1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Prática de Yoga: Dicas para melhorar a flexibilidade

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Melhorar a flexibilidade pode ser de grande ajuda para o praticante de Yoga que deseja encontrar o equilíbrio e harmonia em sua prática. Algumas técnicas podem ser utilizadas para auxiliar na melhora da flexibilidade, lembrando que ela vem com a suavidade e não com a força:

1 - Aqueça as principais articulações: faça movimentos regulares com todas as principais articulações. São técnicas simples e que tem influência sutil na livre circulação de energia pelo corpo. Outra boa opção é o Kum Nye (Yoga Tibetana) que consiste num sistema suave de cura que ajuda o praticante a soltar as articulações.

2 - Persistência: não se desencoraje ao não conseguir realizar uma asana nas primeiras vezes, pois muitas delas necessitam longa prática para serem dominadas. Persista com esforço e suavidade nas asanas que encontra dificuldade e gradualmente encontrará melhoras.

3 - Permanência mínima de 3 minutos: recentes estudos de anatomia mostram melhor eficácia no ganho de flexibilidade se for observado esse tempo mínimo de alongamento das fibras musculares.

4 - Foco na respiração: quando expiramos, o nosso corpo tende a relaxar. Nesse momento, podemos ganhar um pouco mais de alcance no movimento. Quanto maior o relaxamento, maior a flexibilidade.

5 - Mude a rotina: a falta de flexibilidade pode estar ligada à falta de estímulo de certos músculos e articulações. Busque continuamente estimular áreas que não ganham grande atenção em seu dia. Se for o caso, substitua as asanas mais fáceis por outras similares que lhe exija um pouco mais de esforço.

6 - Alongamento: alongue-se ao esperar o elevador, no trânsito, nos intervalos do trabalho, assistindo TV, etc. Em situações do dia-a-dia geralmente o nosso corpo fica tenso e é importante aproveitar essas oportunidades para pequenos alongamentos indo além das aulas de yoga.

7 - Relaxe a mente: muitas de nossas tensões físicas vêm de tensões mentais.  A Yoga ajuda a pessoa a se conhecer e trabalhar melhor com seus bloqueios emocionais. Especialmente técnicas de relaxamento, meditação e yoga nidra dão ênfase no relaxamento mental que influencia diretamente o corpo físico.

8 - Aprecie o momento: considere o estágio de flexibilidade que já tem no momento como um verdadeiro presente. Saiba que Yoga não consiste apenas de flexibilidade, mas principalmente da atenção interna do praticante. Aprecie o estágio em que está, atento às movimentações sutis que ocorrem no organismo, e ganhará, além da flexibilidade, todos os benefícios de uma prática saudável

Fonte: Portal Yoga Brasil - www.yogabrasil.org

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário