Ir para o site

Ir direto para o conteúdo

Blog Bem Zen

Seu Carnaval precisa de energia.

O Carnaval é sinônimo de dias de muita alegria, diversão, bebidas alcoólicas, má alimentação e poucas horas de sono.

Essa mistura de maus hábitos pode causar problemas de saúde e uma dificuldade aumentada de voltar a rotina de trabalho na quarta-feira de cinzas.
Isso acontece porque em situações de grande estresse físico, o sistema imunológico fica debilitado, o que pode favorecer o surgimento de infecções e doenças.

Além disso, o excesso de bebida alcoólica é responsável por diversas alterações no organismo.

Para aproveitar bem o carnaval, e manter o pique para todo o período da festa, fique atento nas dicas da Nutricionista Dra. Natália Colombo, da NCNUTRE Nutrição Funcional Individualizada:

Os alimentos gordurosos (carnes vermelhas, frituras, queijos, embutidos…) e as frituras devem ser evitados. Eles têm uma digestão mais difícil e demorada, podendo causar moleza, que é a última coisa que você vai querer para o carnaval!

As bebidas alcoólicas devem ser consumidas com moderação, por serem responsáveis por diversas alterações no organismo, e também por todos os outros efeitos colaterais como, mudança de comportamento, boca seca, fadiga, dor de cabeça.

A mulher demora mais do que o homem para processar o álcool no organismo, portanto fique atenta para não abusar e passar da conta!

Uma dica é intercalar a bebida alcoólica com água, para retardar o efeito do álcool.

Para aproveitar bem o carnaval, a hidratação é um fator importantíssimo. Consuma de 2 a 3 litros de líquidos por dia como: suco natural, água e água de coco, antes, durante e após o carnaval.

Quando ingerimos bebidas alcoólicas a produção de urina aumenta, levando o corpo à desidratação. Também há alguns componentes presentes nas bebidas alcoólicas que podem causar dor estômago e/ou intestinais

Nesse período, dê preferência para alimentos leves, com pouca gordura, para que o estômago não pese, e também para não correr o risco de ganhar uns quilinhos extras. Consuma saladas, verduras, carnes magras como peixes, frango sem pele, carnes sem gordura e frutas.

Antes de sair para a festa realize uma refeição rica em carboidratos (pão, arroz, macarrão, mandioca, batata) para ter mais energia.

Durante a folia, evite ficar mais de 3 horas sem se alimentar. Esses “lanchinhos” são importantes para manter o pique e retardar o efeito das bebidas alcoólicas. Os lanchinhos podem ser barrinhas de cereais ou frutas (até mesmo as desidratadas).

Se você abusou da bebida e no dia seguinte sentir mal-estar, náuseas, vômitos e dor de cabeça prepare um soro caseiro para ajudar na hidratação e na recuperação da energia. O ideal é consumir de 500ml a 1 litro por dia.

Se os sintomas não melhorarem, procure um médico.

Receita de Soro Caseiro:

1 copo de água filtrada ou fervida;
1 colher de chá de sal;
3 colheres de chá de açúcar.

Sugestão de cardápio para o dia pós-folia:

Café da Manhã:

300ml de suco de abacaxi batido com 1 folha de couve, hortelã e gelo
1 a 2 fatias de Pão Integral com grãos com azeite de oliva extravirgem, orégano e queijo branco.

Lanche da Manhã:

1 fatia média de melancia ou melão
200ml de água de coco

Almoço:

Salada de Folhas Verdes (alface, rúcula, agrião)
Couve ou espinafre refogada
Arroz integral com legumes
Filé de frango ou peixe grelhado
Sobremesa: 1 laranja

Lanche da Tarde:

Suchá de Abacaxí e Cavalinha:
Faça 1 xícara de chá de cavalinha, em infusão e não adoce.
Bata no liquidificador:
3 rodelas médias de abacaxi
1 xícara de chá de cavalinha
1 folha de couve
Hortelã e gelo a gosto. Complete com água, se achar necessário.
Tome em seguida.

Jantar:

Salada de folhas (rúcula, agrião) com tomate cereja, rabanete ralado, pepino e ovo cozido.
Quinua em grãos cozida.
Peixe assado com legumes

Ceia:
1 pêra
1 xícara de chá de erva-doce.

Categoria: Nutrição e Dieta, Qualidade de Vida, Saúde Tags: , , ,

Carnaval: Tempo de dormir bem!

Carnaval é tempo de festividades e alegrias, porém precisamos tomar cuidado com os exageros que podem levar a um desgaste excessivo do corpo e da mente. Para estar preparado para as comemorações, é indispensável garantir pelo menos oito horas de sono para que haja uma reparação das funções do organismo.

Nos quatro dias de folia, as pessoas se desgastam, ingerem bebidas alcoólicas e até dormem menos, ou quando dormem, não têm um sono de boa qualidade. O aumento da fadiga pode levar a problemas mais sérios relacionados à saúde, gerando os sintomas que não combinam com a alegria do carnaval, como irritabilidade, déficit de atenção, mau humor, baixa imunidade.

Algumas medidas simples podem ajudar para que a privação do sono não atinja seu pico de estresse durante a maratona do carnaval. Assim, entre um baile e outro,é necessário diminuir o ritmo de atividade e buscar formas adequadas para relaxar. Renata Federighi, consultora do sono da Duoflex, explica como fazer isso:

1 – Diminua o ritmo
Antes de pegar no sono faça uma atividade relaxante, que descanse o corpo e a mente e diminua o ritmo da badalação, como ler um livro, ouvir uma música calma ou um banho demorado.
2 – Tome bastante líquido
É importantíssimo repor o líquido do corpo perdeu com a intensa atividade física, com o calor e até mesmo com as bebidas alcoólicas. A água é o combatente principal da ressaca e dor de cabeça no dia seguinte.
3 – Alongue o corpo
Uma forma de relaxar e evitar dores no corpo no dia seguinte é o alongamento. Com movimentos mais tranqüilos durante a noite, o alongamento aquece a musculatura, evita lesões, problemas ortopédicos e dores musculares.
4 – Use o travesseiro correto
Pouca gente se dá conta da importância do travesseiro para a garantia de uma boa noite de sono. Já existe o travesseiro mais adequado para cada biótipo e que se enquadra nas preferências do consumidor, como os travesseiros de Altura Regulável. O travesseiro correto pode prevenir problemas de coluna (como os que oferecem maior suporte para a cabeça), podem evitar transpiração, (como os produzidos a partir da tecnologia Látex) e até mesmo acabar com a recorrência de crises alérgicas (com os produtos que possuem antiácaro). Prefira as marcas de qualidade comprovada.
5 – Ambiente fresco
Para manter a cabeça fresca, é necessário um ambiente fresco. Para isso, durma em locais bem ventilados, com roupas leves e com travesseiros que evitem a transpiração, como o travesseiro Fresh e Látex.
6 – Fuja do barulho
Hora de dormir é hora de desligar-se. Para que haja um descanso completo do corpo e da mente é preciso do silencio e concentração. A festa pode continuar no dia seguinte.
7 – Apague as luzes
Foi comprovado cientificamente que para uma noite de sono plena é necessário que o ambiente esteja escuro. A luz prejudica os ciclos biológicos e prejudica na produção hormonal, já que quando dormimos na claridade as produções de cortisol e melatonina são interrompidas, dando uma sensação de cansaço pela manhã.
8 – Coma alimentos leves
Fazer refeições antes de deitar, principalmente ingerir alimentos que promovem o aumento dos níveis de insulina (acionando assim o metabolismo), pode influenciar na má qualidade do sono. Quanto maior a refeição noturna, maior dificuldade de digestão e pior o sono.
9 – Durma ao menos oito horas
Controlar o ritmo do corpo e as horas de cada atividade é uma boa maneira de harmonizar o organismo. Para o sono revitalizador, é preciso ao menos 8 horas de sono. Só assim o corpo consegue realizar todas as funções que ocorrem durante o período noturno, além de alcançar o descanso merecido.
10 – Tome um bom banho
Além de tirar todas as impurezas do corpo acumuladas durante o dia, o banho ajuda a refrescar e principalmente, relaxar.

Categoria: Comportamento, Qualidade de Vida, Saúde Tags: , ,

Câncer de pele: O seu inimigo do verão.

Ter um corpo bronzeado na estação mais quente do ano pode ter um preço muito alto, a exposição ao sol é a principal causa do câncer de pele
As altas temperaturas registradas nos últimos dias demonstram que agora o verão chegou para ficar. Com o calor vem aquela vontade de aproveitar ao máximo a estação mais esperada do ano e pegar aquele bronzeado. Mas é preciso tomar cuidado com o tempo de exposição ao sol. O câncer de pele é o mais frequente e corresponde a 25% de todos os tumores malignos registrados no Brasil. O dado é do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Uma doença que pode ser fatal. Mas, se descoberto precocemente tem grande chance de cura.

Os principais tipos
Tomar sol sem proteção é o principal atalho para desenvolver a doença que se apresenta, basicamente, em dois grupos distintos: o carcinoma, mais frequente e menos agressivo, e os melanomas, mais agressivos, porém menos comuns.

Ainda que ambos os tipos acometam preferencialmente as populações de pele clara, há algumas diferenças importantes de comportamento que os distinguem. Os carcinomas são tumores de crescimento lento, localmente invasivos e raramente resultam em metástase. Uma pequena proporção torna-se letal e o número de óbitos resultante é muito baixo. Apresenta altas taxas de cura se tratado de forma adequada e precoce. Contudo, em alguns casos em que há demora no diagnóstico, pode levar a deformidades físicas graves pelo tumor ou pelo tratamento. Segundo o INCA, em 2012, estimam-se, para o Brasil, 62.680 casos novos de câncer da pele não melanoma entre homens e 71.490 em mulheres.

Já o melanoma da pele é menos frequente, porém sua letalidade é mais elevada. Afeta todos os grupos étnicos em alguma proporção. No Brasil, são estimados 6 mil casos de melanoma por ano, mas acredita-se que este número seja subestimado. Nos Estados Unidos, são cerca de 70 mil pacientes anuais. A maior incidência no mundo é na Austrália, onde um a cada 30 brancos caucasianos (de pele clara) tem a doença.

Causa
A exposição excessiva ao sol é o principal fator de risco para o surgimento dos cânceres da pele.
O oncologista Dr. Rafael Schmerling explica que os carcinomas de pele basicamente estão relacionados à exposição crônica, contínua. Já o melanoma tem outro perfil. “Há dados que sugiram uma relação com a exposição aguda, intensa (queimaduras) e com maior risco de ocorrem na infância, com o desenvolvimento do câncer décadas depois; acomete principalmente as pessoas que ficam vermelhas com pouca exposição solar, o popular camarão”, conta.

Sinais

Com a ajuda do espelho é possível fazer um auto-exame, para detectar possíveis manchas na pele. Vale para qualquer região do corpo, rosto, costas, região genital, couro cabeludo e unhas. Os carcinomas aparecem como lesões rosas, com borda ligeiramente elevada. Pode ser ainda um nódulo brilhante, ou mancha avermelhada, ou até mesmo uma ferida aberta que sangra com saída de secreção.

O câncer de pele que se apresenta em forma de pinta é o melanoma. A pinta do melanoma é normalmente diferente das outras. “Habitualmente é maior, tem a borda assimétrica, e o fator mais importante é o crescimento. Se a pinta está crescendo, seja em elevação ou extensão, precisa ser avaliada imediatamente”, avisa Schmerling. “Se está coçando ou até mesmo sangrando, então, há risco de estar em estágio ainda mais avançado, resume.

Tratamento

A maioria das lesões precoces em caso de carcinoma é resolvida apenas com a intervenção cirúrgica. Já o melanoma além da cirurgia, eventualmente demandará um medicamento complementar. Estima-se que no Brasil em cerca de 20 a 25% dos casos o paciente apresenta a doença na forma metastática, ou seja, com comprometimento de outros órgãos. “O melanoma tem essa capacidade de invadir outros órgãos: pulmão, fígado e até o cérebro”, comenta Schmerling.

Mesmo em situações de doenças metastáticas com terapêuticas bastante complexas é possível curar uma parcela desses pacientes. São tratamentos que envolvem imunoterapia, que é um tratamento de alta complexidade. A droga mais estudada e conhecida neste cenário é a interleucina-2, uma substância produzida em nosso organismo, mas que é aplicada em elevadas doses com o intuito de otimizar o sistema imune para que este ataque a doença. “Mesmo os que não são curados podem ter a doença sob controle para garantir a qualidade de vida do paciente, muitos inclusive continuam a trabalhar”, finaliza.

DICAS PARA EVITAR DANOS À PELE

• Aplicar e repassar várias vezes o protetor solar, mesmo quando exposto apenas à luz artificial
• Usar chapéu
• Dar preferência a roupas de proteção solar que filtram os raios solares
• Não se enganar com os dias nublados, mesmo quando há só mormaço, a pessoa fica exposta aos raios solares, é quando acontecem as queimaduras mais graves

Categoria: Qualidade de Vida, Saúde Tags: , ,

Dicas para antes e depois da folia

Dicas Pré Carnavalescas
Para quem vai curtir o carnaval ou melhor para quem vai cair na folia aí vai algumas dicas que podem ajudar evitar desagradáveis transtornos digestivos, desidratação e ressaca. Essas dicas valem para serem colocadas em prática a partir de amanhã.

Comece a se hidratar com antecedência com sucos naturais muita água, água de coco, evite refrigerantes e bebidas alcoólicas, pois esses não tem função de hidratação. Principal causa da ressaca é a desidratação provocada pelo álcool, um potente diurético que estimula a perda de liquido do corpo. Para evitar a ressaca vá de água antes, durante e, principalmente, depois da bebedeira, antes de dormir ingira bastante água, pois ajuda o organismo a metabolizar o álcool enquanto você descansa, e quando você levantar para urinar tome mais água, para ajudar o organismo eliminar as toxinas.
Evite também comidas pesadas, muito condimentadas, molhos, gordura animal e vegetal. Dê preferencia a frutas, legumes, verduras, carnes magras, filé de peixe, frango grelhado, pão integral, batata doce, macarrão sem molho.
Faça caminhadas para poder aumentar sua resistência física e vascular ou para quem já pratica alguma atividade intensifique alguns exercícios aeróbicos. Durma mais cedo que costume para você estar a todo vapor neste carnaval.

Receitas Básicas Pré

Suco hidratanteIngredientes1 copo (americano) de água de coco1 maçã picada, com cascaModo de preparoBata muito bem no liquidificador e, se necessário, adoce. Sirva bem gelado.
Suco de melancia e alecrim 1 xícara (chá) de água de coco1 fatia média de melanciaAlecrim fresco a gostoGelo a gosto.Modo de preparo: Bata os ingredientes no liquidificador, coe e sirva.
Suco de melancia com hortelã 1 fatia de melancia (cerca de 1/8 de uma fruta média)250 ml de água gelada1 ramo de hortelãAçúcar a gosto.Modo de preparo: Pique a melancia, leve ao liqüidificador, bata com água, açúcar e hortelã. Coe e sirva.
Suco energético
Ingredientes 1 colher de açaí 1 copo de suco de laranja 1/4 cenoura picada 1/2 colher (café) de guaraná em pó 1 colher (sobremesa) de semente de linhaça triturada 1 colher de mel
Bata todos os ingredientes no liquidificador, acrescente gelo e sirva.
Suco para segurar a água no corpo
Ingredientes 1 copo de suco de laranja 1 fatia de abacaxi 1 colher (sopa) hortelã 1 colher (sopa) de óleo de coco Adoçante a gosto Bata todos os ingredientes no liquidificador, acrescente gelo e sirva.
Suco Energético
Ingredientes:
01 colher de sopa cheia de beterraba ralada
1/2 unidade de cenoura ralada
01 copo médio(300ml) de água de coco
01 copo pequeno de suco de laranja(200ml) sem açúcar
1/2 colher de café de guaraná em pó
01 colher de sobremesa cheia de semente de linhaça triturada
1 colher de sobremesa de mel de abelha.Bater todos os ingredientes no liquidificador, coar(se não conseguir tomar) e beber em seguida.
Dicas Pós Carnavalescas

O cardápio pós carnaval deve incluir muito líquido, como sucos, chás, sopas e caldos, além de alimentos integrais, iogurtes e ingredientes leves. O abacaxi, a maça e a couve manteiga possuem enzimas que favorecem a drenagem de toxinas e auxiliam na desintoxicação feita pelo fígado. Os sucos cítricos e ricos em vitamina C como o de acerola, limão, laranja ajudam porque tem função antioxidante. Beba isotônicos, para repor os sais minerais perdidos e abuse da água de coco rica em potássio.Algumas ervas ajudam renovar as células hepáticas. Chás de salsaparrilha, macela, carqueja são ótimos desintoxicantes para o fígado, já o de boldo, hortelã e o chá verde ajudam na digestão.Aproveite para dormir bem, pois o descanso é essencial para uma perfeita recuperação do corpo, da mente e do organismo.

Receitas Básicas Pós
Sopa DesintoxicanteRendimento: 1 porção (1 prato fundo)Calorias: 125 kcalIngredientes:½ xícara de chá de abóbora½ xícara de chá de cenoura½ xícara de chá de agrião1 xícara de chá de inhame 1 talo de salsão½ xícara de folhas de acelga¼ de xícara de arroz integral 500 ml de água
Descascar e lavar bem os legumes e verduras. Levar ao fogo com a água, quando estiverem macios acrescentar o arroz. Acrescentar mais água se necessário durante o cozimento do arroz. Desligar quando o arroz estiver cozido.

SUCO DE VEGETAISIngredientes:3 cenouras1 maça sem casca1 folha de couve mineira1 punhado de salsa1 punhado de hortelã1 talo de aipoBata tudo na centrífuga ou no juicer e tome pela manhã. As enzimas dos vegetais crus fazem uma faxina no organismo.
SUCO DE ABACAXI COM HORTELÃIngredientes:4 rodelas de abacaxi descascado2 copos de água2 punhados de hortelã orgânica.Bata os ingredientes no liquidificador. O abacaxi tem efeitos drenantes e é diurético. A mistura rende dois copos grandes e é ideal para ser consumida no lanche da manhã ou da tarde.Maça com Aipo e LinhaçaIngredientes:4 maças sem casca4 talos de aipo grande2 colheres de sobremesa de linhaçaColoque a linhaça em meio copo de água e deixe na geladeira, durante 6 horas, armazenada em pote fechado. Depois disso bata a linhaça, água as maças e os aipos na centrifuga ou no liquidificador.
Suco de AmeixaIngredientes:4 ameixas sem caroço1/2 copo de águaBata tudo no liquidificador e beba. A ameixa tem propriedades que ajudam desinchar.
Suco de Maracujá com água de coco e gengibre.Ingredientes:800ml de água de cocoPolpa de 1 maracujá1 pedaço(1cm) de gengibre.Bata os ingredientes no liquidificador. Se desejar, acrescente pedras de gelo.

*Para espantar a ressaca, coloque uma ameixa umeboshi no canto da boca e deixe derreter. A fruta, vendida em lojas de produtos naturais ou japoneses, é um segredo infalível para espantar a ressaca.*

Post original do Blog 1001 Dicas e SoluçõesVeja este e outros posts acesse:
http://1001dicasesolucoes.blogspot.com/2012/02/dicas-pre-e-pos-carnaval.html

Categoria: Nutrição e Dieta, Qualidade de Vida, Saúde

Flores: Look de verão! Mas siga as dicas!!

Guru das famosas ensina 10 penteados para perder o medo de usar flor no cabelo

Isabela Leal
Do UOL, em São Paulo

Não tem jeito: sempre bate uma insegurança na hora de usar flor no cabelo. Será que vai ficar cafona? Como será que a flor deve ser encaixada no penteado? E qual tipo de flor deve ser usada?

Estas são algumas dúvidas cruéis que passam pela cabeça – ainda não florida – de uma mulher ao pensar em investir no acessório. “Flor no cabelo é um ícone do verão”, garante Marco Antonio de Biaggi, do MG Hair (SP), conhecido como o “cabeleireiro das famosas”.  “As cores do momento são violeta, pink, rosa claro, turquesa e tangerina; e as espécies hibisco, orquídea, lírio e gérbera”, afirma o Biaggi.

Segundo o cabeleireiro, o estilo dos penteados com flores é democrático, com poucas restrições. Pode ser com os fios soltos, presos, ondulados, “meio solto, meio preso”, texturizados; vale tudo. Só é proibido o visual muito certinho. “Evite cabelo montado e superpenteado para não ficar cafona. Bonito é ter sempre um aspecto descabelado, com movimento, que nada mais é do que cabelo com textura”, ensina. A franja também tem suas regras para deixar o look bonito e despojado. “Curta ou comprida, ela pode ficar inteira solta ou com alguns fios soltinhos. O importante é que acompanhe a textura do cabelo. Para quem não se sente segura de franja e vai ficar toda hora passando a mão no cabelo, uma opção é prendê-la com um ou dois grampinhos em diagonal na lateral da testa, como se estivesse prendendo o cabelo para se maquiar. Fica uma graça.”

Para acabar de vez com o medo das flores na sua cabeça, Biaggi dá dicas infalíveis para adotar de vez o acessório:

· o lugar mais indicado para colocar as presilhas de flor é atrás do lóbulo. A ideia é ressaltar apenas um ponto de luz e dar graciosidade ao penteado. Sem contar que é moderno. Essa dica é perfeita para as tímidas, que gostam de um toque diferente no visual, mas sem arriscar demais;

· abuse dos finalizadores (como spray de volume e pomada em pó): esses produtos são essenciais para o acabamento do penteado;

· flores com cristais, miçangas e canutilhos, nessa temporada, estão “out”. Melhor evitar;

· o segredo é despentear o penteado antes de usar o acessório. Caso contrário, você corre o risco de ficar com cara de madrinha de casamento;

· se você pode tiver flores naturais, não pense duas vezes, use. Mas leve em conta que elasduram no máximo 2 horas e meia, depois perdem a graça. Portanto, fica descartada essa opção para quem gosta de balada, por exemplo, ou para eventos muito longos. Nesse caso, use as artificiais assumidamente;

· há tamanhos e estilos de flores para todos os gostos. As menores, em fivelas tic-tac e grampinhos, satisfazem as mulheres tímidas. Já as médias e mais frondosas caem muito bem para as ousadas e despojadas;

· vale combinar a cor do esmalte ou do batom com a da flor. Mas se a espécie for muito chamativa, grande e vermelha, por exemplo, é melhor não usar batom vermelho. Fica over. Para saber se fica bem ou não, só mesmo usando o bom senso.

Categoria: Beleza Tags: , ,