1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

AYURVEDA:: Massoterapia Indiana e Óleos Medicinais

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

A massagem é a mais antiga e simples forma de aliviar as dores e desconfortos do corpo físico, é praticada há milhares de anos na Índia, China e Egito Antigo. Apesar de ser uma prática muito antiga, podemos observar que ela tornou-se necessária e muito importante na prevenção e promoção da saúde do ser humano no terceiro milênio, pois é a melhor forma de prevenir o estresse e proporcionar um relaxamento profundo da musculatura sem os efeitos colaterais das drogas alopáticas.

O Ayurveda preconiza a massoterapia diária como parte de uma rotina de hábitos saudáveis, a auto-massagem deve ser feita diariamente de preferência à noite antes de dormir. A Medicina Indiana recomenda auto-massagem nos pés para aliviar o cansaço e promover um sono profundo e reparador. Além disto a massagem entre os casais é aconselhada na Índia para melhorar o relacionamento e promover o carinho e o toque entre os parceiros. Apenas no subcontinente indiano a massagem pré-nupcial é obrigatória para preparar os cônjuges para as bodas e a lua de mel.
Segundo Vagbhata, autor do tratado clássico Ashtanga Hridaya, a massoterapia ayurvédica promove os seguintes benefícios:

1.Retarda a velhice
2.Remove o cansaço
3.Diminui o excesso de vento (vata)
4.Melhora a visão
5.Fortalece o corpo
6.Aumenta a longevidade
7.Promove sono e sonhos
8.Beneficia a pele
9.Aumenta a resistência às doenças
10.Protege contra as doenças de Vata e Kapha
11.Melhora a circulação

Além disto, a massagem feita diariamente auxilia o corpo a eliminar as toxinas físicas , mentais e energéticas, promove o fluxo de Prana energia vital pelos Nadis (condutos energéticos), melhorando a qualidade e a quantidade da nossa energia vital.
Segundo o Dr. Subhash Ranade, em seu livro Ayurvedic Massage, existem dois termos utilizados nos textos ayurvédicos para massagem: samvahana ou mardana. Existem vários tipos de massagem na Índia:

1.Deha samvahana ou deha mardana - massagem em todo o corpo
2.Kesa mardana - massagem na cabeça
3.Udvartana - massagem no corpo com pó seco de plantas medicinais para aliviar Vata e Kapha, reduzir gordura corporal, fortalecer o corpo e beneficiar a pele.
4.Utsadana - massagem com pasta de plantas medicinais, é utilizada como massagem estética em mulheres. Promove sensação de felicidade e torna a pele macia, brilhante e aumenta a beleza.
5.Udgharshana - massagem reforçada com pó seco de plantas medicinais, sendo útil para remover obstruções dos canais, pruridos e rashs da pele.
6.Abhyanga - massagem com óleos medicinais que são indicados de acordo com o desequilíbrio dos Doshas. A palavra Abhyanga literalmente significa, em sânscrito, untar ou esfregar. Abhyanga pode ser aplicada pela própria pessoa, a auto-massagem, por um massoterapeuta ou sincronicamente por dois ou mais praticantes. A ênfase está em nutrir a pele através dos óleos medicinais que por sua vez irão nutrir os tecidos e auxiliar na eliminação de toxinas.
7.Massagem em bebês - chamada no Ocidente de Shantala. É feita desde o nascimento da criança pelas avós e, posteriormente, pela mãe.

Na massoterapia indiana nós encontramos as seguintes manobras principais:

1.Tapotagem - é uma manobra inicial que desperta o corpo para a massagem levando a um aumento da circulação na área trabalhada.
2.Amassamento - tem um efeito relaxante dissolvendo as tensões acumuladas na musculatura
3.Deslizamento - é a principal técnica dentro da Escola Ayurvédica. Deve sempre ser feita com óleos medicinais para impedir o aumento de Vata Dosha.
4.Torções - deve ser der feita com ambas as mãos com movimentos cruzados em direção às extremidades.
5.Manipulações articulares - são manobras de rotação feitas nas articulações para soltar as juntas e evitar as estagnações energéticas.

Principais indicações da massoterapia:

1.Fadiga
2.Alterações ósteo-articulares
3.Problemas musculares
4.Distúrbios do sistema nervoso
5.Dependência química
6.Alterações da saúde da mulher
7.Medicina esportiva
8.Doenças psico-somáticas
9.Obesidade

Principais Contra-indicações:

1.Fraturas
2.Osteoporose avançada
3.Câncer
4.Infecções agudas
5.Hemorragias



Os óleos Medicinais na Massoterapia Ayurvédica

O Ayurveda recomenda a utilização de óleos medicinais durante a massagem, porém estes óleos devem ser provenientes de sementes vegetais cultivadas organicamente sem agrotóxicos, prensados a frio para manter as propriedades medicinais da planta. Não devem ser misturados com óleos minerais, que não são absorvidos pela pele; ao contrário, formam uma camada sobre ela fechando os poros evitando que a pele respire. Devemos tomar muito cuidado com isto, pois a maioria dos óleos para massagem vendidos no mercado apresentam em sua composição óleos minerais, inclusive parafina, o que irá a longo prazo ser prejudicial a pele .
Na medicina Indiana existem centenas de tipos de óleos medicinais e a escolha do óleo adequado irá depender do diagnóstico do desequilíbrio dos Doshas, por isto é fundamental que antes de iniciar o tratamento com a massoterapia seja apontado a Vikrithi ou condição do desequilíbrio do paciente para que o óleo adequado seja indicado.


Óleo de Gergelim
O óleo de gergelim é o mais utilizado para massagem, não apenas na Índia, mas também é largamente empregado na China na escola de Tui Na ou massoterapia chinesa. É usado também como base para as fórmulas mais complexas de óleos medicinais .
O óleo de gergelim é untuoso, pesado, doce, amargo, adstringente e quente. Está indicado nas doenças causadas por Vata aumentado e também por Kapha, mas deve ser evitado nas doenças devido a desequilíbrio de Pitta por seu um óleo quente (o que tende a agravar Pitta corporal).
Está indicado nos casos de inchaço, quadros dolorosos, alterações musculares, pele seca, envelhecimento precoce, promove a saúde das mamas e da pele, atua rejuvenescendo, aumentando a virilidade e a vitalidade,

Óleo de Côco
É também muito utilizado no subcontinente indiano para massagem. O óleo de côco é doce, relativamente leve, untuoso e refrescante. Devido às suas propriedades frias é indicado para os distúrbios do tipo Pitta. Está indicado nos quadros com alterações cutâneas como fissuras, queimaduras, inflamações, eczemas e infecções por fungos porque possui propriedades antissépticas.
Quando utilizado na culinária, este óleo pode aumentar Kapha; por isso deve ser cozido com ervas que diminuem Kapha, como a mostarda e o azeite. O óleo de côco é indicado para pessoas que habitam regiões quentes, pois possui propriedades refrescantes. Por causa disso, está indicado para pessoas com excitação sexual exacerbada. Na Índia, o côco é considerado uma fruta sagrada com muitas propriedades medicinais .

Óleo de Mostarda
É um óleo muito popular na Índia para massagem pois possui propriedades medicinais que aliviam a tensão e rigidez muscular sendo muito utilizado pelos lutadores e fisiculturistas. Atua purificando o sangue e eliminando toxinas, está indicado no caso de doenças de Kapha e Vata aumentado.
O óleo de mostarda é untuoso, amargo, picante, forte e amornante. É um excelente medicamento para a queda de cabelos e pode ser usado nos casos de reumatismo, artrite e gota quando associado a cânfora.

Azeite de Oliva
O azeite é untuoso, levemente amargo, e amornante. Pode ser usado na massagem ainda que seja mais espesso que os outros óleos. É considerado um óleo quente e é utilizado nos casos de reumatismo, gota, artrite, muitas vezes em associação com o óleo de gergelim. Podemos diminuir a sua viscosidade ao misturá-lo com óleo de gergelim, ou torná-lo menos quente ao adicionar óleos refrescantes como a rosa e o sândalo. O óleo de oliva e o óleo de mostarda são os melhores óleos para Kapha aumentado.

Óleo de Amêndoas
Este óleo é doce, untuoso, pesado e quente, sendo indicado nas desordens de Kapha. Seu uso na Índia é restrito devido ao seu alto custo, sendo utilizados por crianças e idosos. Afirma-se no Oriente que se este óleo for colocado ao sol por 40 dias, em um frasco de vidro cor de laranja, assume propriedades especiais trazendo alegria, dissolvendo ansiedades e purificando o sangue. Associado ao leite este óleo torna-se tônico, sendo muito utilizado como bebida pelos praticantes de artes marciais na Índia.

Outros óleos
GHEE- utilizado para massagem facial, pois elimina rugas
ÓLEO DE CAMOMILA - Auxilia nas dores musculares
ÓLEO DE COENTRO - elimina o excesso de calor corporal
ÓLEO DE CRAVO - auxilia nos problemas dentários e nas micoses de unha
ÓLEO DE SÂNDALO - é refrescante e promove a espiritualidade, auxilia na insônia, dor de cabeça e neurastenia
ÓLEO DE SEMENTE DE ABÓBORA - auxilia na insônia, ansiedade, memória deficiente.
ÓLEO DE SEMENTE DE UVA - está indicado na bronquite, reumatismo, alterações de pele, eczemas e é vermífugo.
ÓLEO DE BRAHMI - auxilia nos problemas do sistema nervoso, pois alivia Vata aumentado, ajuda a memória e melhora a insônia. O Brahmi é uma espécie de Centella asiática, planta muito utilizada na fitoterapia indiana.






Dr. Aderson Moreira da Rocha
CLÍNICA DE AYURVEDA
Centro de Terapias Orientais

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • #1 Carla Oliveira
    25/01/2012 19:03

    Olá! Onde posso comprar estes óleos, principalmente o de bramhi? Moro em Goiânia - GO. Grata.

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas