Ir para o site

Ir direto para o conteúdo

Blog Bem Zen

Descarte corretamente seu lixo eletrônico

Atualmente, muito tem se falado sobre atitudes ambientalmente sustentáveis, que beneficiam o meio ambiente e, consequentemente, promovem uma melhor qualidade de vida para todos.

Uma destas ações é a coleta seletiva. Ou seja: separar materiais passíveis de reciclagem como papel, metal, plástico e vidro. Porém, o que muitas pessoas ainda não se dão conta é que objetos usados no dia a dia, como pilhas e baterias de celulares inutilizáveis, causam grandes danos ao planeta, quando não descartadas corretamente.

Isso mesmo. A pilha do brinquedo que descarregou ou a bateria daquele celular que ficou ultrapassado são altamente tóxicas. Ao serem jogadas no lixo comum contaminam o solo, a água e o ar. O cenário é tão sério que algumas empresas recolhem gratuitamente esses detritos e dão destino correto: a reciclagem. É o caso da Drogaria São Paulo. Todas as lojas da Rede dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia possuem coletores Cata-Pilhas e funcionam como postos de recolhimento.

Lixo eletrônico pode causar danos à saúde

Basicamente, as pilhas e baterias possuem, entre sua composição, 11 elementos químicos. As interferências no organismo por esses resíduos tóxicos vão de uma simples dor de cabeça até anemias, intoxicações crônicas, danos sérios no sistema nervoso, renal e hepático, entre outras lesões. Conheça alguns elementos químicos e suas consequências.

* Chumbo – provavelmente o elemento químico mais perigoso; acumula-se nos ossos, cabelos, unhas, cérebro, fígado e rins; causa dores de cabeça e anemia, mesmo em baixas concentrações; age no sistema nervoso, renal e hepático. *

* Cobre – causa intoxicações; afeta o fígado.*

* Mercúrio – altamente tóxico, concentrações entre 3 g e 30 g podem ser fatais ao homem; é de fácil absorção por via cutânea e pulmonar; tem efeito cumulativo; provoca lesões no cérebro; tem ação teratogênica – malformação de fetos durante a gravidez.*

FONTE: Secretária do Meio Ambiente do Estado de S. Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>