1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Planejando o Ano Novo: Quatro passos rumo à mudança

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Por Dr. Paulo Valzacchi*

No começo de todo ano realizo um curso ou uma palestra sobre como criar um ano melhor, um ano onde, no final, realmente possamos erguer a taça de champanhe e dizer: "Valeu a pena!!"

Quando estamos comemorando o ano novo enchemos de expectativas o ano que se inicia; na telinha da televisão a contagem regressiva parece que anuncia o término de um ciclo e o começo de outro;

Na contagem, cada número é a esperança de que alguma coisa de ruim vá embora e de que coisas boas possam chegar até nós; então começamos: 8, sai depressão; 7, chega de medos; 6, adeus ressentimentos; 5, nunca mais ansiedade; 4, chega de esperar; 3, vem prosperidade; 2, sai indecisão; 1, me livro de tudo de mal; e, ao fim, brindamos abundantemente, com aquele copo de plástico que, realmente, revela o ano que se foi e o nosso próximo ano, pois no dia seguinte, além de vir a ressaca, vem tudo aquilo que gostaríamos de ter deixado para trás. E, ainda pior, percebemos que nada mudou, tudo está do mesmo jeito.

Mas se você tem um pouco de força de vontade, até consegue mudar alguma coisa, assim como um paciente que depois de ir ao médico diz a si mesmo que a partir de janeiro estaria fazendo caminhadas. Isso não durou um mês; veio o desânimo e acabou tudo; faltou disciplina e motivação. Certamente a disciplina e a motivação vieram depois de alguns anos. Ele sofreu um infarto e não preciso dizer mais nada: foi obrigado a mudar seu ritmo de vida e empreender alguns hábitos mais saudáveis.

Há gente que demora um pouco mais para mudar a sua vida e as coisas começam a se complicar, então, vêm os sinais, principalmente as doenças, e é justamente neste momento que temos de mudar as coisas à força; não temos outras opções. Isto é algo corriqueiro, que vejo no meu dia-a-dia.

Não espere por isso tudo acontecer. Vamos agir agora! Aqui vão alguns conselhos importantes para você começar um ano melhor, sem o kit prosperidade do trevo de quatro pétalas, as sementes de romã, sem precisar saltar as ondas e nem mais para frente comer o nhoque da sorte; porque, afinal, tudo isso pode ajudar a impulsionar a sua fé na vida, nos seus acertos, mas de uma vez por todas, lembre-se que o mais importante é tomar uma atitude em sua vida.

Então, vamos lá:

Primeiro: Dê espaço para entrar o novo em sua vida. Sabe aqueles aparelhos quebrados que estão na sua casa, que você diz que um dia vai consertar ou aquelas roupas que você teima em dizer que vai usar, aquele vestido que já nem cabe mais em você, os livros que estão na estante e só pegam poeira pois você jura que um dia vai ler? Bem, tudo isso precisa sair; elimine, doe, troque ou jogue fora; neste começo de ano comece por limpar sua vida material e a eliminar, aos poucos, o apego e isso começa inicialmente de fora para dentro. Isso mesmo!

Segundo: Planeje o que vai fazer esse ano. Detalhe os passos para você atingir seus objetivos, prepare metas e siga em frente; assim, quando começar a contagem regressiva no final de ano, realmente você terá o que comemorar. Vai acabar definitivamente com aquele "entra ano, sai ano e nada!" Planejar é fácil. Precisa-se apenas um detalhe: saber o que se quer da vida!
Depois, é com você, coloque a responsabilidade de suas decisões em suas mãos.

Terceiro: Resolva todos os problemas que foram adiados. Faça uma lista e comece aos poucos, um a um. Podem ser problemas de origem material, mas faça também a resolução dos problemas emocionais, como pedir perdão a alguém, consertar uma situação que ficou no ar, coisas desse gênero, pois muitas vezes são essas situações que estão empacando a sua vida.

Quarto: A mudança externa é imprescindível, mas é necessária a mudança interna agora. Então, temos três dicas; a primeira é realizar exercícios de respiração e relaxamento; são importantíssimos. A segunda é fazer o uso das mentalizações positivas; eis uma poderosa ferramenta de auxílio para você mudar o seu padrão mental. E a terceira é investir em você: buscar ter mais conhecimento sobre a vida, despertando a fé e a sabedoria através de um bom livro, um artigo, um CD, conhecer pessoas novas ou grupos novos.

Bem, os ingredientes estão em suas mãos. Basta colocá-los em prática. Agora é com você e como dizem, existem duas maneiras da vida melhorar: a primeira é por entender que você tem várias potencialidades que precisa despertar; que você tem um lugar para chegar e que se não souber aonde chegar, aí as coisas se tornarão difíceis; aja através da consciência de que existe algo melhor e de que chegou a sua hora.

A segunda é mais dolorosa: é pela dor e aí o Universo vai impor condições mais difíceis para você definitivamente enxergar que é tempo de mudar.

Agora, a escolha é inteiramente sua, você pode dar uma guinada em sua vida. O que posso desejar a você é sucesso em sua jornada, e um ótimo ano novo.

(*) Dr. Paulo Valzacchi é biomédico, professor, escritor, psicanalista, especialista em saúde emocional, possui uma ampla rede de ferramentas essenciais para o crescimento pessoal * paulo@cebinet.com.br

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • #1 Jorge
    16/03/2011 10:18

    Foi um prazer ler seu artigo...vc tem razão.

Deixe seu comentário