1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

A Força do Invisível: O que é Aura e como atua no seu campo magnético

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Todas as pessoas têm uma aura. Será? Como é que eu posso acreditar numa coisa que nunca vi? Se você nunca viu, certamente já sentiu, o que dá no mesmo. Lembra aquela vez que só de passar perto de uma pessoa ficou todo arrepiado? E quando ao entrar naquela casa sentiu um mal-estar? E aquela espécie de arrepio que certa pessoa provoca em você, antes mesmo de tocá-lo? Essas sensações "estranhas", aparentemente inexplicáveis, mas que lhe impressionam tanto, aconteceram na sua aura (por causa dela), ao ter contato com outras auras e com vibrações diferentes, talvez incompatíveis com a sua. Com o corpo você sente, com a energia mental (aura você pressente, e por vezes tão fortemente que todo o seu corpo reage.

Já está mais do que provado que o corpo humano tem uma espécie de campo elétrico. Ora, a física nos ensina que "a todo campo elétrico corresponde um campo magnético". Pois esse campo é sua aura , uma área iluminada que envolve todo o seu corpo. Uma energia luminosa , energia do subconsciente, que funciona como se fosse um gravador ou câmara de vídeo.
Tudo o que você vê, ouve , sente, fala, pensa, acredita, enfim, tudo o que acontece com você, vai sendo gravado, registrado, e fica arquivado em sua aura. Quando é alguma coisinha sem importância, fica lá, fraquinha, meio apagadinha,e não faz bem ou mal a ninguém, mas, se for importante, se lhe abalou ou ficou se repetindo, pode ter certeza de que não foi para o "arquivo morto"; ao contrário, está agindo, interagindo, trazendo consequências, mesmo que você, conscientemente, nem se lembre mais ou jure que não teve nenhuma importância. Não falha!
Sua aura não é estática, imóvel, fixa, nada disso! Está sempre recebendo novas impressões, mudando de formato, de tamanho, de cor. Se você fica triste, ela se torna meio desbotada, acinzentada... Se está alegre, as cores dela adquirem vida e brilho; se fica furioso, ela vai avermelhando... e assim por diante. Quanto mais alegres e vibrantes forem as cores, quanto mais metálicas, mais positivo e evoluído você é.
Mas que história é essa de cores metálicas? É simples: pense num pedaço de pano azul-claro, já velho, lavado muitas vezes e desbotado. Agora pense no mesmo tecido quando era novo, com o azul-claro mais bonito e vivo. Pensou? Então pense no mesmo tom de azul, mas num pedaço de lamê, aquele pano usado em fantasias de carnaval. Pronto? Percebeu a diferença? Pois, à medida que você vai mudando, sua aura também muda, adquirindo novas características: desbota, clareia, escurece ou brilha, conforme seu estado mental.
Mas nem só de cores vive a aura; ela também tem divisões, parecem compartimentos, como aquelas prateleiras onde guardamos garrafas. A cada campo da aura corresponde um tipo de frequência, uma cor ou tom, uma característica, uma pessoa, um sentimento, tudo muito bem organizadinho. Um lugar para cada coisa e cada coisa em seu lugar. Vamos ver como é que isso funciona?
Se você tem espaçós relativos à criatividade, ao amor e à família, por exemplo, mas apesar de ser uma pessoa otimista, bastante positiva, anda sem idéias, com problemas na família que estão atrapalhando seu desempenho no trabalho ,sua aura não se apaga,mas os campos relativos à criatividade e à família devem estar escurecidos. Se uma pessoa clarividente olhar sua aura, verá áreas escuras em meio à luz, parecendo buracos.
Se ela souber olhar mas não souber interpretar leis. irá dizer que você está perdendo energia. Mas não é nada disso. A energia "não se perde, não se cria, sempre se transforma". Nesses campos escuros, a energia positiva (luz) foi transformada em negativa (ausência de luz, escuridão). Ali há energia, sim, mas energia negativa, que se transformou quando você começou a sofrer, a se preocupar, a ficar tenso. E provavelmente o campo destinado ao amor em sua aura já deve estar escurecendo também, ou perdendo a cor, porque você está se gostando menos, pensando menos em você, cuidando menos de si mesmo, de tão envolvido que está com esses problemas. Se antes essa área brilhava, iluminada, por exemplo, por uma luz cor -de -rosa, agora deve
estar com pouco brilho, com um rosado esmaecido... Compreendeu agora?
Se suas cores não estão bonitas, se sua luz está fraquinha,é hora de transformar tudo isso com uma boa dose de amor à vida, de auto-estima, de entusiasmo! Hora de pensar em você, e se fortalecer para, em seguida, em vez de ficar pensando nos problemas, conseguir resolvê-los, usar criatividade e se livrar de preocupações. É você quem dá cor, luz e movimento à sua aura, à sua energia, à sua vida!
E se sua aura, com tantos compartimentos, parece um porta-garrafas, o mecanismo para preencher cada campo, esvaziar, tornar a preencher também é parecido. Vamos ver em relação à energia vital,à vida.Numa escala de 1 a 10, que nota você daria ao seu amor à vida? Zero? cinco? Dez? Conforme a variação das notas, variam também os tons da cor que preenche esse campo. Se estiver apaixonadíssimo pela vida, terá aí um tom azul-claro, mas vivo e brilhante.Existe vida em você! Há muita energia vital, talvez facilidade para curar com as mãos , aplicar bionergética ou qualquer coisa do gênero. Mas, se anda desanimado e achando a vida uma droga, esse campo está escuro, de um azul bem feio, quase sem cor , quase sem luz, e isso faz seu corpo adoecer. Quem vibra intensamente com a frequência da cor azul, quem ama a vida, atrai tudo o que a prolonga. Preserva e facilita a vida. Quem quase não vibra e tem esse campo meio estagnado, começa a atrair tudo o que é contrário à vida, como doenças, depressão, acidentes, anorexia, tudo o que põe em risco ou diminui a qualidade de vida.
E segue por aí. É assim em todos os campos. Ou você está ocupado(a) com alguma coisa positiva, ou está ocupado(a) com o contrário dela, ou está sofrendo uma transformação, passando de negativo para positivo, ou vice-versa. Nunca está parado,tudo está sempre em movimento, até sua energia, até sua luz. Através da conscientização, do conhecimento e de um trabalho de transformação você administrará bem melhor sua aura. E como tudo o que acontece na energia repercute na matéria, seu corpo e tudo à sua volta serão também transformado, e para melhor, do jeitinho que você merece.
Cada alma gêmea que você encontra preenche um desses campos magnéticos em sua aura, eo objetivo de encontrarmos os 33 graus evolutivos é que todos esses campos sejam preenchidos, formando uma só aura, com todo o conhecimento acumulado por cada um deles, formando um todo. Mesmo que você nunca mais veja uma dessas pessoas, ela permanecerá presente em sua lembrança, com sua energia, marcando sua vida,"morando no seu corpo astral"e fazendo parte de você.
Ao ser atraído por um desses campos, essa alma gêmea irá influenciá-lo de forma positiva ou negativa, de acordo com a própria característica e com a sua "permissão", seu livre-arbítrio. Você pode permitir ou não essa influência. Afinal, a aura é sua!
No campo magnético do amor sua alma gêmea positiva fará você espiritualmente feliz, lhe dará equilíbrio mental e o fará sentir-se bem fisicamente, valorizando seu corpo e seu espírito, dando e recebendo tanto carinho quanto sexo. Com essa pessoa haverá reciprocidade, retorno, uma troca, equilibrada e justa, uma sintonia melhor. Um preparo para que na próxima vida ambos venham com mais forçá e capacitados para cumprir, mais facilmente, sua missão.
E quando se trata de outro tipo de alma gêmea? Vamos ver o caso de mãe, pai e filho. O pai alma gêmea passa para o filho o que tem na aura, contribuindo para o que o filho virá a ser energeticamente. O Alfa para eles é amor, sentimento; e o Ômega é a ligação do corpo ao corpo a que deu origem. Pai e filho, quando almas gêmeas, estão ligados em Alfa e em Ômega. Mãe e filho estão ligados desde o momento da concepção (no útero, na placenta) e durante o desenvolvimento do feto. É Ômega gerando o corpo e Alfa lhe dando amor, numa troca de experiências emocionais inigualável. É a ligação mais profunda de todas.
As características físico-emocionais do pai e da mãe passam para o filho, que ao nascer é um somatório dos dois.Com o tempo, vai adquirindo suas próprias experiências, programações e aprendendo, até se transformar em uma pessoa única, diferente dos pais, mas que ainda tem na aura os registros recebidos deles, os "arquivos" herdados dos dois, que contribuíram, em maior ou menor grau, para formação da sua personalidade.
Geralmente, as pessoas que não esquecemos, aquelas em quem sempre pensamos mesmo após anos de ausência, são nossas almas gêmeas positivas e negativas. Pense nisso! Em quem você pensa sempre apesar de não ver há muito tempo? É uma boa lembrança ou não? E quantas pessoas do sue convívio atual têm igual importância em sua vida? Cabe a você avaliar o que lhe falta, seja espiritual ou materialmente, verificar quantas almas gêmeas já encontrou, e através do pensamento, do sentimento e da correta programação mental energizar seus campos magnéticos, desocupar os que ainda guardam registros ultrapassados, ativando seu magnetismo para conseguir atrair as pessoas que ainda não encontrou, para acelerar seu processo evolutivo. Quanto mais longe você conseguir chegar nesta vida, mais suave será seu caminho na próxima.
Se quiser saber mais sobre esses campos, leia a história de M. e J., que eram casados mas não vibravam na linha de Ômega. Mais "irmãos" que marido e mulher. M. já havia se conformado com a insatisfatória vida sexual, mas bem que gostaria de ter um marido que a desejasse mais. J. embora dedicado espiritualmente à mulher, tinha uma amiga, C., por quem, além de amor espiritual, sentia atração física.
Com o tempo, o casamento acabou, mas o envolvimento com essa amiga foi aumentando, até que, finalmente, se uniram, como marido e mulher. A ex-esposa, M., se transformou numa boa amiga, porque a ligação mental não foi rompida, e C. ficou sendo a verdadeira alma gêmea-amor, o que, aliás, sempre fora.
A ex-mulher era a verdadeira amiga, e a ex-amiga se revelou a legítima esposa, a verdadeira alma gêmea. Foi amiga, sim, enquanto seu lugar estava ocupado, mas, tão logo ficou vago, ela pôde assumi-lo, liberando para a ex-esposa o lugar que lhe competia. Uma troca? Sim! Mas que só aconteceu porque os lugares já estavam trocados, anteriormente. Essas duas mulheres só assumiram os campos que já lhe pertenciam e aos quais estavam ligadas, sendo, por isso, atraídas por eles. Se a ex-esposa não se tornasse amiga, outra pessoa surgiria para preencher essa vaga na aura de J. Só assim ele completaria esses dois campos magnéticos e subiria mais dois degraus na sua evolução.
Chaveamento
Mesmo sabendo da dificuldade que tive nos relacionamentos amorosos, sinto que alguma coisa está acontecendo dentro de mim, como se fosse uma Luz Interior que se acendesse e permanecesse acesa, fazendo-me sentir forte, confiante e seguro(a). Essa chama interior, que arde sem queimar, alimenta o amor que sinto por mim, e mesmo que eu não perceba, ela cresce, expande-se e projeta-se no amor que sinto por meu (minha) namorado (namorada, matido/mulher, noivo/noiva). Ao se irradiar ao meu redor, a Luz Violeta do Amor envolve a pessoa que amo, e o resultado é maravilhoso: nossa relação é recíproca, equilibrada e feliz, completamo-nos física e espiritualmente. A harmonia que existe entre nós é refletida em todos os planos de nossas vidas, principalmente na facilidade de nosso relacionamento. A partir de agora, mesmo que eu duvida, meu subconsciente é uma fonte inesgotável dessa Luz, que flui facilmente e magnetiza meus pensamentos, sentimentos e emoções.
Reflexão
Quando você imagina, acaba acreditando, e quando acredita que é amado, começa a se tornar altamente magnético. Atrai a pessoa desejada de forma positiva, e enquanto consegue se conversar assim, positivo e confiante, o amor continua vivo. Mas quando perde o controle dos pensamentos, da imaginação, logo começa a imaginar situações negativas, a pensar nos defeitos da outra pessoa, a exagerar na importância das diferenças e dos desentendimentos. Você começá, sem perceber, a matar o amor. Nenhum amor, nenhuma união consegue resistir a uma imaginação descontrolada. Da mesma forma, nenhum relacionamento, por mais agonizante que esteja, consegue morrer se o controle mental, ou seja , o controle da imaginação, é usado de forma positiva, para mantê-lo vivo e forte. Pense um pouco em tudo o que já viveu em termos de amor e verifique se é ou não verdade.

Resumo

1- Se a sua imaginação o controla, experimente fazer diariamente a seguinte afirmação: "Estou controlando cada vez mais os meus pensamentos, os meus sentimentos e a minha imaginação."
2- Se está em dúvida quanto a se deve ou não levar adiante um relacionamento, experimente fazer o seguinte: a) não tome nenhuma atitude se não tiver absoluta certeza do que deseja; b) programe-se para eliminar toda a ansiedade e toda a insegurança, além do apego; c) entregue-se a Deus, par que Ele decida por você e d) tente não interferir até surgir a solução.

Pensamento

Abençôo o meu passado, sou feliz no presente e sigo confiante para o futuro.
 

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • #1 claudio henrique
    19/11/2011 22:23

    TIVE UMA VISAO E NAO TINHA CONCEGUIDO INTERPRETAR. ATRAVES DESSE TEXTO ENTENDI TUDO , ESTAVA EM UMA ESTRADA DE TERRA EM UMA RETA DOS DOIS LADOS HAVIA MUITAS LUZES AZUIS NA COR DO CEU E ESSAS LUZES BRILHAVAO MUITO,.POREM NAO ESTAVA SONHANDO ESTAVA ACORDADO TRABALHANDO SOU MEDIUM ESTOU APRENDENDO A INTERPRETAR MINHAS VISOES POIS AINDA TENHO ALGUMAS DIFICULDADES NA INTERPRETACAO DE MINHAS VISOES.

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas