1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

Carnaval: Todo cuidado é pouco ao sambar de salto alto

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

"Cair do salto alto" é muito mais do que uma simples metáfora para indicar que determinada pessoa se deu mal. Trata-se de uma das queixas femininas mais frequentes nos consultórios de ortopedia, principalmente entre os 18 e 50 anos. Logo após o Carnaval, o número de atendimentos a mulheres com torções e fraturas por estresse aumenta.

De acordo com o doutor Gilberto Anauate, chefe do departamento de ortopedia do Hospital Santa Paula (SP), as pacientes arriscam a própria saúde em nome da vaidade nesta época do ano. "Um dos principais vilões dos pés femininos são os saltos altos. Insistir no uso de um calçado que concentra o peso do corpo na ponta dos pés certamente vai acelerar o surgimento de dores nas costas ou mesmo fraturas por estresse. Ao lado do impacto constante durante o desfile ou o samba, por exemplo, são frequentes as torções e quedas de calçados com solado plataforma ou mesmo daqueles modelos que não são presos no tornozelo".

O médico aponta outros problemas relacionados ao salto alto, como formação de calosidades, unha encravada, joanetes, bursite no calcanhar e, inclusive, o encurtamento do tendão de Aquiles. "Depois de fazer do salto alto um hábito, a pessoa não consegue mais se sentir confortável ao calçar um chinelo de praia ou mesmo um tênis de corrida. Isto porque o salto impede o movimento completo da passada e acaba atrofiando o tendão, levando a paciente a sentir dor crônica em idade mais avançada".

A dica do doutor Anauate é optar por modelos que acomodem bem a largura dos pés, além de saltos entre três e cinco centímetros de altura. O médico também aconselha a confirmar o número dos calçados de tempos em tempos, já que é comum os pés alargarem e ganharem mais comprimento ao longo dos anos.

Fonte:
Dr. Gilberto Anauate, médico ortopedista, chefe do departamento de ortopedia do Hospital Santa Paula, em São Paulo

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • #1 ZhhYFAOesYAS
    16/02/2012 14:28

    Acho lidans sandalia que pegam no tornozelo e ainda com esta tiras, mas estou longe de conseguir usar saltos tao altos..kkk coitada de mimBoa quintaBeijo coloridos!

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas