1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

Casamento: Como ter uma relação feliz

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Você que me lê agora, provavelmente está esperando uma fórmula para ser bem sucedido no casamento. Afinal, quem não gostaria de tê-la? Infelizmente, não existe fórmula, porém, algumas considerações são importantes.

Quem pensa em casamento, provavelmente pensa em relacionamento para sempre. A ideia, fascinante a princípio, deve ser considerada. Certeza absoluta quem terá? Não, você não terá, da mesma forma que, se abrir um negócio hoje, nunca saberá ao certo se ele vingará. Entretanto, se você cuidá-lo, se você se empenhar, se buscar inovações, colocar amor, muito amor, sim, terá grande chance de consegui-lo. E, assim como um negócio, o casamento deve ser constantemente avaliado. Da mesma forma que você provavelmente cuida de um veículo novo, leva-o à manutenção de tempos em tempos, deverá fazê-lo com o seu relacionamento.

Tenho conversado com pessoas que buscam aflitas a certeza de estarem escolhendo a pessoa certa. Bem, certa para quê? Certa para quem? Parece bobagem mas algumas pessoas ainda se preocupam em agradar amigos e familiares e esquecem de perguntar se conseguem imaginar-se interessadas por esta pessoa mesmo após a paixão passar. Sim, acreditem, a paixão passa, mas o que fica, tranquilizem-se, é uma calma que aquece a alma, embala o coração. Sim, isto poderia ser uma evidência a ser seguida. Uma “ponte ao futuro” a ser feita neste exato momento, para você querido leitor, que está se perguntando o que falta para tudo isto acontecer.

Assistimos constantemente a filmes românticos e imaginamos que a evidência seria exatamente esta. Jantares à luz de velas todas as noites, casinha arrumada impecavelmente, bom humor diário, flores te surpreendendo ao abrir a porta.

Não, não quero tirar a sua ilusão, não quero te dar um banho de água fria e dizer que tudo isto é bobagem. Tudo isso é muito importante para manter acessa a chama do amor. Na paixão você não se preocupa com isto pois as labaredas que mantêm o calor parecem infinitas. Mas elas apagam se não forem cuidadas. E é importante lembrar que roupa suja, pia cheia de louça e poeira na casa te acompanharão. E, se você estiver preparado, seu dia a dia pode ser intenso mesmo tendo que investir num pouco de trabalho a mais.

O mais importante de tudo isto são os valores que te acompanharão. Se a pessoa escolhida preencher este quesito básico, vá em frente. É uma pessoa que te preenche com o que é importante para você? Vá em frente. E prepare-se para dividir muitos momentos juntos. Se tivesse que dar uma definição de casamento, diria que é uma oportunidade ímpar de dividir, somar, multiplicar e subtrair. Usar todas estas funções matemáticas de maneira que você, no final, tenha colecionado experiências positivas, aprendido a viver a dois, e deixado para trás as dores, as decepções, tristezas e desapontamentos, entendendo que quem estiver com você também estará conhecendo um você que não conhecia, que também estará, em alguns momentos, se desapontando com as expectativas ilusórias que um dia fez a seu respeito, que não correspondiam a quem exatamente você era. E sabe por quê? Porque nem mesmo você se conhecia o suficiente para avisá-lo a respeito.

Portanto, caro leitor, sim, você pode ser muito feliz no casamento, desde que conte com as possibilidades infinitas de se surpreender, dia após dia. Algumas vezes com detalhes não tão positivos, outras com a delícia de poder observar o quanto a maturidade o sustenta e você pode aguentar uma ou outra situação não planejada.

E para finalizar, separar-se hoje é muito fácil. Trabalhoso mesmo é enfrentar, encarar a dificuldade e acreditar que seja lá o que estiver acontecendo, os fortalecerão. Convido-os a considerar estas colocações, de uma pessoa que está vivendo um relacionamento duradouro.

 

 

Fonte: Rebeca Fischer, psicóloga e instrutora da SBPNL - Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • #1 Lusistela Souza
    15/11/2011 13:09

    Adorei o que escreveu, acredito que somos uma caixinha de surpresa, pois nem nós mesmo nao nos conhecemos completamente, imagine esperar que o outro não se surpreenda com nossas atitudes diária. Conviver a dois é um desafio é como conseguir atravessar para o outro lado daponte em cima de uma corda.

  • #2 elenilda alves de oliveira
    05/12/2011 08:53

    bom dia! eu gostei muito do que voce escreveu,pois eu acredito muito em deus,e se voce estiver fe,vc chega onde quer ,o mais importante,`e a perceveransa, um abraco!!

  • #3 @KaiqueScarpanti
    20/12/2011 17:29

    Adorei! Nunca desista fácil daquilo que você quer realmente !

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas