1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Pernas no inverno: Meias previnem problema vascular

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

No inverno, por conta do frio, as pessoas tendem a se exercitar menos e a consumir alimentos mais calóricos. Esses fatores podem contribuir com o surgimento de algumas complicações vasculares, como problemas circulatórios periféricos, além de varizes e vasinhos nas pernas.

As varizes são veias que se tornam doentes, ficam tortuosas, alongadas e dilatadas, dificultando a circulação sanguínea. Outros fatores, como sedentarismo, alterações hormonais, hereditariedade, obesidade, cigarro, uso diário do salto alto, entre outros, podem aumentar a incidência do problema.

 “O uso de meias em geral se torna mais comum no inverno e melhor ainda quando, além de aquecerem, elas também podem auxiliar na saúde das pernas. As meias de compressão suave ajudam na prevenção e no tratamento das varizes tanto em mulheres como nos homens e podem ser usadas por todos aqueles que sentem algum sintoma de problemas circulatórios desde os mais simples, como inchaço, até mais graves”, explica a gerente de relações públicas e porta-voz da Hanesbrands, Márcia Castelo Branco.

Segundo a executiva, apesar das vendas de meias de compressão elástica aumentarem nesta estação do ano, o uso é recomendado para o alívio dos sintomas das doenças vasculares durante todo o ano e é essencial para quem sofre de doenças venosas.

De acordo com levantamento da Organização Mundial de Saúde (OMS), as varizes atingem 20% da população adulta e a doença arterial obstrutiva periférica (problemas circulatórios em extremidades do corpo) acomete 20% dos idosos, limitando a qualidade de vida para quem não controla os fatores de risco.
 

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário