1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

Varizes: Como acabar com esse mal!

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Tratamento de varizes vai além da estética

Vasos dilatados aparentes e inchaço nas pernas são os sinais mais comuns da doença vascular

Elas aparecem aos poucos, mas logo que percebidas podem ser um grande incômodo. As varizes, veias dilatadas e tortuosas que aparecem nos membros inferiores, atingem em média 38% da população brasileira segundo a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, mais frequentes em mulheres de 30 a 40 anos. 

As varizes aparecem geralmente nas pernas devido ao acúmulo indevido de sangue nas veias. Os sinais mais comuns são astelangiectasias ou vasinhos mais finos aparentes e manchas na cor marrom acastanhado. Em caso de dor, inchaço, coceira e sensação de peso nas pernas a doença varicosa deixa de ser estética e merece atenção especial, podendo resultar em flebites (formação de trombos nas varizes), úlcera venosa e até hemorragia.

“O tratamento é determinado pelo tipo de varizes, classificadas de acordo com o seu grau de evolução. Nos casos mais simples são usados procedimentos minimamente invasivos mediante escleroterapia (secagem de vasos) e micro cirurgias sem pontos. Agora, se as varizes são de grau elevado o procedimento deve ser cirúrgico”, explica Jorge Kalil, cirurgião vascular do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim.

 

Tipos de tratamento

Escleroterapia (secagem dos vasos): procedimento minimamente invasivo indicado para o tratamento de vasos pequenos. Não há restrição ao sol e a paciente pode retornar às atividades pessoais de dois a quatro dias.

Laser: utilizado na maioria dos casos. Nesse procedimento não há cortes ou sangramentos.

Cirurgia: necessária em casos de varizes de grau elevado. Há restrição ao sol de em média 30 dias devido à presença de hematomas após a cirurgia. Por isso, recomenda-se realizar o procedimento no inverno.

 

Causas e prevenção

Entre as causas que podem desencadear o surgimento de varizes destacam-se a hereditariedade, permanecer em pé por longos períodos, uso de anticoncepcionais, reposição hormonal e obesidade. Durante a gravidez, as chances também aumentam - principalmente a cada nova gestação.

Segundo Jorge Kalil, cirurgião vascular do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim, hábitos alimentares saudáveis e prática regular de exercícios são os segredos para prevenir as varizes, já que contribuem para o controle de peso.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas