Ir para o site

Ir direto para o conteúdo

Blog Bem Zen

Oi Deus, como vai ? Eu sou…

Se você estivesse, agora, sendo levado a Deus…
Pense nisso…por um instante pense  nisso…
Você  vai se encontrar com Deus…
Qual de suas faces você vai mostrar a ele?
A mesma que você mostra ao seu marido (à sua esposa)?
Aquela face que você mostra a seu chefe ?
Aquela que você dedica aos seus clientes? Ou aquela para os balconistas?
A face que você mostra ao patrão ou aquela outra que você tem para os empregados?
Você mostraria aquela mesma face que você mostra a seu guru ou aquela deixada aos mendigos?
Será aquela face que você exibe aos amigos ou a que você reserva aos filhos?
Deus está aí, AGORA….
Qual dessas faces você vai mostrar  a Ele?

MEDITAÇÃO:

*  Você poderia passar a semana conectada(o) a estas perguntas?
Não busque resposta, este não é um debate filosófico.
Esta é a meditação: apenas fique concetada(o) às perguntas… apenas observe o que estas perguntas provocam em você. Apenas observe, não conclua, não explique, não justifique, não brigue com as perguntas ou com o que elas trazem à tona.
Você pode passar uma semana conectada(o) a essas perguntas com total intensidade?
Com total intensidade?

* Se ao longo da semana você quiser compartir algo, sinta-se muito bem vinda(a).

* Estarei sintonizado à mesma meditação… Na semana que vem comentarei algo. Tenham todos uma semana de plena consciência.

Sobre Swami Devam Bhaskar

Instrutor da Oneness University (Índia), consultor na área da comunicação para a transformação social e jornalista dedicado aos Direitos Humanos, Bhaskar é discípulo de Osho desde 1982. Viveu na comunidade de Rajneeshpuram em 84 e 85, onde entrevistou Osho em três oportunidades: duas vezes para o Correio Braziliense e uma vez para a Folha de S. Paulo. Osho lhe deu o nome Swami Devam Bhaskar (do sânscrito Divino Deus Sol). Em 2005 conheceu os avatares Sri Amma e Sri Bhagavan, fundadores da Oneness University (Universidade da Unidade) e em 2009 passou a ministar workshops de crescimento espiritual, incluindo iniciação dos participantes como Doadores de Diksha (a Benção da Unidade). Como jornalista (normalmente assina como Geraldinho Vieira), dirigiu a ong ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância (atualmente ANDI - Comunicação e Direitos) e escreve aos domingos para o Blog do Noblat sobre temas relacionados à agenda dos direitos humanos. Ainda sobre temas de espiritualidade, escreveu também para a revista Época Negócios, Guia Lotus, Jornal de Brasília e Correio Braziliense. Bhaskar vive na Chapada dos Veadeiros (Goiás), casado com a fotógrafa Mila Petrillo (Ma Anand Niranjana).

Comentários

  1. Iara Lammerhirt says:

    Querido amigo! Namastê!

    Desde ontem qdo li tua proposta de meditação, fiquei com as perguntas…e o que me veio vou tentar explicar: se Deus me mostra suas infinitas faces, tanto na dor de alguém, qto na beleza do por ou nascer do sol, dos milagres que pululam a minha volta quer eu esteja consciente deles ou não, se ele se revela pra mim em TUDO, pois Ele é UNIDADE, ele se mostra pra mim na face do meu chefe, na face do mendigo, na face do bandido e do santo.Então,eu me mostro a ele com a face do momento, que é a Sua própria face. Ele não é alguém fora de mim.

    Então aceito a face do momento e respiro e sigo vivendo as faces que Deus experiencia em mim, na minha humanidade!

    Espero que faça sentido. Estou aguardando pra ler outras percepções!

    beijos dourados de diksha!

    Iara

  2. YONE says:

    Grande Bhaskar maravilhoso, adorei este Koan!
    Saudade… Muitas e boas lembranças, Gratidão!!!

  3. Jairo says:

    Namastê!
    Confesso que após receber o convite do Bhaskar para a meditação, de imediato pensei: Eu sou um só, não há faces diferentes…
    No entanto, aceitei o convite e estou fazendo a meditação. Já pude perceber que em vários momentos pensava que estava sendo íntegro o suficiente, mas na verdade não estava sendo – as personas apareciam. Nas várias situações do dia-a-dia, devo estar consciente de quem sou, para ter a integridade necessária para ser de fato, eu; para agir como eu mesmo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>