1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Mitos e verdades sobre a cirurgia plástica: Dicas e respostas do cirurgião Múcio Leão às suas dúvidas

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Nos dias de hoje, muito se fala sobre cirurgia plástica: seus benefícios, riscos, resultados etc. O que não faltam são informações distorcidas, provenientes das mais distintas fontes.

Para contribuir com a propagação de informações corretas e orientar as pessoas que desejam fazer uma cirurgia plástica, o cirurgião plástico Múcio Leão Pessoa de Castro, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, fala sobre os mitos e verdades da cirurgia plástica.


Vamos a alguns questionamentos:

O laser é a resposta definitiva para o tratamento de rugas?

Não, ele é um excelente complemento para a cirurgia plástica, ou como a denominamos: ritidoplastia (eliminação das rugas).
O laser de CO² fracionado é o mais novo tratamento para melhorar a qualidade da pele, revitalizá-la, de modo a eliminar algumas rugas finas, marcas de acne e flacidez, mas não substitui a cirurgia.
A grande vantagem do laser é que ele é um procedimento ambulatorial, ou seja, pode ser feito no consultório. A recuperação é rápida e os resultados são excelentes para o rejuvenescimento da pele.

As próteses de silicone podem estourar?

Isso é muito raro de acontecer. Atualmente, temos poucos casos descritos, como por exemplo, pacientes que sofreram um trauma local muito intenso, como em um acidente automobilístico com impacto direto na região mamária. A tecnologia evoluiu muito e hoje os silicones são extremamente resistentes.

Silicone no seio pode levar ao câncer de mama?

Não há nenhum caso nos mais de 30 anos que são utilizadas.

É verdade que o silicone no seio pode atrapalhar a amamentação?

Não. A colocação das próteses não interfere em nada na amamentação.

A lipoaspiração é uma cirurgia mais perigosa que as outras plásticas?

Não. Desde que bem preparada, ou seja, desde que sejam feitos todos os exames de avaliação pré-operatória e desde que a cirurgia seja realizada em uma clínica ou hospital bem equipado para esse tipo de intervenção, a lipoaspiração é bastante segura e com baixo índice de complicações. Mas é importante frisar que se trata de uma grande cirurgia e que não existem procedimentos cirúrgicos com risco zero de complicações.

A lipoaspiração com anestesia local é mais segura?

Sim da mesma forma dos outros tipos de anestesia. Todas são bastante seguras e os mecanismos de monitoramento do paciente evoluíram muito. O procedimento anestésico está mais seguro, mas deve sempre ser realizado pelo médico anestesista.

A plástica no nariz pode causar problemas de respiração?

A Rinoplastia, como a chamamos, não causa problemas respiratórios, quando bem indicada e realizada.

É verdade que as próteses precisam ser trocadas a cada dez anos?

Não. As pacientes devem ser avaliadas e se não apresentarem nenhuma alteração em suas próteses, não há motivos para trocá-la.

A drenagem linfática ajuda na diminuição do inchaço no pós-operatório?

Ajuda, desde que feita por profissionais treinados para este fim.

É verdade que adultos não podem passar pela cirurgia otoplástica (orelha de abano)?

Não. A otoplastia pode ser feita em qualquer idade, mas o mais comum é na infância.

A cirurgia plástica nunca deixa cicatriz?

A cirurgia sempre deixa cicatriz, pois o tecido humano não tem a capacidade de regenerar e sim cicatrizar. Uma boa cicatrização depende de três fatores:
• O cuidado do cirurgião durante o ato cirúrgico com os tecidos e ao suturar (fechar) a ferida cirúrgica;
• O cuidado do paciente com a ferida cirúrgica no pós-operatório;
• E, finalmente, a ausência de patologias ou alterações de cicatrização do paciente.

É verdade que não deve ser usado ácido-acetil-salicílico (aspirina),
antiinflamatórios, anticoagulantes, drogas e bebidas alcoólicas antes de se realizar uma cirurgia plástica?

Sim. A aspirina aumenta o sangramento intra-operatório, assim como os anticoagulantes, exceto alguns tipos especiais que são administrados aos pacientes com tendência ao tromboembolismo. Vale ressaltar que as drogas podem interagir com os medicamentos que são administrados durante e após a cirurgia, e tirar o efeitos dos mesmos.

O silicone usado nas próteses é prejudicial à saúde?

Não. Atualmente, o tipo de silicone utilizado nas próteses é chamado coesivo, ou seja, mesmo quando o invólucro se rompe, o silicone não migra do lugar onde foi colocado.

A única reação que pode ocorrer – geralmente em um número pequeno de pacientes – é uma reação tipo cicatricial intensa envolvendo a prótese (chamada de contratura capsular). Essa reação pode requerer alguma intervenção e até mesmo a retirada da mesma quando é muito intensa, reagindo como uma cicatriz queloideana, só que sobre a prótese.


O tabagismo atrapalha a cicatrização e deve ser suspenso por no mínimo 15 dias antes de realizar uma cirurgia plástica?

Sim, pois ele diminui a oxigenação dos tecidos, além de provocar patologias respiratórias que podem comprometer o estado geral do paciente.

Os exames pré-operatórios são importantes antes da cirurgia?

Fundamentais, indispensáveis. Não se deve realizar nenhum procedimento cirúrgico sem checar a saúde geral do paciente e os fatores clínicos que podem aumentar o risco cirúrgico desse paciente.

A cirurgia de face (lifting facial) tem idade limite para ser feita?

Não. Mas uma cirurgia realizada em uma idade muito avançada deixa o conjunto (face/corpo) discrepantes, levando a um resultado que deixa a desejar esteticamente.

São necessárias realização de fotos antes da cirurgia?

As fotos de pré-operatório são também imprescindíveis. Nós não temos memória fotográfica e elas são muito importantes para a avaliação do resultado pós-operatório em relação às condições pré-operatórias.

A lipoaspiração faz a paciente engordar depois?

Não há nenhuma relação entre a lipoaspiração e o ganho de peso pós-operatório, pelo contrário, o paciente possui menos células gordurosas e deveria ter mais facilidade de manter o peso, isso se manter uma dieta balanceada.

Deve-se aguardar no mínimo seis meses para obter o resultado de uma cirurgia plástica?

O processo total de cicatrização ocorre durante um ano, e pequenas mudanças podem ocorrer neste período. Mas, na maioria dos pacientes, seis meses são suficientes para se avaliar o resultado final do procedimento.

As cirurgias plásticas são dolorosas?

Dor é um fator muito individual e cada paciente reage de uma maneira diferente, mas, na maioria dos casos, as dores são pouco intensas e de curta duração.

É comum a paciente ter uma leve depressão nos primeiros dois a três dias após uma cirurgia plástica?

Este tipo de depressão é comum em qualquer procedimento cirúrgico, mas, felizmente é autolimitado.

Não pode tomar sol em cima das equimoses (roxos)?

Há uma tendência de formar manchas escuras (hipercrômicas) quando o paciente se expõe ao sol, principalmente se não faz uso de protetor solar.

Alergia a algum medicamento contra-indicia uma cirurgia plástica?

Não contra-indicia, mas deve-se ter cuidado para não usá-lo durante ou após o ato cirúrgico.

A rinite alérgica melhora após a cirurgia de nariz?

Não há relação, podendo, no curto prazo, pelo processo inflamatório que compõe toda cicatrização, até piorar os sintomas.

Nas mamoplastias de aumento o uso de cremes hidratantes pode prevenir o aparecimento de estrias?

É uma tentativa. Mas, nem sempre é bem sucedida devido ao estiramento brusco da pele, que não resiste e forma as estrias.

O excesso de peso prejudica os resultados de uma cirurgia plástica?

Sim. A paciente só deve se submeter a uma cirurgia plástica estética, quando estiver dentro ou, no mínimo, perto do seu peso ideal.

A lipoaspiração pode ser realizada apenas por cirurgiões plásticos?

Este é o consenso publicado em 2008 pelo Conselho Federal de Medicina.

O uso de drenos na cirurgia plástica atrapalha a cicatrização?

Não interfere na cicatrização se utilizado o tipo certo e pelo tempo estritamente necessário.

Deve-se ficar alguns dias sem tomar banho após uma cirurgia plástica?

De 24 a 48 horas é o que prescrevemos aos nossos pacientes, para evitar a contaminação da ferida cirúrgica, que ainda se encontra permeável aos contaminantes externos.

Os orientais e os negros têm maior tendência a ter problema na cicatrização?

Menos do que se supõe popularmente. Entretanto, a raça negra apresenta uma tendência discretamente maior que a raça branca. Mas, em nosso país, o índice de miscigenação é muito alto e fica até difícil esta definição entre a população em geral.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário