos imortais. Ao acordar, ela olhou para o alto e viu seus filhos lá, iluminando tanto o sofrimento como a alegria dos mortais. Assim, todo dia, o Sol acompanha o dia, a Lua acompanha a noite, e sua irmã Eos, a Aurora, vem antes do Sol, anunciá-lo.
Outra lenda fala de suas viagens através do céu em uma carruagem puxada por bois ou cavalos. Também que teve uma filha com Zeus, Pandeia, e quatro filhas com seu irmão Hélio, as Horas, que representam as quatro estações do ano. Mas um dos seus mitos mais conhecidos foi o do seu envolvimento com um simples mortal, mas belo pastor, Edimion, com quem teve cinqüenta filhos. A deusa da lua se apaixonou por este mortal, mas como ele era humano, era também suscetível ao envelhecimento e à morte. Para solucionar este problema pediu a Zeus que o tornasse imortal e eternamente jovem, e ele o fez, mas sob a condição de dormir eternamente. Desta maneira, ele viveria sempre, dormindo com a mesma aparente idade e todas as noites ela o visitava para se unir com ele.
Embora entre os gregos não houvesse um culto desenvolvido da lua, indícios de tal culto foram encontrados no Peloponeso após o período clássico. Ela não permanecia no Olimpo como os demais deuses e sim no céu onde fazia sua jornada, mas antes de começá-la se banhava no mar. Nas crendices populares desempenhava um papel considerável em relação ao nascimento e falecimento, crescimento e fertilidade, rivalizando inclusive com Artemis. Era identificada pelos romanos como Diana e em sua forma primitiva ela era adorada como uma vaca com os Chifres da Consagração, em forma de lua crescente. Também era conhecida como tendo grande importância na magia, muito associada à Artemis ou Hécate, sendo também conhecida pelo nome de Lua ou Luna e tradicionalmente celebrada no dia 7 de fevereiro.

CARACTERÍSTICAS DA LUA

Afinidade: fantasia, comoção, afeto, poder mental, família e princípio.
Natureza: feminina, fecunda, criativa e emotiva.
Metal: prata
Pedras preciosas: pérola e quartzo branco
Cores: prata, branco, cinza e azul claro.
Animais: gato, lebre e todos os domésticos.
Perfumes: florais
Flores: lírio e copo-de-leite
Frutas: melancia, melão, pepino e todas as suculentas.
Dia da semana: Segunda-feira (Moon Day)
Partes do corpo: estômago, cerebelo, aparelho reprodutor feminino e seios.
Signo de domicílio: Câncer
Signo de exílio: Capricórnio
Signo de exaltação: Touro
Signo de queda: Escorpião
Elemento da natureza: água
Número: 2
Palavra-chave: COMPREENSÃO

 

Saiba mais sobre o livro aqui: http://migre.me/740oj

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário