1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Pele descascada: como se livrar desse problema: Especialista ensina como melhorar o bronzeado

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Durante o Verão, com muitos dias na praia, é comum a pessoa se descuidar, esquecer do protetor e ficar exposta em demasia aos raios solares. Resultado: pele descascada e bronzeado horrível.


"Quando chega neste estágio é porque a pele foi muito agredida, gerou uma queimadura e está se refazendo", explica Dr. Cesar Cuono*, médico dermatologista de São Paulo.


A pele descascada precisa de atenção especial, pois há exposição mais profunda e ela fica sujeita à novas queimaduras ou até infecções.


Se a lesão é intensa, podem aparecer bolhas de água, provocadas por queimadura direta do Sol, como se fosse com água quente. Porém, o suor por baixo da pele descascada também forma bolhas, mesmo quando há pouca exposição.


Para evitar o problema, a dica é usar protetores fortes e diminuir a exposição ao sol. Dependendo do grau da bolha, é imprescindível a análise de um médico para identificar o tratamento. "Se possível, não estoure. Caso isso aconteça, lave bem a região com água e aplique pomadas cicatrizantes", explica.


No processo de descascamento, a pele coça bastante. Para evitar isso, é necessário hidratar. "Ás vezes, é recomendado o uso de uma loção ou creme com cortisona".


Dr. Cesar ressalta que neste período não se deve tomar sol, pois aumenta a agressão e pode provocar o início de câncer de pele, ou, no mínimo, manchas.


E nem pensar em puxar a pele que está se soltando. "Se existe uma casca ou pele que está aderida, é porque ainda não houve a cicatrização embaixo dela. Aguarde que a mesma saia sozinha. O que pode ajudar é passar cremes hidratantes ou óleo de amêndoas, por exemplo", conclui Cesar Cuono.


* Dr. Cesar Cuono é dermatologista formado pela USP - Universidade de São Paulo - com 27 anos de experiência na área.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário