1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

Envelhecimento saudável: Veja as dicas de especialista para começar a se cuidar agora

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

O estresse é uma condição essencial à manutenção da vida. É uma resposta do organismo a qualquer pressão identificada por ele como hostil. Essa resposta provoca inúmeras modificações principalmente psicológicas, neurológicas e endócrinas - o coração acelera, os músculos se contraem, a pupila dilata, etc., preparando o organismo para lutar contra o agente estressor ou fugir dele. Exemplos de estressores: doenças, traumas, calor e frio excessivos, qualquer ameaça real ou fictícia à nossa integridade e segurança, etc.. O grande problema é o que chamamos de estresse patológico, onde o enfrentamento com o agente estressor é constante, ou porque existem vários deles ao mesmo tempo ou em sucessão, ou ainda porque não conseguimos "nos livrar" dele (não vencemos a luta e nem fugimos). Nessa situação o estresse se mantém de maneira crônica e prolongada, levando a um esgotamento das reservas do organismo. O indivíduo fica muito mais suscetível às doenças, pois o sistema imunológico é um dos mais atingidos nessa condição. A vida moderna contribui muito para o aparecimento do estresse crônico, apesar de muitas vezes existir uma supervalorização dessa relação tanto pelos médicos como pelo público em geral. Hoje em dia temos o hábito de achar que "tudo o que se sente é relacionado ao estresse", o que não é totalmente verdade. Cabe ao médico identificar, o mais precoce possível, as situações de real comprometimento e proporcionar um tratamento adequado, tanto para a recuperação do organismo daquilo que já foi afetado pelo prolongada condição de estresse, quanto evitar que o quadro se perpetue ainda mais. As intervenções e propostas terapêuticas vão incluir desde medicações, suplementação de nutrientes, reforço do sistema imunológico, até mudanças de estilo de vida, melhora do autoconhecimento, incremento de barreiras internas e externas para fazer o controle do acesso desses agentes estressores, entre outras.


ENVELHECIMENTO

Faz parte do processo natural da vida

Processo dinâmico e progressivo

Mudanças morfológicas, funcionais, bioquímicas e psicológicas

Perda da capacidade de adaptação ao meio ambiente

Diminuição programada da reserva funcional

Redução da capacidade de sobreviver

Maior vulnerabilidade e maior incidência de doenças à morte

Faixa etária: > 60 anos

Brasil: 2000 - 15 milhões (8,5%)

2025 - 32 milhões (15%): 6a maior em números absolutos

Envelhecimento rápido em poucas décadas



Velocidade de progressão diferente em cada indivíduo e dentro do mesmo indivíduo da mesma idade à aparência diferente

- dependente da genética e estilo de vida (história de vida)

Influência do meio sobre o genético

Envelhecer com saúde à viver com saúde



Principais fatores que influenciam o envelhecimento:

TABAGISMO / SEDENTARISMO / OBESIDADE



Envelhecimento Saudável = Envelhecimento Ativo

Envelhecimento patológico:

Aparecimento precoce de doenças

Perda da autonomia e independência à baixa auto estima à

influência na qualidade de vida à sofrimento

Envelhecimento saudável é envelhecimento ativo, com autonomia e independência

Objetivos do envelhecimento saudável:

"Acrescentar vida aos anos, não apenas anos à vida"
O idoso tem o direito de envelhecer com qualidade e dignidade

Dicas para um envelhecimento saudável:

? Alimentação Balanceada

Objetivo da alimentação

As pessoas alimentam-se bem mas nutrem-se mal

Educação alimentar precoce

Restrição calórica - estender o potencial de vida

Comer o suficiente -"comer para viver" e não "viver para comer"

Alimentação variada - "prato colorido"

Evitar doces, frituras, gorduras saturadas e hidrogenadas, produtos refinados, enlatados, embutidos e industrializados.

Diminuir ingestão de açúcar simples e de sal.

Evitar o abuso alcoólico

Preferência a alimentos integrais, gorduras mono e poliinsaturadas, vegetais diversos e peixes.

Fibras solúveis e insolúveis

Líquidos: água - no mínimo 1 a 2 litros/dia.



Ação antioxidante e anticancerígena (principalmente cancêr de cólon)

- abuso eventual

- situações especiais



Deficiência sub-clínica:

- oferta - digestão - absorção (competição)

- aproveitamento e utilização (polifarmácia)

- aumento de necessidade (doenças, estresse, etc.).

Particularmente nos idosos à capacidade de repor as reservas está diminuída

Colheita, armazenamento e transporte nas condições atuais.

Uso de agrotóxicos - agricultura e hormônios - criação de animais.

Pobreza do nosso solo em vários micronutrientes

Muitas vezes a suplementação é necessária (benéfica)



? Atividade física regular é diretamente ligada ao envelhecimento ativo

- melhora performance cardio-respiratória.

- aumenta níveis de endorfina (sensação de bem estar).

- aumento da massa magra e diminuição da massa gorda.

- ajuda na regulação dos níveis hormonais e de neurotransmissores

- melhora da propriocepção, equilíbrio corporal e regulação das funções vitais

- melhora qualidade do sono

- ativa o sistema imunológico

- maior vitalidade física e intelectual

- melhora da aparência / auto-estima

- ajuda no combate ao estresse e obesidade

- melhora atividade e satisfação sexual

- diminui a prevalência de alguns tipos de câncer: intestino, ovário, vesícula, útero e mama.



Benefícios após aprox. 2 meses

atividade regular - mínimo de 30 a 40 min. 4 a 5 X/semana

(diminui em 34% o risco de doença cardiovascular)

Atividade extenuante: mais risco que benefício - monitoramento.

Vida moderna/urbana à conforto / comodismo / preguiça



"Para cada hora de caminhada pode-se esperar uma hora a mais de vida" (Dr. Ralph Paffenbarger Jr., Univ. Stanford-EUA)

- mortalidade é proporcional a calorias queimadas na at. física:

Gasto de 2000 calorias (40 km/semana) - metade do índice





? Evitar o tabagismo (e outros xenobióticos)



Sistema Cardiovascular: diminui diâmetro dos vasos, aumenta pressão arterial e batimentos cardíacos, aumenta o risco de infarto e derrame (após 10 anos de abandono o risco se iguala).

Sistema Pulmonar: alteração da anatomia e do funcionamento de toda a via respiratória dificultando a passagem do ar. Sintomas: falta de ar, tosse e expectoração. Bronquite e Enfisema.

Câncer: causa câncer de pulmão (chance 10Xs maior). O câncer de pulmão é um dos mais agressivos, menos tratáveis e de pior prognóstico.

Predispõe ao câncer de boca, faringe, laringe, esôfago, estômago, intestino, bexiga, rins, pâncreas, colo de útero, etc....

Pele: maior risco de rugas prematuras, celulite e microvarizes.

Impotência: risco 2xs maior (reversível)



Metais Pesados

Atuam como imunossupressores

Interferem na atividade celular e enzimática

Interferem na absorção dos minerais essenciais



Chumbo (Pb): acumula-se principalmente nos ossos, cérebro e cabelo.

Fontes de contaminação: queimadas, poluição atmosférica, água poluída, conservantes, dolomita, gasolina, cosméticos, tintas a óleo, tinturas de cabelo, etc.

Alumínio (Al): acumula-se no cérebro. Relacionado à. dça. Alzheimer.

Fontes de contaminação: antiácidos, desodorantes em aerossol, alimentos processados, papel alumínio, utensílios de cozinha.

Mercúrio (Hg): é o metal mais tóxico.

Fontes de contaminação: amálgama dentário, fertilizantes, detergentes, garimpo, peixes (carnívoros de água doce: surubim, dourado, pescada, etc.).



Cádmio (Cd): compete com o zinco.

Fontes de contaminação: tabaco (inalação: 1 cigarro libera 23 mcg de Cd), baterias, pesticidas, fertilizantes, refrigerantes.



Outros: Níquel, Bário, Zircônio, etc.



Sintomas de intoxicação: dores generalizadas, dor de cabeça, dor articular, tremor, irritabilidade, nervosismo acentuado, retardo mental, comprometimento da memória e aprendizado, hiperatividade, fraqueza, anemia, alterações de peso, hipertensão, gosto metálico, cólicas intestinais



? Cuidados com o estresse



Resposta do organismo

Pressão hostil externa ou interna

Modificações importantes: psiconeuroimunoendócrinas.

Essencial à manutenção da vida - prepara para lutar ou fugir



Agentes estressores: doenças, traumas, calor e frio excessivos, ruído elevado e/ou prolongado, ameaças reais ou fictícias à nossa segurança e integridade, etc....



Estresse patológico: enfrentamento com o agente estressor é constante sem conseguir vencer a luta ou fugir dele à estresse se mantém à esgotamento à doença



Alguns sintomas:

- cansaço, irritação e insatisfação constantes - ansiedade

- baixa auto estima - lapsos de memória - suor excessivo

- insônia (não "desliga") - negativismo - choro fácil - angustia - diminuição do prazer (inclusive sexual)

- alterações no apetite - tensão muscular e dores no corpo, etc...

Controle:

Forma como reagimos, interpretamos e sentimos.

Evitar situações que o mantenha elevado de forma prolongada.

Recursos para diminuí-lo.

Técnicas para aumentar o limiar do organismo de suportá-lo



? Saúde emocional, espiritual e sexual



Ser humano: corpo / mente / espírito

27% dos idosos apresentam sintomas depressivos (2:1-mulheres)

Preservar uma boa auto-estima

Manter-se ativo e motivado

Sentir prazer, gosto pela vida, ser bem humorado

Buscar o autoconhecimento

Cultivar bons sentimentos e bons pensamentos (positivismo).

Controlar a inveja e vaidade pessoal (estresse e risco cardíaco)

Compreender a imensidão e perfeição do universo e que somos "apenas" parte dele não cultivando o egocentrismo e a auto suficiência.

Liberdade para expressar sua fé, suas crenças e suas doutrinas.

Manter uma vida sexual ativa e satisfatória.



Integração social e ambiental

Estímulo às atividades sociais e de lazer - risco reduzido de desenvolvimento de demências.

Cultivar boas amizades, preservar e valorizar os laços familiares.

Conservação e preservação do meio ambiente.

Espírito ecológico: harmonização homem - natureza.



? Higiene do sono

Sono reparador: descanso físico e mental. Diminui c/ idade

Ciclo circadiano - sono / vigília - ritmo de funcionamento

Detoxificação hepática

Reestruturação do aprendizado e da memória

Regulação hormonal


? Check-ups periódicos

Mulheres:

- ginecológico: menarca e após iniciação sexual (anual)

Mama: a partir dos 30 anos

- após menopausa: osteoporose e coração

Homens:

- próstata: após 40 ou 50 anos - PSA e toque retal

- coração: após 40 anos

- vacinação: tétano, pneumonia, hepatite B e gripe

- oftalmológico: catarata, glaucoma e degeneração macular

- odontológico: desde a infância

- circulatório: carótidas e aorta

- intestino: câncer de cólon

- pele: auto-exame, sol-protetor solar

- tireóide: principalmente mulheres após 40 anos (peri menopausa)

- dislipidemia, hipertensão, diabetes,...



Particularizar de acordo com histórico pessoal e familiar.

Qualquer dúvida / problema: procurar médico de confiança.


Curiosidades:

Gerontologia: ciência que estuda os problemas do idoso sob todos os seus aspectos: biológico, clínico, histórico, econômico e social.

Geriatria: parte da medicina que se ocupa das doenças dos idosos

Senescência: efeitos naturais do processo de envelhecimento

Senilidade: alterações produzidas pelas doenças que acometem o idoso.

Estatura diminui 1 cm por década a partir dos 40 anos

Nariz e orelha continuam a crescer.

Metabolismo basal cai 10% a 20 % à em geral se ganha 4 kg por década a partir dos 40 anos

Aumenta massa gorda e diminui massa magra

Pelos diminuem em todo o corpo e aumentam nas sobrancelhas, orelhas e narinas.

Perda de neurônios: nascemos com 100 trilhões de neurônios e perdemos desde então entre 10 mil a 100 mil neurônios /dia. Atingimos a maturidade aos 30 anos c/ 12 bilhões.

Órgãos diminuem de tamanho principalmente rins e fígado. A grande exceção é o coração

Potencial de vida do homem parece ser 120 - 150 anos.

A idade máxima já alcançada por um ser humano é 122 anos, 5 meses e 14 dias - francesa Jeanne Calment falecida em 04/08/97
Características mais comuns aos centenários: magros, não fumam, bom humor e alegria de viver, herança familiar.


Dr. Paulo Antonio Casali
Geriatria e Ortomolecular
tel / fax:11 6161-4726

e-mail: paulocasali@uol.com.br

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

  1. Horóscopo Mensal Previsões para o Seu Signo, por Isabel Mueller
  2. Sucesso na Vida 8 perguntas poderosas para você entender...
  3. Dicas para ter Mente Saudável 15 hábitos saudáveis que evitam doenças
  4. Depressão na Relação a Dois Dicas para evitar desgaste do casal
  5. Projeto Verão Imunidade três sucos funcionais emagrecer e Fortalecer
  6. Smartphones dicas para evitar dores causadas pelo chamado...
  7. Nutrição-Alerta da Proteste Os Cuidados com as Dietas da Moda
  8. A ansiedade infantil Ajude seu filho a superar
  9. Vampiros de energia Conheça 10 formas de identificá-lo e se livrar
  10. Horóscopo Mensal de Dezembro Previsões para o Seu Signo, por Isabel Mueller
  1. Horóscopo de Dezembro, por Titi Vidal Previsões para o seu signo, no mês da Felicidade
  2. Horóscopo Mensal de Dezembro Previsões para o Seu Signo, por Isabel Mueller
  3. Vampiros de energia Conheça 10 formas de identificá-lo e se livrar
  4. Sucesso na Vida 8 perguntas poderosas para você entender...
  5. Dicas para ter Mente Saudável 15 hábitos saudáveis que evitam doenças
  6. A ansiedade infantil Ajude seu filho a superar
  7. Smartphones dicas para evitar dores causadas pelo chamado...
  8. Nutrição-Alerta da Proteste Os Cuidados com as Dietas da Moda
  9. Depressão na Relação a Dois Dicas para evitar desgaste do casal
  10. Projeto Verão Imunidade três sucos funcionais emagrecer e Fortalecer
  1. Horóscopo Mensal Previsões para o Seu Signo, por Isabel Mueller
  2. Vampiros de energia Conheça 10 formas de identificá-lo e se livrar

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas