1. Áries
  2. Touro
  3. Gêmeos
  4. Câncer
  5. Leão
  6. Virgem
  7. Libra
  8. Escorpião
  9. Sagitário
  10. Capricórnio
  11. Aquário
  12. Peixes

A Magia das Velas: Até que ponto a cor das velas é importante?

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

A partir do momento em que, além de trabalharmos com o elemento fogo (a chama da vela), estamos também trabalhando com a magia da cor. As cores, dentro de uma escala cromática, possuem propriedades mágicas e curativas. No entanto, de nada adiantará evocar qualquer forma de magia sem antes avaliar friamente todas as possíveis conseqüências de seus resultados, ou sem a certeza de sua real necessidade. Executar um processo mágico apenas por curiosidade é desperdício de tempo e energia. A vontade sincera de realizar o ritual é também de grande importância. De que adianta fazer magia sem ter vontade de buscar os meios adequados, de esperar o momento certo, e de procurar o lugar correto? O verdadeiro aprendiz não conhece dificuldades como distância e obstáculos naturais. E é preciso paciência: sempre é necessário lembrar que tudo acontece no seu devido tempo, embora possamos dar algum empurrãozinho. Por último, o silêncio. Não existe magia divulgada que costume dar certo. Os pensamentos que outras pessoas emitem sobre o assunto podem causar nulidade à sua magia. Todos conhecemos a força do pensamento e as vibrações que ele pode emitir. Portanto, cuidado: magia é poder, intenção e silêncio.

As cores emitem vibrações assim como o som. E podem ser associadas aos aromas a fim de somar seus efeitos. Além de acender um incenso ao lado da vela ou usar a essência nas mãos, podemos ungir a vela com a essência ou trabalhar com vela perfumada.

As cores do arco-íris visíveis a olho nu são: vermelho, alaranjado, amarelo, verde, azul claro, anil ou índigo e violeta.

Vermelho

Relacionado ao planeta Marte e à nossa energia vital. É a cor do Chakra Básico. Na fogueira dos acampamentos ciganos sua função é gerar paz e proteção ao grupo. Sua vigorosa luz protege a todos do perigo dos ataques dos animais. Simboliza o amor vigoroso, que não existe sem o toque físico ou o sexo. O vermelho é a vida que os cardeais católicos buscam transmitir em suas vestes, como prova do amor de Deus, e como homenagem aos mártires do plano divino.
Vibrações positivas: energia vital, força, vigor, sexualidade, paixão, exuberância, vitória e estímulo.

Alaranjado

Relacionado ao Chakra Esplênico, que se localiza logo abaixo do umbigo. É a cor da sensibilidade, das emoções e da necessidade de servir com sucesso. É também a cor da realeza e da notoriedade. Alguns monges tibetanos usam o laranja par identificar sua predisposição para o serviço da Grande Obra.
Vibrações positivas: nobreza, energia física, glorificação, força realizadora.

Amarelo

Representa Mercúrio, deus e planeta que possui uma versatilidade e rapidez de raciocínio bem maior que a dos demais. É a cor da mentalidade, alegria, animação, da juventude e do intelecto.
Vibrações positivas: alegria, coragem, comunicabilidade, riqueza material, fartura, clareza mental, criatividade, inteligência, lucros financeiros e reconhecimento público.

Verde

A luz do verde enche a natureza de vida após o rigor do inverno. Está relacionada a toda forma de cura, é repousante, e por isso bastante indicada para os quartos e roupas de cama. Proporciona a sensação de paz, oferecendo proteção ao ambiente contra as formas de pensamento desarmônicas.

Para o cigano o verde claro simboliza estabilidade, solidez e responsabilidade, além de tudo o que tem profunda relação com o plano material e suas formas de manifestação.
Está relacionado ao Chakra Cardíaco, onde as emoções são trabalhadas. É o equilíbrio do espectro solar.
Vibrações positivas: tranqüilidade, repouso, recuperação, vitalidade, fertilidade, prosperidade, esperança, equilíbrio e vida.

Azul claro

Relacionado ao Chakra Laríngeo, responsável pela comunicação e liberação das emoções. Representa as vibrações de tranqüilidade e serenidade. Dizer que está "tudo azul" é o mesmo que afirmar que está tudo correto, em paz.
Os ciganos simbolizam a imortalidade da alma através do azul.
Vibrações positivas: serenidade, devoção, sinceridade, bondade, tranqüilidade, caridade, força e poder.

Índigo

Relacionado a Júpiter, é a cor da expansão e intuição. É a cor do Chakra Frontal, responsável pela compreensão e clarividência. Está tão ligado à idéia de nobreza que os nobres se distinguem dos demais se dizendo possuir sangue azul.
Vibrações positivas: clarividência, intuição, devoção, compreensão.

Violeta

Relacionado ao planeta Netuno é a cor da espiritualidade e da transmutação. Como agente tranqüilizante, beneficia o sono e é bem-vinda aos quartos dos bebês, em pequenos detalhes da pintura das paredes. Dormir com uma ametista próximo à cabeceira ou embaixo do travesseiro, além de propiciar um sono tranqüilo, ajuda a lembrar dos sonhos. O violeta mistura-se ao branco para resultar no lilás ou lavanda. Traduz delicadeza e jovialidade, é calmante e uma cor indicada para ser utilizada em templos e escolas iniciáticas.

Leonardo da Vinci dizia que o poder da meditação é dez vezes maior sob a luz violeta.
O Conde de Saint Germain, Mestre do Sétimo Raio Cósmico, usava esta cor para beneficiar doentes e devolver-lhes a saúde.
Vibrações positivas: acalma, favorece a meditação e o relaxamento físico, acaba com a depressão e a insônia. Realiza as transformações necessárias ao equilíbrio do ser humano.

Cores secundárias e terciárias

Além das cores do espectro solar, algumas cores secundárias e terciárias também são utilizadas em rituais.

Púrpura

Cor da nobreza, que proporciona uma aura de prestígio social e inteligência. Está relacionada ao planeta Júpiter em seu aspecto mais positivo. Rege assuntos ligados à filosofia e à religião, e transmite dignidade, sabedoria, espiritualidade e ideais elevados. Favorece a imaginação e a meditação.
Vibrações positivas: elevação, sucesso, prestígio social, realização dos desejos mais profundos e elevados.

Marrom

Traduz a energia mais positiva de Saturno. Por isso, está ligada ao trabalho, à terra, estruturação, disciplina, praticidade e responsabilidade. Os ciganos relacionam-na ao outono, quando a última folha que cai de uma árvore anuncia a energia do inverno que chega. É neutra e fria ao mesmo tempo, por isso todo os assuntos a que diz respeito se resolvem lentamente.
Vibrações positivas: segurança, lucros com o trabalho, propriedades, terra, solidez, praticidade, raciocínio baseado na lógica e não na emoção.

Dourada

A luz da vela dourada reproduz a intensidade do brilho solar sobre os metais. É a mais pura tradução de força e vitalidade depois do vermelho. Os rituais em que se usa a luz do Dourado visam harmonizar as relações dos seres humanos com os seres ascensionados, anjos e espíritos elevados que estão diretamente ligados a Deus na grande missão de encaminhamento da humanidade.

As alianças que selam as uniões matrimoniais devem ser de ouro amarelo, e não branco. O dourado das jóias reforça a vitalidade e ajudam a purificar o sangue. O anel de ouro usado no dedo anelar acende a linha do sol, que brota deste dedo, aumentando as chances de sucesso profissional daqueles que o usam.
Vibrações positivas: vitalidade, harmonia, coroamento de boas intenções com a ajuda dos seres iluminados.

Prateada

A luz da vela prateada favorece nos rituais em que se busca a proteção de espíritos e seres iluminados contra as correntes energéticas de má vibração.
Vibrações positivas: proteção e segurança.

Branca

Reflete a vibração feminina da Lua, favorecendo a todos os assuntos que tenham ligação com o poder emocional e mental do ser humano. É usada para questões familiares. Está relacionada à inocência e à pureza em todo os sentidos.
Vibrações positivas: pureza de espírito e de pensamento, inocência, sinceridade, paz, modéstia, bondade, simplicidade, questões familiares.

Preto

É a ausência de cores. Simboliza a noite e as trevas, sendo por isso, a cor que antagoniza a luz branca do dia. Na Alquimia, o negro simboliza tanto a morte como a terra onde somos sepultados, significando putrefação e morte. O negro também significa a vida nova que a Terra guarda em seu interior e sua escuridão. Neste sentido, representa silêncio, proteção e o inevitável estágio de crescimento a que estão impostos os seres vivos. Por isso, Sara, que é a própria representação da Terra, é negra.

Ao trabalhar com a luz negra você estará lidando com uma energia que nega a essência energética do branco e, neste aspecto, poderá ser maléfica e limitadora. Uma vela negra representará sempre a perversão dos sentimentos e dos pensamentos, das atitudes e os desejos mais mesquinhos.
Vibrações positivas: no vestuário, confere proteção e isolamento, impedindo a troca de energias.

Opchat!

Norma Estrella é numeróloga
E-mail: normaestrella@infolink.com.br

  • Envie este link a um amigo
  • Compartilhe em: Compartilhe no Twitter Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut

Outras Notícias

Comentários

  • #1 lucia roberto de melo
    23/02/2011 23:31

    olha amei sua pagina e gostaria de lhe fazer uma pergunta pq sou tão infeliz no amor, pq amo tanto quem so me despreza, ja q sou tão carinhosa,trato tds com amor se possivel me mande um email q eu possa falar com vc , bjs desde ja agradeço atenção a mim dispensada........!**

Deixe seu comentário

Bemzen Shop



© bemzen. Todos os direitos reservados.

Webroom Soluções Interativas