1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes


Dicas para os olhos: Evite as olheiras e remoce

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

AS NOVIDADES DE PARIS PARA O TRATAMENTO DA REGIÃO DOS OLHOS


Olhares tristes, encovados, ou olheiras, rugas, flacidez ou marcas de expressão são perfeitamente tratados com equipamentos de última geração ou na combinação de cremes que já fazem sucesso na Europa e Estados Unidos.

Durante o congresso que reuniu os melhores especialistas em rejuvenescimento cutâneo, novos suplementos e tratamentos foram desenvolvidos para melhorar a pele ao redor dos olhos. A pele da pálpebra é a mais fina e frágil do organismo, medindo cerca de 4 mm. Por conta desse dado anatômico, fica fácil de entender o porquê de ser a região que mais envelhece com o passar do tempo, e a que também apresenta os primeiros sinais da idade.

Presente ao evento, em Paris, o médico cosmiatra e membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética, Dr. Jardis Volpe, que trata das artistas e celebridades, como Karina Bacchi, Ticiane Pinheiro, Angelita Feijó, Solange Frazão, entre outras, explica que a região dos olhos sofre muito com a desidratação e a fragilidade dos capilares, isto é, pequenos vasos que irrigam a região dos olhos. "Os problemas estéticos dessa região são inúmeros, como o aparecimento de bolsas, flacidez, olheiras e rugas finas. Um problema leva a outro, iniciando uma cascata de envelhecimento no local. Além disso, a área dos olhos revela muito dos nossos hábitos, piorando em noites mal dormidas, pessoas que ingerem bebidas alcoólicas com frequência ou quem têm o hábito de fumar", explica o médico.

Seguem abaixo os avanços em tratamentos apontados pelo Dr. Jardis Volpe

* Há uma nova suplementação vitamínica para a região dos olhos, que já está sendo lançada em todo o mundo, e também chegará em breve ao Brasil, é OENOBIOL Regard - do francês, Olhar. A formulação é à base de extratos de mirtilo e uvas, para melhorar a tonicidade capilar dessa região, melhorando assim bolsas e olheiras. Enquanto não o temos no Brasil, Dr. Jardis prescreve a manipulação de uma fórmula com os mesmos extratos.

* Para quem sofre de rugas bem marcadas na pálpebra inferior (embaixo dos olhos), uma recomendação: a toxina botulínica, empregada com sucesso para os pés-de-galinha, não pode ser injetada nessa porção da pálpebra, com risco de aumentar a bolsa embaixo dos olhos. A novidade é um novo laser, chamado PEARL fracionado, equipamento americano da empresa Cutera, que já está disponível e trata com excelência essas rugas. Feito em duas a três sessões, gera uma descamação leve a moderada por quatro dias, surgindo uma pele nova por baixo.
* Para quem tem problema de olheiras, atenção: você pode estar sofrendo do mal do Olho Encovado, ou seja, ter os olhos fundos que revelam um pouco dos contornos das órbitas, osso que circunda os olhos. Com isso, a olheira tende a aumentar e parecer dez vezes pior, pela sombra que se projeta por conta dos olhos fundos. O Dr. Jardis afirma que preenchimento à base de ácido hialurônico de baixo peso molecular pode dar contorno para o olhar, tirando aquela linha que desce do olho até a bochecha (canal da lágrima) ou tirando o olho encovado, eliminando o olhar triste.

* Para quem sofre de bolsas embaixo dos olhos, mas tem medo da cirurgia, pode contar com um recurso não invasivo chamado Accent XL - equipamento de radiofrequência que gera aquecimento no local, drenando edemas e melhorando o contorno da gordura, com isso a bolsa tende a diminuir. São sugeridas entre seis e dez sessões, com intervalos de 15 dias entre elas.
* È possível também combinar tratamentos. Existe ainda um equipamento de fototerapia, o Tight Skin, que emite uma luz infravermelha continua na região dos olhos, melhorando a respiração das células e a produção de colágeno, contribuindo para as rugas e olheiras da região.

* Os cremes ajudam muito e devem ser específicos para essa região. Dr. Jardis orienta a manipulação de ativos como retinol, mioxinol, gingko biloba e nodema. Ele destaca o uso de um ativo, o Micropatch Serine, excelente hidratante de liberação prolongada que confere hidratação ao longo de todo o dia. Segundo o médico, manter essa região hidratada evita a progressão desses problemas estéticos. São produtos que devem ser manipulados sob orientação médica.

"Quem não compreende um olhar, tampouco compreenderá uma longa explicação."
Mário Quintana

Dr. Jardis Volpe
Médico Cosmiatra - Dermatologia
Médico formado pela Universidade de São Paulo (USP). Estágio em Dermatologia no Hospital das Clínicas de SP; Pós-graduação em Medicina Estética pela Sociedade Brasileira de Medicina Estética (SBME-São Paulo); Pós-graduação em Dermatologia Cosmética e Cosmiatria pela Sociedade Argentina de Cosmiatria; Curso Internacional de Envelhecimento Cutâneo; Membro da União Internacional de Medicina Estética (U.I.M.E.); Membro da Sociedade Francesa de Mesoterapia - Paris.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias



Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário