1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

Ano Novo: Crescer é fundamental

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Precisamos crescer. Mas não estou falando de crescimento físico. Precisamos crescer emocionalmente.

É isso mesmo. É necessário que o nosso emocional acompanhe a nossa idade cronológica. Quando isso não acontece há um desnível visível. Nos tornamos pessoas inadequadas em muitos momentos, muito mais do que gostaríamos.

Vemos isso com freqüência nos relacionamentos entre filhos e pais, principalmente entre filhos e mães. A mãe fala ou faz algo que nos irrita e é o suficiente para uma resposta agressiva ou mesmo malcriada independente dos nossos 30, 40 ou 50 anos.

Não somos nós, adultos, que estamos respondendo, mas sim aquela criança mal resolvida que trazemos dentro de nós. A mãe apertou um botão que acionou alguma coisa lá do nosso passado, quando tínhamos 3, 5 ou 10 anos.

Mas só que agora temos 30 anos!!! Até quando vamos continuar reféns dessa criança que não cresceu? Que fica emburrada quando contrariada, irritadíssima quando as coisas não saem exatamente como gostaria, frutradíssima quando ... e por aí vai.

Sim, porque a mãe não é só externa, é principalmente interna e representada a todo instante pelo marido, mulher, namorado, namorada, irmãos, amigos, chefes, vizinhos...

Só que agora somos adultos e nos comportar como tal é fundamental para uma vida plena e feliz. É importante olhar nos olhos dessa nossa criança, trazer ela à tona das nossas emoções, colocar em nosso colo mental e com muito carinho e segurança mostrar que agora ela está protegida. Que hoje temos ferramentas, conhecimentos e vivência para protegê-la. Que ninguém mais vai poder maltratá-la, ridicularizá-la, humilhá-la, implicar ou deixá-la sozinha, insegura, desamparada.

É comum nossa criança estar emocionalmente parada na idade em que algum trauma aconteceu. Pode ser a separação dos pais, por exemplo. E então encontramos pessoas que tem tanto medo das separações que só mantém relacionamentos superficiais.
Passamos muito tempo da nossa vida prisioneiros inconscientes de situações passadas.

Nossa idade emocional não acompanhou a cronológica.

Mas não precisamos carregar o passado como um peso morto. Vamos olhar para trás e aprender com o que aconteceu. Vamos olhar para trás e escolher trazer com a gente os acontecimentos bons e positivos, vamos olhar para trás e crescer com o passado.

Vamos escolher ser livres a partir de agora, deste instante. Vamos escolher pela vida, pela nossa vida!!!

Crie o seu Ano Novo!!!

Meu abraço
Sandra Rosenfeld
Escritora, Coach, Palestrante e Instrutora de Meditação. Autora do livro O que é Meditação, Ed. Nova Era.
Ministrante de cursos e workshops com foco em Qualidade de Vida utilizando a meditação como ferramenta.
contato@sandrarosenfeld.com.br

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas