Ir para o site

Ir direto para o conteúdo

Blog Bem Zen

Eclipse solar no signo de câncer

Voltando para casa para conquistar o mundo

Por Titi Vidal

Dia 01 de julho acontece um eclipse solar parcial no signo de câncer, o terceiro eclipse em um mês. Dia 01 de junho tivemos um eclipse solar parcial no signo de gêmeos e em 15 de junho um lunar com Sol em gêmeos e Lua em sagitário. Este eclipse do dia 01 de julho acontece no signo de câncer e fecha esta sequência de eclipses, que terão seus efeitos ativos até os próximos eclipses que acontecerão no fim do ano (novembro e dezembro).

Será um eclipse especialmente forte, com a Lua no signo de seu domicílio (câncer) extremamente fortalecida. O Sol eclipsado na casa da Lua dá espaço a um momento mais emocional, um período mais movido pelos sentimentos, pelos instintos e pela intuição.

Depois do elipse lunar que aconteceu com o Sol iluminando o nodo sul e trazendo a tona conteúdos do passado, assuntos a serem resolvidos e recursos disponíveis dentro de nós para isso, este eclipse do Sol dá um pouco de sequência a estas questões do passado e a necessidade de olhar para trás e para dentro.

As questões do coração e da alma pedem mais atenção e cuidado. Em um eclipse solar, o Sol fica obscurecido e quem ganha força é sempre a Lua. Desta vez, poderosa em sua casa, ela exige ainda mais atenção. Está dominando a situação, pedindo que as emoções sejam consideradas e que a alma possa seguir o caminho de seu verdadeiro destino.

Mas antes de seguir em frente, câncer sempre lembra que é preciso voltar para as origens e conhecer bem o lugar de onde viemos para ter certeza sobre o lugar onde pretendemos chegar. Além disso, lembra que é preciso conhecer as bases e fortalecer as raízes se o desejo é chegar alto demais.

Este tende a ser um momento mais emocional, com ênfase maior aos assuntos pessoais e familiares e tudo que envolve emoções e relações pessoais.

É um momento de conscientização pessoal em relação a todas as mudanças que os últimos tempos estão trazendo, tanto no individual quanto no coletivo. Assim, é possível uma maior percepção de tudo que se perdeu, ganhou, fortaleceu, transformou ou consolidou nos últimos meses e até anos. Além disso, será mais possível perceber que mudanças coletivas estão acontecendo e que de alguma maneira isso reflete em todos nós.

Este eclipse torna mais pessoal aquilo que é coletivo, envolvendo mais cada um de nós em todo processo de transformação do planeta, que também está precisando cada vez mais de cuidado e atenção.

Já estamos sendo chamados a assumir a responsabilidade por tudo que o planeta tem passado e este eclipse tende a fortalecer isso, conscientizando as pessoas de que as mudanças devem partir de cada um e que cada um deve se transformar se deseja um mundo melhor.

Este eclipse acontece com Sol e Lua em tensão com a cruz cósmica que está influenciando desde o ano passado e trazendo grandes mudanças para todos, em maior ou menor nível, tanto no individual como no coletivo. Assim, acontece em tensão com Saturno, Urano e Plutão, fechando um grande quadrado.

Isso vai trazer uma maior percepção das dificuldades e obstáculos presentes em nossa vida. Será possível se dar conta de que há coisas a serem ajustadas, mudadas e melhoradas. Seremos capaz de perceber o que não tem mesmo base, estrutura. O que não tem raiz e não pode se sustentar. Com isso, seremos obrigados a tomar alguma providência.

Isso também vai gerar um clima de mais ansiedade e urgência por mudanças. Isso pode trazer também um pouco mais de sentimento, porque além dessa pressa por mudanças, é um eclipse que vai apontar o dedo para as feridas, pedindo que sejam curadas.

No fundo, é uma percepção do que se sustenta, do que vai bem ou do que já deveria ter sido descartado. Isso porque o céu já deu várias oportunidades para que as mudanças acontecessem e agora é um pouco a gota d´água neste sentido.

As emoções tendem a tomar conta nesta fase, ficando mais claras, ainda que sejam difíceis. O fato é que perceberemos o que sentimos e teremos que fazer alguma coisa com isso.

O caminho é olhar para dentro e aprender a sentir, perceber os sentimentos e identificar o que a alma está nos pedindo.

Precisamos buscar internamente e em nossas raízes o brilho pessoal, a Luz interna. Sempre que o Sol fica eclipsado, precisamos aprender a brilhar por conta própria, como as estrelas que brilham nas noites mais escuras.

É também o momento de perceber que o passado constrói o futuro e temos que nos responsabilizar mais por tudo que está acontecendo neste momento, tanto na nossa vida como na do nosso querido planeta Terra. Se as coisas estão assim, foi porque fizemos por merecer.

Claro que muitos de nós vamos perceber que estamos no caminho certo, que já fizemos os descartes e mudanças necessárias ou que já estamos há tempos percorrendo o melhor caminho, rumo ao destino certo. Quem estiver aqui, poderá colher os primeiros resultados de tudo que vem conquistando e continuar se melhorando, cada vez mais. Também poderá ajudar os outros que precisarem de mais apoio neste momento que de fato é bastante delicado.

Olhar para as origens, para a família, também pode ser de grande valia neste momento. É um eclipse no signo de câncer. Saber que viemos de algum lugar e que tivemos uma história até aqui e que por isso somos quem somos é importante.

Conhecer o próprio passado, aceita-lo e integrá-lo em nossa vida presente é condição favorável para construir um futuro sempre melhor. Apenas com base firme somos capazes de chegar longe e sustentar os resultados conquistados.

É hora de ter consciência, portanto, sobre o lugar de onde viemos e para onde pretendemos seguir. Em outras palavras, é hora de encontrar o nosso norte.

Esse eclipse favorece a solução de assuntos antigos, de pendências e questões do passado, o que inclui os assuntos familiares.

É um bom momento para mudar hábitos e padrões.

É importante deixar ir todos os nós que impedem o Sol de brilhar e que agora mais do que nunca sabemos o que é e como fazer.

É importante ter como base os eclipses anteriores (de 01/06 e 15/06) que iniciaram todo este processo. Esta “trilogia” de eclipses está acelerando e deixando claras as mudanças e pedindo cada vez mais definição e posicionamento perante a vida. O caminho a ser trilhado está sendo iluminado e temos que aproveitar esta oportunidade. Está clara a mudança de padrão e de vibração que está acontecendo em nível coletivo e temos que nos sintonizar com coisas melhores e que tenham mais a ver com a nossa verdadeira essência. É importante ter certeza se estamos no caminho certo, pois se não estivermos esta é a chance de redirecionar e tomar o rumo certo. Assim, é uma grande oportunidade para enxergar o caminho e colocar-se no sentido certo. Em busca do verdadeiro norte! Mesmo que o processo seja dolorido em alguns momentos ou que tenhamos que enfrentar grandes desafios, a sensação de ter se libertado de velhas dores e padrões e de atender às reais necessidades da alma certamente valerão a pena e a recompensa virá, mais cedo ou mais tarde, em forme de felicidade e satisfação pessoal. Vamos nos nortear e encontrar o caminho, mesmo que para isso precisemos antes voltar para casa, para que, cuidados e curados, possamos conquistar o mundo!

Para melhor entendimento sobre este eclipse vale a pena saber mais sobre os dois eclipse anteriores. Os efeitos destes três eclipses vão até 25 de novembro, quando acontece um novo eclipse solar (e dia 10 de dezembro um novo eclipse lunar). Para efeitos pessoais e personalizados, o eclipse atua diretamente no ponto do mapa natal onde acontece, tanto na casa astrológica onde cai (sendo sempre mais forte quando acontece na cúspide – início – de uma casa) e nos planetas com os quais possa fazer aspecto. Este eclipse acontece em 09 graus do signo de Câncer. Outra característica importante sobre eclipses é que seus efeitos duram até o próximo, mas são mais intensos no momento de seu acontecimento – considerando aqui três dias antes e três dias depois, na próxima Lua cheia (que acontecerá dia 15 de julho, também considerando três dias antes e três dias depois) e no meio do ciclo entre estes e os próximos eclipses.

Sobre Titi Vidal

Astróloga, Radiestesista e Taróloga. Desenvolveu a Mesa Astroradiônica. Licenciada pela Astrobrasil. Vice Presidente da CNA - Central Nacional de Astrologia. * www.titividal.com.br * titividal@titividal.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>