1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

AS PEDRAS DO BEM:: Os cristais na Pré-História

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Os cristais têm sido companheiros do homem desde tempos imemoriais, e não há registro da época em que o ser humano teria passado a fazer uso deles. Utilizado desde a Pré-História, eles têm servido para o adorno, sinal de posição hierárquica, confecção de utenílios sagrados, ferramentas e uma série de outras atividades.

No século XVIII, os franceses descobriram nos cristais características, que iriam revolucionar o mundo inteiro: as capacidades que eles têm de transformar vibrações mecânicas em sinais elétricos. De lá para cá, a utilização industrial dos cristais tem crescido e se especializado cada vez mais. Hoje, eles são utilizados em relógios, radares, na televisão, nos microscópios e até nos chips para computadores. Em outras palavras, sem cristais não há civilização.

Mas o aspecto dos cristais que mais tem fascinado os seres humanos, desde tempos muito recuados e até hoje, é a sua qualidade de processador de vibrações psíquicas. Essa utilização vem de tanto tempo atrás, que os mestres do Xamanismo, uma prática espiritual que existe pelo menos desde o Período Paleolítico, costumava-se dizer que o cristal é o avô do mundo. Os próprios xamãs usavam os cristais como ´´aliados´´, ou representações materiais de seus parceiros do mundo invisível.

Praticamente todas as culturas fizeram ou fazem uso dos cristais de alguma forma mística, seja com objetos de cristal, magicamente preparados, ou a utilização direta das próprias pedras. Nem mesmo as igrejas cristãs ficaram à parte. Segundo alguns estudiosos, os anéis dos membros da hierarquia católica, por exemplo, portam pedras que vão além do puro simbolismo, e emitem vibrações coerentes com as bênções que suas funções lhe permitem conceder.

Aparentemente, os cristais podem ser ´programados´pela ação mental e psíquica de um experimentador experiente. Cada tipo de cristal, segundo sua natureza e cor, é mais apropriado para um tipo de programação.O quartzo rosa, por exemplo, pode ser preparado para potencializar vibrações de amor. Algumas pedras negras, como por exemplo, a turmalina negra, e podem ser programada para agir como receptáculos das vibrações negativas, limpando o ambiente. Há cristais que podem ser utilizados para dissolver a tensão, tratar determinados órgãos do corpo e facilitar a emissão vocal, dentre outras utilidades. Sob qualquer aspecto, o cristal mais versátil de todos seria o cristal de rocha branco - opaco ou transparente. Exatamente por ser branco, ele contém todas as cores e pode ser preparado para todas as funções que os demais cristais exercem.

Como qualquer prática parapsíquica, a arte dos cristais pode ser exercida por qualquer pessoa que estude atentamente as suas propriedades e tenha a mente aberta para a pesquisa. Utilizando corretamente os cristais, cada um de nós pode contar com poderosos aliados, na busca de um dia a dia mais confortável, saudável e feliz.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas