1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Reflexão de Natal: Família, berço sagrado

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Por Monsenhor Jonas Abib*

Jesus, Maria e José precisam ser entronizados em nossa casa para que nós e nossa família sirvamos ao Senhor. Que Jesus, Maria e José sejam nossos donos, os senhores da nossa casa!

Nossa Senhora veio ao mundo com a missão exclusiva de ser mãe do Filho de Deus. O Pai quis que Seu Filho se fizesse homem e tivesse uma mãe biológica; Maria foi a escolhida. Desde o início ela foi escolhida em vista do Filho. Sendo Sua mãe, ela também se pôs a Seu serviço. Ela também poderia dizer: “É preciso que Ele cresça e que eu diminua”.

No alto da cruz, Jesus nos deu Maria como mãe. Lá Ele a proclamou e a entregou em definitivo como nossa mãe, pelo preço do Seu Sangue. Mas desde toda a eternidade, desde quando o Pai concebeu Seu plano, Ele já trazia no coração que a Virgem Maria seria mãe do Seu Filho e mãe de todos nós, para que Jesus fosse o primogênito de uma multidão de irmãos.

São José também foi escolhido por Deus para ser o pai adotivo de Jesus, por obra do Espírito Santo. José investiu toda a sua vida em Maria e em Jesus, vivendo somente para os dois. Esse foi o seu ato de fé. Uma fé concreta, que atingiu a vida. Nós podemos imaginar todo o carinho que José tinha por Maria e que Maria tinha por José. Ele abriu mão de ser pai biológico para investir toda a sua vida, unicamente, nela e em Jesus.

Certamente ele esperava viver uma vida normal com Maria. Ser esposo dela e ter filhos, como todo judeu. Para os judeus, ter filhos era muito importante. José abriu mão de tudo isso. Ele aceitou não ser pai de ninguém para ser o esposo de Maria e pai adotivo de Jesus. Que beleza ele viveu!

Olhando para São José, vemos como é linda a nossa vocação de homens. Deus confiou no homem e lhe entregou uma mulher, do mesmo modo que entregou Maria a José. Deus, que é Pai, deu ao homem a missão de ser pai. Confiou-lhe filhos para criar. São filhos de Deus, mas foram entregues ao homem para serem cuidados. Que os maridos amem suas esposas e se entreguem por elas; e, como o modelo de Maria e José, honrem o dom e a bênção que Deus lhes deu pelo sacramento do matrimônio.

Para que você e sua casa sirvam ao Senhor é preciso que Jesus seja o Rei, o Senhor da sua casa. Eu convido você para fazer a entronização da Sagrada Família em seu lar. Tome uma imagem ou um quadro, a fim de que Jesus, Maria e José permaneçam onde você mora. Que eles sejam os donos da sua casa e assim você possa dizer: “Jesus, Maria e José, minha família vossa é”. Feliz Natal e um próspero Ano Novo!

(*)Monsenhor Jonas Abib é fundador da Comunidade Canção Nova, que recebeu o Reconhecimento Pontifício e foi elevada à condição de Associação Internacional de Fiéis.
 

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário