1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

Yoga: Uma introdução ao Tantra Yôga, o caminho para a felicidade

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

A palavra Tantra vem da raiz verbal sânscrita "Tantr" (10a conjugação), que significa: governar, controlar, manter através de disciplina.Yoga vem da raiz verbal "Yuj" que significa: unir, direcionar, concentrar, preparar e meditar.

Tantra Yoga é o caminho que tem por objetivo levar o indivíduo a perceber que ele já é a felicidade que busca ser.
Inclui as técnicas de preparação e o conhecimento contido nos Vedas, antigos textos indianos revelados aos sábios.

"Nem a postura perfeita de lótus, nem a fixação da vista na ponta do nariz são Yoga.
Yoga é a identidade entre Jivatma, o indivíduo,
e Paramatma, o Todo".
(Kularnava Tantra, cap IX verso 30)

Abrange dois caminhos, o da mão direita, Dakshina, e o da mão esquerda, Vama. Dakshina Tantra Yoga considera o homem como uma combinação de energias e tem como objetivo se dirigir de novo à origem, à Mãe, ou Shakti, que contém e engendra todos os seres.
Assim, o Tantra consiste na utilização dessa energia para conseguir a realização plena do ser, chegar à realidade primordial de onde provém todas as manifestações.

Tudo o que existe, todas as realidades, desde as mais materiais até as mais sutis, são formas diferenciadas de uma energia principal e, manejando esta energia, podemos conseguir dentro de nós uma série de transformações que nos conduzirão a um estado supremo de consciência, de união entre Shiva, a consciência absoluta e o poder manifestador, e Shakti, seu aspecto dinâmico, a força da manifestação nas formas.

Um aspecto interessante do Tantrismo e que consideramos de excepcional valor para a psicologia ocidental, capaz de auxiliar os métodos utilizados para conhecer o psiquismo humano, é o estudo do homem do ponto de vista da energia.

Consideramos o homem como um mundo complexo, presidido e configurado pela energia psíquica que se denomina genericamente de Prana, ou energia sutil, e que adota diversos nomes segundo as funções que regula e os ritmos vibratórios a que está sujeito.
Cada ritmo vibratório dessa energia produz os planos material, psíquico e mental.

Por conseguinte, essa energia vem a ser o eixo central e o meio que o Tantra Yoga utiliza para realizar todas as transformações físicas, psíquicas e mentais.

À medida que o aluno toma consciência de todas as suas energias, ele harmoniza seu interior e se harmoniza com o Todo.
(adaptado de "Os Segredos do Tantra e do Yoga", Paulo Murilo)

Alexandre Perlingeiro

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas