1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Peles morenas e negras: Cuidados especiais para o tratamento facial

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Peeling de cristal, limpeza diária com sabonete mousse, hidratação e nutrição com serum facial são alguns procedimentos indicados

Imagem: Reprodução

Até pouco tempo atrás, pouco se falava dos fatores que prejudicam a pele negra. Isso porque sempre acreditou-se que esse tipo de pele era resistente e, por isso, estaria imune a problemas que acometem peles mais claras. Também não se dava muita importância aos cuidados com o envelhecimento, visto que as negras sempre foram consideradas privilegiadas nesse quesito. A cútis morena e negra, embora mais resistente ao envelhecimento e às rugas, apresenta grande tendência ao surgimento de hiperpigmentações ou manchas e, por isso, pede cuidados especiais.

Segundo Joyce Rodrigues, farmacêutica bioquímica e cosmetóloga, diretora científica e responsável por Pesquisa e Desenvolvimento das conceituadas marcas, ainda são raras as publicações que abordam cientificamente as manifestações da pele negra. “Em 1975, o médico norte-americano Thomas Fitzpatrick definiu cada fototipo (classificação por sensibilidade aos raios ultravioleta) em um esquema que mostra que as peles morenas raramente queimam e bronzeiam profundamente. Já a pele negra nunca queima e tem pigmentação profunda”, descreve. Hoje, sabe-se também que pessoas de pele negra raramente desenvolvem câncer de pele, graças à pigmentação que a protege.
 
A resistência da pele morena e negra ao envelhecimento cronológico deve-se à atividade rápida e contínua dos fibroblastos, responsáveis pela produção de colágeno. “Esse efeito dá integridade à cútis por mais tempo. Em contrapartida, manchas na pele são comuns na pele negra, além da evidência de suor e oleosidade excessivos, que levam ao surgimento de acne, comedões e manchas pós-inflamatórias.
Realmente, as manchas são uma das queixas mais comuns entre os negros e tal hiperpigmentação pós-inflamatória incomoda”, explica a cosmetóloga.

Ela esclarece, ainda, sobre a importância do uso de filtro solar, como em qualquer outro tipo de pele: “Mesmo apresentando pigmentação profunda e, por isso, maior resistência às agressões externas e dos raios ultravioleta, a mulher morena e negra deve usar filtro solar, para garantir ainda mais proteção, inclusive prevenindo danos ao DNA das células e ao surgimento de outros incômodos”.

Tratamentos específicos

Além da imprescindível proteção solar diária, pele morena e negra exige produtos de limpeza facial e de cremes esfoliantes, hidratantes, nutritivos e anti-age. “Tratamentos como peelings exigem acompanhamento rigoroso de profissionais habilitados em estética, com conhecimentos específicos sobre a pele a ser tratada. No caso de manchas, produtos inadequados podem escurecê-las ainda mais”, exemplifica.


 

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário