1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

FITOTERAPIA:: Conheça as propriedades de algumas plantas medicinais

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Algumas plantas possuem propriedades curativas, e são portanto, consideradas medicinais. Na verdade, os remédios alopáticos são derivados das substâncias encontrados nas plantas. O que difere o tratamento natural, é exatamente a ausência de subtâncias alteradas nos laboratórios farmacêuticos, tornando o tratamento menos químico e menos nocivo à saúde.

Apesar de estas plantas serem muito utilizadas com estas finalidades específicas, muitas das suas aplicações "medicinais" não são totalmente comprovadas cientificamente.


- Abacate (Persea americana): Possui alto conteúdo de proteínas e sais minerais, mas sua principal característica é a alta quantidade de gordura, proporcionando aproximadamente 162 calorias por 100 gramas da fruta. Segundo a crença popular, a polpa do abacate é um ótimo estimulante sexual, assim como seus botões florais. Quem sofre de dor reumática e dor da gota possui no azeite de abacate um bom remédio

- Abóbora-menina: Sementes usadas contra parasitas intestinais.

- Alecrim: É tônico, estimulante, excitante, cologogo (estimula o fígado), narcótico e anti-espasmódico e desinfetante; contra reumatismos (banhos); bom para o estômago; bom para estimular a menstruação, para bronquites e asmas; anticoncepcional.

- Alface: Na época da floração, produz um "leite" (látex), considerado de efeitos calmantes, soporíferos e anafrodisíacos.

- Alfavaca, mangericão-de-molho, etc: Bom para cólicas renais, reumatismo e para tosse.

- Alfazema: Calmante, tônica, anti-espasmódica, digestiva, boa para tosses e bronquites.

- Alho: Para doenças do aparelho respiratório. É a base de muitos "remédios" contra resfriados, catarros, tosses, vermes, febres e anti-inflamatórios.

- Ameixa preta: Laxativa e desintoxicante.

- Amendoim: Tônico e erógeno. É considerado como afrodisíaco sendo, talvez o mais "falado" como tal.

- Arnica: Contra dores generalizadas ou não, sendo famoso o chá de arnica, depois de contusões; boa para traumatismos, ferimentos e febres, sendo indicada como diurético e estimulante.

- Aroeira, aroeira do sertão (Astronium urundeuva): Cicatrizante e anti-séptico local.

- Arruda: Facilita a menstruação. É anti-espasmódica, anti-helmintica (vermífugo), sudorífera, anti-reumática, anti-nevrálgica. Perigosa para gestantes.

- Aruca: Boa contra cólicas, desinteria amebiana e contra problemas estomacais (infusão), contra helmintos e oxiuros (vermes) e contra a malária.

- Aspargos: Seus grãos são tidos como afrodisíacos.

- Aveloz; planta do nordeste; árvore de coral; cega-olho; coral verde; dente-de-cão: Produz uma goma com ação rubefaciente, purgativa, antisifilítica, anti-reumática, contra o câncer benigno da pele, verrugas, etc.

- Barba-de-bode: É um capim considerado "praga" nas pastagens, mas seu chá é um dos mais conhecidos como de grande efeito afrodisíaco.

- Babosa, caraguatá, alóes: Contra a prisão-de-ventre, inflamações, icterícia, fraquezas e estimulante da menstruação.

- Barbatimão: Alto teor de tanino. Boa contra diarréias, hemorragias, etc.

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas