1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

Yoga: A origem desta antiga filosofia oriental

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Gostaríamos primeiramente de contextualizá-los em relação a essa filosofia estranha para nós, ocidentais, acostumados ao pensamento filosófico grego.

Cerca de 2.500 AC, no vale do rio Hindus, onde hoje é a o atual Paquistão, desenvolveu-se uma civilização muito avançada, os dravídicos ou dravidianos, povo totalmente pacífico, de pele e olhos escuros.

Viviam em duas cidades principais, Mohenjo Daro e Harapa, altamente desenvolvidas, com planejamento urbanístico, escrita, organização política e social e arte cerâmica.

Modernas pesquisas encontraram nestes locais as primeiras manifestações de culto à Shakti, a Mãe Divina, a base do tantrismo.
Foram encontradas também imagens em postura de yoga e em atitude de meditação. Contam os historiadores ocidentais que esta civilização teria sido destruída por uma invasão aryana.

Recentes descobertas arqueológicas e lingüísticas, no entanto, estão descartando esta teoria de uma possível invasão de um certo povo aryano vindo da Europa com provas significativas da impossibilidade de ter havido esta invasão.

A descoberta do rio Sarasvati, por exemplo, é uma destas provas.
Este grande rio é louvado muitas vezes no Rig Veda, o que significa que o primeiro Veda já existia antes das acomodações geológicas que causaram a grande seca do rio Sarasvati, por volta de 3000 AC.

Esta seca motivou o deslocamento dos habitantes das margens do rio Sarasvati para se estabelecerem às margens dos rios Indus e Sutlej (seu afluente).

Provavelmente a civilização Indus ou Harapa foi continuação da época védica.Está sendo comprovado também que o desaparecimento de Mohenjo Daro e Harapa deveu-se a fenômenos geológicos.

VEDAS
A base do conhecimento hindu é a Shruti.
Shruti é uma palavra sânscrita que vem da raiz shru, que significa escutar. Shruti é aquilo que é escutado, é a tradição oral.A literatura Shruti é constituída pelos Vedas.

Originado da raiz sânscrita vid, conhecer, saber, Veda é o Conhecimento completo revelado. Segundo a tradição hindu, esse Conhecimento foi revelado no início da Criação aos primeiros mestres, pelo próprio Criador na forma do primeiro mestre, Dakshinamurti, e transmitido oralmente de mestre a discípulo.

Os Vedas são, portanto, apaurusheya, ou seja, não foram criados por ser humano.

São constituídos por: Rig Veda, Yajur Veda, Sama Veda e Atharva Veda.

*Rig Veda é o mais antigo, composto de hinos, rituais e oferendas às divindades.
*Yajur Veda contém as fórmulas para fazer os rituais do Rig Veda, dividindo-se em Krishna (negro) e Shukla (branco).
*Sama Veda contém melodias e cânticos.
*Atharva Veda é composto de fórmulas para rituais em geral.

Cada um dos Vedas é dividido em Samhitá, Brahmana, Aranyaka e Upanishad.

*Samhitá são coleções de mantras.
*Brahmana são explicações das palavras e dos textos.
*Aranyaka são textos para os renunciantes.
*Upanishad são textos que tratam do Absoluto, Brahman, constituindo a parte final dos Vedas.

Para melhor compreensão dos textos védicos, surgiram manuais auxiliares, os vedangas e os upavedas.

Os vedangas, ou membros dos vedas, são compostos por: Vyakarana (Gramática), Nirukta (Etimologia), Shiksha (Fonética), Chandas (Métrica), Kalpa (regras para aplicação dos rituais) e Jyotisha (Astronomia).

Os upavedas, ou suplemento dos vedas, são compostos por: Ayurveda (Ciência da Vida, a Medicina), Dhanurveda (Ciência do manejo do arco), Gandharvaveda (Ciência da música) e Sthapatya (Arquitetura).

SMRTI

Mais tarde surgiu a literatura Smrti (da raiz smr, lembrar), aquilo que é lembrado.Seu objetivo é preservar o ensinamento védico.É composto de : Shastras, Puranas, Itihasas, Agamas e Darshanas.

*Shastras são textos sobre leis, política, ética, vida em sociedade, etc.
*Puranas contém todo o material sobre mitologia hindu.
*Itihasas são os dois grandes épicos, o Ramayana e o Mahabharata.
* Agamas são textos que comentam um aspecto do Criador.
* Darshanas são pontos de vida da Realidade, são os sistemas filosóficos, Nyaya, Vaisheshika, Sankhya, Yoga, Karma-Mimansa e Vedanta.


(Baseado em obra sobre Hinduísmo, de Annabella Magalhães)

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas